• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Avalon High - Meg Cabot


    Finalmente, venho postar resenha no blog. O final de ano está complicado e as viagens e compromissos estão aumentando. Ainda bem, pelo menos eu perco um pouco a fama de escritora preguiçosa! Hahaha

    Sinopse:

    AVALON HIGH pode não ser exatamente o lugar onde Ellie gostaria de estudar, mas até que não é tão ruim assim. Uma escola americana normal, freqüentada pelos mesmos tipos de sempre: Lance, o esportista; Jennifer, a animadora de torcida; e Will, o presidente da turma, jogador talentoso, bom moço... e muito charmoso! 
    Mas nem todos em AVALON HIGH são o que parecem ser... nem mesmo Ellie, como ela logo vai descobrir. Depois de um esbarrão durante uma corrida no parque, os destinos de Ellie e Will parecem estar irremediavelmente entrelaçados. 
    Ela começa a notar uma série de estranhas coincidências entre o seu cotidiano e a lenda do Rei Arthur – nomes similares, triângulos amorosos, sociedades secretas – mas qual seria seu verdadeiro papel nessa história? Como em Camelot, estariam seus novos amigos fadados a um trágico destino? E pior, o que ela pode fazer para impedir que uma profecia milenar se cumpra mais uma vez? 
    Misturando fantasia, história e romance, Meg Cabot acerta mais uma vez. Uma versão inteligente e bem-humorada da lenda arthuriana.

    Nada melhor do que começar a semana com a minha Diva. Como havia dito na caxinha postal Avalon High me surpreendeu de uma forma bem positiva. A história é muito interessante, divertida e bem feita. É o que eu costumo chamar de livro redondinho, que tem um início promissor, um desenvolvimento  que prende e um final satisfatório. Isso sem falar que o livro toca no assunto  Rei Arthur então, além de entreter também podemos saber um pouco mais sobre esta época. Claro, são informações básicas, com fatos bem marcantes, mas  já é alguma coisa e ajuda muito no estudo e no despertar do interesse dos adolescentes.

    É como Percy Jacskon, só que Rick Riordan escreve de uma forma bem mais aprofundada, enquanto o objetivo da Meg é divertir e contar uma história interessante.

    O que me chamou a atenção foi o trechinho da poesia de Elaine de Astolat, a senhora de Shalot um personagem importante da história do Rei Arthur ( aprendi no livro rsrsrs) em cada entrada de capítulo, ou seja, a Meg teve o cuidado de pesquisar uma obra literária e tecer a história em torno da poesia e dos acontecimentos. Para completar colocou um pouco de romance e de problemas sociais. O livro fala muito de questões familiares e ciúmes entre irmãos.

    Recomendo a leitura. Gostei muitoooooooooooooo! Meg voltou a ser minha preferida! rsrsr

    Achei o trailer do filme. Não sabia que tinha filme vou ver. Adoro filmes da Disney!