• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Todo Garoto Tem - Meg Cabot



    Resenhar livros da Meg Cabot é sempre uma honra, porque todas as histórias são boas e divertidas. Engraçado que chego a tirar os livros da Divã Cabot de minha lista senão a vida não continua, porque eu para tudo que faço para ler até a última letra. Impressionante como essa autora consegue prender a minha atenção até o final e me deixar tonta e perturbada com os desfechos amorosos que ela cria. Já quis ser Mia Thermopolis, Heather, Jane e muitas outras personagens apaixonantes. Essa é a divã, essa é a nossa Meg Cabot.

    Jane Harris é uma cartunista famosa e novayorkina que leva uma vida amorosa um pouco conturbada, mas nada de diferente das outras mulheres. Homens canalhas- traição- namoros- zero casamento, o de sempre se assim podemos dizer. Entretanto sua melhor amiga, Holly Caputo,decidi se casar em segredo com seu namorado de anos e a convida para ser a madrinha. Só que o casamento não será em Las Vegas como todo casamento secreto americano e sim na Itália, o país do amor, da alegria e da paixão. Empolgada com a felicidade da amiga, Jane se prepara para a viagem antes mesmo de entrar no avião, mas um homem intrigante e estressado desperta o seu interesse na sala de embarque. 

    Cal  Langdon é um jornalista famoso que viaja o mundo como correspondente internacional. Depois de anos consegue voltar para Nova York e se estabelecer na cidade de Manhattan com a ajuda de seu livro de estréia que se tornou um Best-Seller. Mesmo não acreditando no amor viaja a pedido de seu melhor amigo Mark levine para ser padrinho de seu casamento na Itália, mas logo na sala de embarque esbarra em uma mulher estranha com uma sacola cheia de garrafas de água e comida. 

    Ao chegar à Itália os problemas começam a surgir e o amor de Mark e Holly é posto em jogo por Cal que discute várias vezes com Jane sobre um possível cancelamento da tortura matrimonial, visto que a família dos dois não concorda com a união. 

    Jane como uma boa artista narra a história em seu diário de viagem e Cal escreve sobre os acontecimentos em seu Palm Top. Entre emails, cardápios e tickets, a divã conta sua história e agrada os leitores com a irreverência e  muita diversão dos personagens.

    Em Todo garoto Tem, Meg usou muita tecnologia e criatividade para escrever de uma forma “internetizada” e diferente se pensarmos que o livro foi publicado em 2007. Creio que se fosse hoje, veríamos conversas entre Jane e Cal pelo twitter.

    O livro é muito bom! Recomendo para quem não está com o bolso apertado, porque os livros dela são sempre caros. Aliás porque, heim?!







    8 Comentários :

    1. Como sempre, a Meg Cabot cria personagens diferentes e dá pra perceber isso pela sua resenha. Eu li alguns livros da Meg Cabot e alguns deles apesar de beirarem o infantil, como "Garota Americana" e "Sorte ou Azar" prendem a atenção até da minha mãe que tem 40 e poucos anos. Nunca li esse livro, nem nunca quis lê-lo, mas ler uma resenha faz a gente mudar de ideia, não é?
      Esse, apesar do título, parece que tem uma temática fora da adolescência então, realmente criei uma curiosidade.

      Beijos!

      ResponderExcluir
    2. Carooool, AMO AMO AMOOO Meg, mas nunca li esse livro!

      ResponderExcluir
    3. Oii! Nossa, parabéns pela resenha! Só de lê-la me senti dentro da história de Jane e Cal.
      Adoro demais Meg Cabot. Ou seja, falta mais alguma coisa? rs Já foi pra lista (não para o final dela, claro). ^^

      Beijos, Ju

      ResponderExcluir
    4. Quero muito ler esse livro! Sou super fa da Meg, acho os livros dela maravilhosos, com histórias que cativam a gente! Bjo!

      ResponderExcluir
    5. Puxa, imaginava o livro toralmente diferente quando vi o título.
      Gosto da Meg, mas li basicamente os livros da Princesa. Preciso ler mais obras dela.
      Adorei este, vou colocar na lista e aguardar o 'bolso' folgar,
      Bjkas!

      ResponderExcluir
    6. É a primeira vez que ouço falar desse livro. Não li muitos da Meg Cabot mas este parece ser bem do estilo chick lit que eu adoro ^^ O cenário perfito que é a Itália e a situação inusitada no aeroporto me chamaram a atenção. Quero ler!

      @Tibiux

      ResponderExcluir
    7. ótima dica, adoro a Meg, ela sempre inova nos seus livros e é sempre muito bem cotada na blogosfera literária!
      Anotado aqui esperando promo dele, por que realmente são carinhos os livros!

      ResponderExcluir
    8. Não vão se arrepender de ler esse livro. Eu ri mt!!! Muito mesmo!

      Amei, recomendo!

      ResponderExcluir