28/07/15

Cidades de Papel - John Green

"É muito difícil ir embora – até você ir embora de fato. E então ir embora se torna simplesmente a coisa mais fácil do mundo."

Olá pessoal, a resenha escolhida para hoje é Cidades de Papel, um livro para lá de misterioso. Escolhi esse livro por ter lançado o filme nesse mês, achei que seria interessante escrever sobre ele.

Bom, o livro tem uma quantidade bem significativa de páginas, na minha opinião, ele tem uma leitura bem lenta, as coisas demoram muito a acontecer e se a pessoa que estiver lendo for ansiosa e agitada, não vai se dar muito bem com o livro. Eu, por exemplo, demorei a terminar, fiquei duas semanas lendo um livro de menos de 400 páginas, coisa que não acontece nunca.

As coisas em Cidades de Papel acontecem de uma forma muito lenta, isso deixa o livro bem chato. A Margo é uma menina bem misteriosa, popular, o tipo de menina que todos os meninos querem ter como namorada e todas as meninas querem ser amiga. O tipo de menina que julgam ser perfeita.

Quentin, narrador da história, é o “nerd” apaixonado por Margo desde criança. Eles viveram muitas coisas juntos quando mais novos e acabaram se afastando conforme foram crescendo. Quentin tem dois melhores amigos, Ben e Radar. Eles fazem tudo juntos e, não são do tipo descolados, populares e que vão a festas.

27/07/15

Por lugares incríveis - Jennifer Niven

“Você merece coisa melhor. Não posso prometer que vou estar por perto, não porque eu não queira. É difícil explicar. Sou problemático. Estou despedaçado, e ninguém pode me consertar. Eu tentei. Ainda estou tentando.”
 Narrado em primeira pessoa e intercalando os pontos de vista entre seus dois protagonistas, Por lugares incríveis narra a história de Violet e Finch, dois jovens que não poderiam ser mais diferentes mas que acabam encontrando algo em comum na sua dor.

Violet teve uma vida que pode ser considerada perfeita: dois pais que a amam além do limite, uma irmã que era com sua melhor amiga, popularidade no colégio e toda uma vida perfeitamente planejada. Isso até que ela sofre um acidente de carro de onde sua irmã não sai viva, levando com ela todos os planos, sonhos e vontade de viver de Violet. A partir daí Violet carrega sempre consigo uma imensa tristeza e culpa que, mesmo após quase um ano não se atenuam.

Por outro lado temos Finch, que teve uma vida completamente diferente da de Violet. Desde pequeno Finch sofre de bullying no colégio e é tratado como o esquisito, a aberração, coisa que não parece o incomodar e que o faz mostrar diversas facetas dele mesmo ao mundo. Além disso as coisas em casa não são nada fáceis: sua família parece nem notar sua presença. Não percebem nem os dias ou semanas que passa "apagado" em uma cama, ou quando está acordado pensando nas diferentes formas de suicídio.

E é no topo de uma torre, prestes a pular e dar um fim a toda dor e solidão que ambos, Finch e Violet, sentem que o destino resolve colocar um na vida do outro. Juntos e com a ajuda de um projeto de escola que os incentiva a visitar os mais incríveis lugares de Indiana, eles começam a se conhecer e a achar um no outro motivos para continuarem vivos e viver, de fato a vida.

26/07/15

Movie Day: Cidades de Papel


Oi pessoal, como vão? Espero que estejam bem, então vamos ao Movie Day de hoje. Li o livro recentemente, antes de assistir ao filme, e conforme vocês vão ver na resenha que vai ao ar nessa semana, o livro tem uma grande quebra de expectativa. O filme não foi totalmente fiel ao livro, muita coisa acontece de um jeito diferente.

Mas, diferente do livro, o filme se torna envolvente depois que a Margo desaparece e as coisas vão acontecendo de forma rápida, sem muitos rolos e reviravoltas. O mais importante é mantido no filme, mas as coisas que são desnecessárias foram descartadas.

25/07/15

A Rainha vermelha - Victoria Aveyard

"Você é algo completamente novo. Nem vermelho, nem prateado. Algo novo. Algo mais."

Em meio a uma sociedade completamente hierarquizada, onde ambos. "vermelhos" e "prateados", tem o seu papel bem definido, Mare surge como um furacão para abalar as estruturas de ambas as classes. Nascida como uma vermelha, em meio a miséria, Mare está prestes a completar 18 anos e não tem um emprego, o que quer dizer que certamente irá lutar na guerra, assim como seus irmãos e a maior parte dos vermelhos.

Em uma sociedade extremamente competitiva em relação a ocupações, Mare faz o que pode pra ajudar a família, que é roubar tudo que puder ajudar a mantê-los. O que não é de se surpreender, visto que os vermelhos são a classe trabalhadora, os que lutam para manter o luxo da elite, os prateados. São eles que lutam suas guerras, que trabalham para eles, que mantém a base da sociedade para que os prateados possam usufruir de toda comodidade e luxo.

E o pequeno detalhe que permite isso é o fato de que prateados tem poderes que os tornam extremamente poderosos e perigosos. Poderes como manipular mentes, controlar a água, os metais, e assim por diante, habilidade que os vermelhos não possuem e que lhes é esfregado na cara durante as lutas nas arenas, a fim de manter o povo sempre oprimido e com medo, apesar de muitos acharem que é "diversão".

Quando seu melhor amigo de infância, o único que possui, perde seu emprego e, inevitavelmente, vai ser recrutado para a guerra, Mare tenta loucuras para evitar isso, e, por uma sucessão de fatos inesperados, acaba no palácio real, em meio a prateados poderosos quando descobre que ela não é exatamente tão comum quanto os outros vermelhos.

24/07/15

Quotes Cativantes: Por lugares incríveis


Oi galera! Tudo bem?
Hoje é dia de quotes e faz um bom tempo que não posto nessa coluna, então pra voltar com o pé direito resolvi trazer um dos meus livros favoritos: Por lugares incríveis. Vocês já devem ter ouvido falar do livro, mas pra reforçar vou lembrá-los que esse é um livro que trata sobre o suicídio na adolescência e não é um livro nada fácil. Pelo contrário, ele tem uma carga emocional tão grande que é impossível o livro não mexer com o leitor. É uma história tão drasticamente real, tão bem escrita que acaba com o emocional de qualquer um. Terminei o livro em prantos e separei uns quinhentos quotes durante a leitura, de tantas mensagens que a autora nos deixou. Então, aqui estão alguns dos que mais gostei:


23/07/15

Lançamentos do mês!

Oi galera! Tudo bem?
Hoje é o dia daquele post que aumenta nossa lista de desejados e impulsiona nossa falência.. são os lançamentos do mês! As editoras arrasaram esse mês e tem livro pra tudo que é gosto, confiram:

22/07/15

TAG | Criaturas da Noite


Oi gente! Tudo bem?
Hoje trouxe mais uma Tag pra vocês, uma das minhas favoritas até agora: a tag criaturas da noite! Essa tag foi originalmente criada pela Katy do Katytastic - um dos meus canais favoritos de youtubers americanos - e eu a vi no canal da Geli, o Vamos Ler! A tag consiste basicamente em relacionar livros ou séries a cada tipo de criaturas da noite listadas abaixo. E como uma enorme fã de livros e criaturas sobrenaturais eu AMEI a tag e precisei postá-la aqui pra vocês, ahahahha. Bora ver o que eu respondi para cada tipo de criatura?

21/07/15

Acesso aos bastidores - Sinners on tour 1

Para Myrna, era como se ela já não estivesse num estádio lotado. Brian estava fazendo amor com ela e rabiscando os acordes em seu corpo com uma caneta.

Recomendado para maiores de 18 anos

O que é esse livro? Uma loucura total do início ao fim com muito sexo e tudo que você consegue imaginar que pode ser feito entre quatro paredes. Quando eu li a sinopse e vi que teria algo com uma banda de rock eu já imaginei que leria uma história picante, mas quando chegou a hora eu quase cai para trás. Sério! É muitooooooooooo picante. Acho que nunca li um livro tão intenso e tão erótico na vida. A primeira coisa que pensei em fazer foi abandonar a leitura porque não estou acostumada a este tipo de conteúdo sexual pesado, mas depois de alguns capítulos eu fui me interessando e cheguei ao final querendo a continuação desesperadamente.

 Acesso aos bastidores conta a história de Myrna uma professora universitária especializada em sexologia e Brian um famoso guitarrista americano. Myrna é apaixonada pela banda Sinners e fica louca quando encontra os integrantes em uma mesa de bar de um hotel luxuoso. Apesar da vergonha, ela se arrisca e faz amizades com os meninos, mas seus olhos ficam presos no guitarrista que acabou de levar um pé na bunda. Myrna resiste as cantadas dos outros integrantes e vai para cama com Brian que sente algo tão forte e compõe uma música enquanto faz sexo selvagem.