• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    A Maldição da Pedra - Cornelia Funke


    Quem viu a caixinha de correio da semana, me viu reclamando um pouco da frieza do livro. Retiro totalmente o que disse. O livro é diferente, por isso o classifiquei como frio. Eu sou meio assim, tudo que vejo de diferente e estranho já penso logo que é impessoal. Pelo contrário, quando vi na contra capa que Cornelia tentou misturar contos de fadas e fábulas, a sua maneira , comecei a ler com outros olhos e me encantei.

    Sinopse:
    Durante anos, Jacob Reckless viveu em um mundo de fantasia, deixando para trás o irmão mais novo e a sua vida convencional. Um dia, Will descobre o portal que leva a esse mundo sombrio e segue o irmão mais velho, mas lá é atingido por uma maldição: a pele de Will vai se transformando em pedra, e o garoto, em uma máquina de matar. Em uma terra cheia de perigos, Jacob precisa usar toda a sua esperteza, coragem e espírito de aventura para reverter o feitiço. Primeiro volume da nova trilogia da autora de Coração de tinta.

    O começo do livro é um pouco confuso porque a autora constroe um mundo mágico diferente, com base em contos de fadas já existentes, por isso o leitor pode se sentir um pouco perdido com os fatos iniciais, mas quando a história fica quente tudo muda de figura. Você fica louco, prestando atenção em tudo, voltando páginas para saber o que vai acontecer e  tentando descobrir porque tal personagem agiu daquela forma. Sensacional!

    O livro para mim  é juvenil. Não o classifico como infantil porque o achei um pouco pesado para crianças de 10-12 anos, mas sem dúvida é um novo mundo mágico bem interessante. E porque não dizer do contra? Ao ler sobre as bruxas curandeiras, fadas malvadas e unicórnios marrons, me senti em uma história ao avesso. É como se Cornelia abrisse sua imaginação para os leitores, mas de uma forma bem humana e realista. Apesar de o livro ser um “conto de fadas” podemos ver a realidade das bruxas, uma garota salvando o “príncipe” com um beijo e anões sendo bem malvados. Enfim, é como se lêssemos as entrelinhas do conto de fadas.

    A capa do livro é muito misteriosa e não tem nada de fofa. Logo de cara nos deparamos com espinhos e espelhos quebrados em conjunto com o título que não tem nada de contos de fadas. Outra coisa que me chamou a atenção que eu considero um ponto importantíssimo é a divisão de capítulos e o capricho com as ilustrações. Cada capítulo tem no máximo 4 páginas e uma ilustração relacionada com o fato narrado. Sendo que os desenhos foram feitos como se fossem pinturas em aquarela por  Lionel Wigram parceiro de Cornelia nessa aventura.

    Recomendo a leitura. Livro excelente! É um ótimo presente de Natal e diversão garantida. Sério, estou até agora com a história na cabeça e fiquei muito contente ao descobrir que é uma trilogia, então poderemos viajar muito ainda para dentro do mundo mágico do espelho.

    Não é para puxar saco não, mas a editora fez este livro com muito carinho, porque o trabalho com as imagens, a letra, a diagramação e capa foi muito grande. O  livro está belíssimo.


    Ah, só para lembrar. Cornélia é a escritora de Coração de Tinta. Um livro que já me recomendaram e que já virou até filme e eu ainda não vi, nem li. Que absurdo! rs