Olá ,leitores!


Finalmente consegui trazer a Babi para a caixinha e preciso dizer que o vídeo ficou muitooooooooooo legal! Vale a pena assistir até o final. Nós duas juntas é garantia de boas risadas! :)



Livros Citados:

Qual é o seu número? - Karyn Bosnac- Novo Conceito

 Beijanda por um anjo-
4 -  Elizabeth Candler- Novo Conceito

Um homem de sorte- Nicholas Sparks- Novo Conceito

Julieta Imortal- Stacey Jay- Novo Conceito

O nome do vento- Patrick Rothfuss -Sextante

Cidade das Cinzas- Cassandra Clare- Galera Record

Cidade dos Ossos-Cassandra Clare- Galera Record

Cidade de Vidro- Galera Record

Curtam a página do blog no facebook e o twitter @eromances.

Comentemmmmmmmmmmmm! É super, ultra, mega importante ler um comentário dos nossos leitores. Eu vejo que muitos visitam a página, mas poucos deixam suas impressões. Poxa, não custa nada e não leva mais do que 30 segundos! rsrs

Beijinhos,





 Olá, leitores,

Hoje  apresento à vocês um novo quadro para o blog que tem tudo para ser o maior babado polêmico da blogosfera. Quero botar fogo na boca do balão e desafiar os blogueiros e escritores a brincar de Verdade ou consequência?

  

A primeira a participar da brincadeira será a blogueira mais Vip e ativa da internet: Leninha!

Perfil da entrevista:
Nome: Leninha

Blog: Sempre Romântica

Livro: Todo aquele que tenha uma pitada de Romance e um belo Drama

Filme:Em algum lugar no Passado

Gênero literário: Romance, Drama
 
O desafio será o seguinte: Leninha terá que escolher entre responder uma pergunta cabeluda sobre o meio literário ou escrever uma poesia com três palavras escolhidas por mim.
Como sou muitooooooooooooo boazinha, escolhi três palavras super fáceis para Lena e uma pergunta light até demais. E ai, topa ou não topa? Cuidado! O próximo pode ser você.

Verdade:

 Você gosta muito de um autor, mas prefere descartar seu livro da lista. Você faria uma resenha negativa ou uma positiva só para não perder a amizade?

Faria uma resenha verdadeira, como costumo sempre fazer. Deixaria explícito os pontos positivos e também os negativos, expondo minha opinião, mas nem por isso ofendendo ou denegrindo a imagem do livro e seu autor.

E com certeza não perderia a amizade dele, por que uma crítica construtiva enriquece, só bajulação faria com que o ego crescesse e ele não se dedicaria em melhorar.

Já vi vários casos na blogosfera literária de bajulações, li os livros em questão e disse o que sentia em relação à leitura. Muitas vezes o que vejo de negativo num livro é o que muita gente procura, assim como acontece ao contrário.

Então, escrevendo a verdade sempre para não perder também a minha integridade junto aos leitores do meu blog, que com certeza não voltariam depois de ler um livro ruim e que eu recomendei, apenas para agradar um amigo. Dessa forma ambos sairíamos perdendo!

Então a resposta é não, não faria uma resenha positiva só para não perder a amizade. Seria justa com todos, autor e leitores do blog, como sempre fui!

Conseqüência:

Faça uma poesia com as palavras:
Lixo
Paralelepípedo
Arara azul

Espero que tenham gostado. Quero sugestão de palavras e de entrevistados! Estou pensando em chamar o escritor Enderson Rafael para o próximo. Será que ele topa, ou corre? rsrsrs









Conheço a autora desde os tempos de faculdade e li o primeiro capítulo do livro há 2 anos quando  estava terminando de escrever o meu. Apesar de gostar muito dela, preciso ser sincera com a resenha. Se não a língua coça, o corpo empola e a verdade faz de tudo para sair.

Sinopse:


O que acontece quando um reencontro desperta um sentimento que você acreditava já ter esquecido? Renata achava que precisava apenas de um pouco de agito no namoro com Rodrigo. A rotina dos três anos de relacionamento havia acabado com todo tipo de frio na barriga e até mesmo com a paixão. Mas como agitar uma pessoa que parece não querer sair do lugar? Desesperada por mais emoções nos seus vinte e poucos anos, Renata decide mexer com o passado. De repente, o simples envio de um convite de aniversário para o antigo namorado faz o mundo virar de cabeça para baixo. Renata encontra no ex a adrenalina que tanto sentia falta. O problema? Ele também era comprometido. Entre e-mails, amigas, brigas, confusões, encontros, desencontros, ciúmes e tentações, Renata tenta amadurecer e espera tomar a decisão certa.

A capa do livro é linda  e me lembrou muito de um gift que rolava antigamente na internet e mais longe ainda nos álbuns de figurinhas que nós cortávamos e colávamos as figuras no recreio da escola. Quem é dessa época tem que se lembrar! Hahaah Gostei da diagramação do livro e da capa, mas a edição infelizmente deixou muito a desejar.

Já venho falando a um tempo que tenho evitado ler livros da editora Novo século por conta da falta de revisão, copydesck e edição, mas como queria muito ler o livro abri uma exceção com muita esperança disso ter mudado, mas não mudou. Isso prejudica muito a leitura, porque um livro que deveria ser muito bom acaba perdendo o encanto por conta de detalhes que fazem toda diferença.

A Fernanda escreve bem, mas a narrativa  foi baseada em diálogos e até eu que amo livros assim senti falta de uma descrição mais profunda dos personagens e do ambiente. Gostaria de saber o que se passou na cabeça das amigas e entender um pouco o desenrolar da história. Sim, fiquei perdida com algumas falas e tive que voltar para entender. Fora que a passagem de tempo é um pouco confusa e cansativa porque parece que o livro estagnou no enredo – Menina tentando recuperar o namorado loucamente- e não saiu mais disso até o final.

Apesar desses detalhes que me incomodaram bastante, não posso deixar de comentar que li o livro em 1 noite , que morri de raiva do Vitor, quis esganar a sua ex-namorada, torci demais para a felicidade de Renata e gostei do tema “ confusões e brigas entre namorados”. 

 O problema é que eu viajo na maionese e adoro um clichê conto de fadas, apesar de agora eu preferir finais que tenham clichês melosos, mas surpreendentes.  No caso do livro eu senti falta da magia da história. Achei realista demais e às vezes muito fria para uma romântica melosa como eu! Mas isso não é ruim. Louca por você contém uma narrativa diferente que muita gente gosta.

A troca de emails entre os personagens é muito interessante, a personalidade da Priscila e a amizade que Renata tem com a ex-cunhada também são elementos curiosos! Enfim, vale a pena ler o livro e apoiar a queridíssima Fernanda Belém, que tem um potencial enorme para escrever muitos outros livros.

Saiba mais:

Skoob do livro

Twitter da autora

Fotos do lançamento:























 
 








Olá, leitores!

Fiz uma nova caixinha de correio pra vocês! Espero que gostem e Comentem! É muito importante para mim ler a opinião e os comentários de vocês :)






Livros citados:
Emma- Jane Austen- Best Bolso
Masfield Park- Jane Asuten- Best Bolso
O dia da caça- James Paterrson- Sextante
Harry Potter e as relíquias da morte- Rocco
Palavras Envenenadas- Maite carranza- Novo conceito
Onde perdemos tudo- Alex Castro
Pulsatilla- Luís Maffey
Pants on fire- Meg Cabot


Blog do Alex Castro

Comentem!! :)

Beijinhos,















Duda é uma menina,doce e aérea , que não consegue se controlar quando o negócio é Crepúsculo, mal sabe ela que seu maior sonho está para ser realizar! Entre nesta viagem e saiba tudo que penso sobre este livro!

Antes da mais nada preciso dizer com todas as letras que este é o melhor livro que li no ano. Antes que comecem as caras feias, vou logo falando, eu também não sou fã de Robert Pattison, não ligo muito para Crepúsculo, mas o que me chamou atenção e me fez ler o livro foi a belíssima capa e a escrita.

Sinopse:
Aos 19 anos, Duda é literalmente viciada na saga Crepúsculo. Já perdeu a conta de quantas vezes leu os livros da série e assistiu aos filmes. Através de um perfil secreto na internet, ela se comunica com outras fãs do Crepúsculo que, assim como ela, estão totalmente convencidas de que não há garoto no mundo que valha um dente canino do vampiro Edward Cullen. Sua obsessão ganha fôlego com uma temporada de estudos em Nova York, onde ela faz planos mirabolantes para conhecer pessoalmente Robert Pattinson, o ator que interpreta o vampiro nos cinemas. Mas, após um incidente com seus únicos (e insubstituíveis!) livros da saga, Duda entra em verdadeiro surto de desespero. Percebe, então, que uma mudança radical em seu comportamento “crepuscólico” é mais do que urgente. O que ela não esperava era conhecer Miguel Defilippo, seu vizinho na ilha de Manhattan, que é a cara do ator Robert Pattinson! Apaixonante, lindo, rico, misterioso e ambíguo, Miguel acaba se tornando um desejo mais inacessível para Duda do que o próprio astro de Hollywood. Uma história cheia de humor, aventuras e reviravoltas, para você chorar de rir!

Ah, o tamanho tijolão do livro também me chamou atenção e eu quase desisti, mas ao ler as primeiras páginas não tem como abandonar algo tão divertido e inteligente.
A autora faz muita intertextualidade com outros livros, com poetas e com programas e personagens de televisão. Para mim isso enriquece muito a leitura, porque transforma a linha entre leitor e narrativa em algo quase inexistente.  Parece que a história aconteceu com a gente e que a personagem é nossa melhor amiga. Eu escrevo deste jeito, então encontrar um livro com a linguagem parecida com a minha foi quase que entrar em um estado completo de Nirvana.

A autora descreve os personagens com maestria e profundidade. Todaos têm características que são muito bem detalhadas e desenhadas ao longo da narrativa. Não tem um que fique de fora, pois todos têm seu espaço e momento no livro. Foi isso que me conquistou e me fez esquecer a quantidade de páginas, porque eu sou preguiçosa e detesto livros enormes, mas confesso que tentei segurar ao máximo a leitura para não terminar nunca.

Existem momentos no livro em que vamos sofrer, outros vamos sorrir e em outros vamos até nos tornar o personagem mais malvado, mas tenho certeza que ninguém terá coragem de abandoná-lo. Pelo menos as meninas que amam um bom romance. Podem ficar tranqüilas, porque vocês estão diante do melhor livro do ano. Com clichês divertidos, tipo o final feliz. Como todo bom romance o final é lindo, mas não é irritante. Porque tem livros que a história é previsível do inicio ao fim e não tem nada de interessante no enredo, mas Carol Sabar conseguiu elaborar situações inusitadas e diferentes das que estamos acostumados. Quanta imaginação para o motivo do amor não correspondido!

A capa é super criativa, o papel do livro com seu cheirinho de velho me deixa louca e a diagramação está muito interessante. Podemos entrar no mundo virtual da personagem através de seu twitter , email e Orkut, ou seja sensacional!

As crepúscólicas vão amar, porque a Eduarda tem adoração pela série e cita vários trechos, as que não ligam vão amar porque a escrita é super divertida, e as que detestam vão amar também porque o romance é de tirar o fôlego!


Li este livro através do círculo viajante especial da Meg Cabot do skoob. Cerca de 10 meninas trocaram seus livros  da Meg e com isso tive a oportunidade de ler títulos que desconhecia.

Não gostei muito da leitura e os personagens com estilos “mocinhas abandonadas e não maquiadas” e “mocinhos estilo melhor amigo bonitão e ex da sua amiga” não me encantaram nem um pouco . Para quem leu toda a série “O diário da princesa” ver a mesma história se repetir em outros livros, mesmo que seja da Meg Cabot , cansa! Foi por isso que não dei muito importância a esse livro e nem mesmo me dei ao trabalho de resenhar antes.

Sinopse:

Mas a presença de Luke na escola causa um tumulto tão grande que nem mesmo Jenny sabe consertar. Em especial porque está totalmente envolvida na história! Será que Jen, a confidente de todas as horas, que sempre consegue ajudar todo mundo, vai aprender a seguir o próprio conselho, sair dessa e finalmente encontrará o verdadeiro amor? ÍDOLO TEEN é mais um romance delicioso de Meg Cabot, que vai agradar em cheio as fãs de A garota americana, Garoto encontra garota e O garoto da casa ao lado.

Além de achar o enredo cansativo, detestei a capa do livro que li. Acho que agora a editora publicou outra capa, porque a antiga tem uma foto de um garoto todo desengonçado com muitas espinhas e uma garota sem sal. Para eu que li o livro, fica obvio definir quem é o garoto,mas não condiz com a descrição do garoto do título.

Ídolo teen, me pareceu muito bobinho, e olha que eu adoro livros infanto-juvenis!  O livro me pareceu muito fraco para ter sido escrito por Meg Cabot. Tá, eu sei que foi ela quem assinou, mas este final de semana fui a um evento da Galera Record na Liv. Saraiva do Rio Sul e tive o enorme prazer de conhecer a Vivi que trabalha com o relacionamento da editora com os blogueiros nas redes sociais. Eis que ela e minha assessora de imprensa resolveram acabar com minha vida dizendo que é humanamente impossível uma escritora escrever e publicar milhões de livros por ano em diversas editoras sem ter um Ghost writer. O queeeeee? Para tudo! Meg Cabot então é fake e eu fico idolatrando quem não merece?

Calma, também não é assim! Meg escreve a maioria de seus livros e alguns ela contrata o tal do Sr. Ghost ai. Ufa! Então, para sonhar um pouquinho, pensei que talvez Ídolo teen tivesse sido escrito por um fantasminha camarada que ainda considera o Mimimi da garota Nerd que nunca beijou na boca a coisa mais UP do mundo literário!

Apesar das críticas, o livro tem partes engraçadas como as trapalhadas de Jenny para tentar esconder o segredo de Luke Striker de suas amigas. 

O livro é marcado por conselhos e perguntas desesperadas que Jenny recebe no jornal. Ela tem uma coluna de auto- ajuda, na qual, usa um pseudônimo para se esconder dos colegas e somente a psicóloga do colégio e alguns diretores sabem de sua façanha, por isso a delegam a responsabilidade de cuidar de um ídolo teen sem revelar a verdadeira identidade.

Eu dei 2 estrelinhas no skoob, mas gosto não se discute,né! Quem quiser arriscar! Mesmo sendo chatinho, a narrativa é leve e cativante por isso o li em poucos dias! Afinal, o fantasma estava tentando imitar a Meg,né?! 

Só para terminar. Estou participando de um booktour muito interessante da autora nacional Lycia Barros. Vou ler Tortura cor-de-rosa e depois conto tudoooooo para vocês!






Olá leitores,

Gostei de fazer booktour e como não tenho muito apego aos meus livros resolvi fazer um booktour por mês com livros que resenhamos aqui no blog.

A enquete da semana é:

Qual livro você gostaria de ver no booktour?




Responda na lateral no blog. O livro mais votado viajará pelo Brasil todo , mas com muito cuidado, viu?!


Beijinhos,








Olá, leitores!

Estou aqui novamente com a caixinha postal e hoje além de livros, vou falar da minha série favorita Gossip Girls e de outras que começei a assistir, The secret circle,the lying game e Pretty Litle Liars!







Queria agradecer o sucesso que foi a última caixinha e também o carinho das pessoas que divulgaram, que assisitiram e comentaram! Muitos assistem o vídeo, mas não comentam porque ficam com vergonha. Gente, mais mico do que eu estou pagando impossível! ahahah

Espero que gostem!

Livros citados:

Como quase namorei Robert Parttinson - Carol Sabar/ editora Jangada ( lançamento!)

Paixão, drogas e Rock´ Roll - Daniela Niziotek

Louca po você- Fernanda Belém- Novo Século ( lançamento!)







Olá galera,

Resolvi fazer um booktour do meu livro para agitar o blog e fazer com que as leitoras que lêem as minhas resenhas conheçam um pouco do meu trabalho como escritora.


O livro enviado será o com a capa nova e no final farei um sorteio. A ganhadora receberá o livro autografado com marcadores! Muitooooooooooooo bom, né?!


Regras:

  1. 10 participantes
  2. Ser residente do Brasil
  3. Ser seguidor e participante do blog Romances e leituras
  4. Seguir @eromances e @caestrella
  5. Curtir a página do livro no facebook
  6. Marcar o livro como vou ler no skoob
  7. Deixar um comentário no post com email para validar a inscrição
  8. Após a leitura do livro, você deve postar a resenha através do seu blog  ou do Skoob (necessário ser cadastrado lá) no prazo máximo de 10 dias
  9. O livro deve ser enviado na forma de “Impresso – Registro Módico”, desta forma o Correio fornecerá um código de envio e rastreamento. Esse código deve ser enviado imediatamente para o meu e-mail. Caso a atendente não lhe entregue o recibo com o código, é sua obrigação cobrar.
  10. Tirar uma foto com o livro assim que o receber para evitar danos e imprevistos. Caso ocorra extravio ou danos você será responsável por ele e terá que comprar outro.
  11. Tempo para leitura: 10 dias. Após este prazo, favor enviar um email para mim pedindo os dados da próxima participante.



Prazo para inscrição 24/11. Vou mandar um email com as próximas instruções para as participantes que se inscreverem. Não se esqueçam de deixar email para que eu possa entrar em contato.


Vou mandar marcadores do livro autografado para todas as participantes! Não perca.

Fiz um banner muxoxo, mas até que ficou bonitinho, quem for participar coloque em seu blog para divulgar! :)


Espero que gostem do booktour e que participem! O livro é muito bom e está com uma diagramação lindíssima! Vale a pena ler.









Uma leitura diferente. Uma literatura brasileira incomum. Um escritor nada comum. Só poderia começar esta resenha desta forma, mostrando para vocês que o livro não é nada parecido com o que estamos acostumados a ler e resenhar aqui no blog.

Sinopse:
Como autor, essa sua maestria se expande: os tipos são postos no mundo e, mais do que no mundo, numa trama — e o seu criador (eu quase escrevi Criador, pois não deixa de ser um trabalho de deus) se solta. Toda a ficção do Jô é feita de grandes personagens envolvidos em grandes tramas. Os tipos e a trama deste livro são especialmente engenhosos e através deles o autor nos dá um retrato saboroso do Rio de Janeiro no fim dos anos 1930 e começo do Estado Novo — o Rio das vedetes que davam e dos políticos que tomavam, das estrelas do rádio e das corridas de “baratinhas”. E nesse mundo em ebulição chega uma figura portuguesa, saída de um poema do Fernando Pessoa, para elucidar o estranho e terrível caso das gordas desaparecidas que… Mas não vou revelar mais nada. Um dos prazeres da literatura policial é ir acompanhando o desvendar de uma trama, levados de revelação a revelação por alguém com a fórmula exata para nos enlevar — e enredar. No caso do Jô, quem nos guia é um autor que já provou seu domínio do gênero, e que aqui se supera na perfeita dosagem de invenção, humor e erudição que nos prende desde a primeira página, desde a epígrafe. Prepare-se para ser enlevado e enredado, portanto. E prepare-se para outras sensações. Só posso dizer que a trama deixará você, ao mesmo tempo, horrorizado e com fome. E que depois da sua leitura os Pastéis de Santa Clara jamais significarão o mesmo.

Poderia falar que faz parte dos clássicos, mas não é para tanto. Ou talvez classificar como suspense, mas o assassino é descoberto pelo leitor logo no começo, então não tem nada que nos prenda até o final. O tema em si é tão cômico que nos deixa com a pulga atrás da orelha e nos desperta a curiosidade para terminar.

A riqueza do livro está nas informações culturais e intelectuais da narrativa. Ao longo da história, o autor escreve frases e trechos em latim, alemão, espanhol e ainda utiliza gírias e palavras portuguesas. Por se passar na década de 30, considero a qualidade da ambientação muito boa, mas um tanto quanto rebuscada demais e com isso cansativa.

Volto a dizer, vale pena ler só para matar a curiosidade dos assassinatos inusitados e para vivenciar um pouco da cultura brasileira daquela época. Existe um trecho no livro em que o autor narra um jogo da copa do mundo em que o Brasil perdeu para a Itália. Achei muito interessante ver como os locutores falavam dos jogadores antigamente.

“ Romeu a Lopes Lopes avança pela lateral e chuta a gol o goalkeeper Oliviere salta e espalma para a linha de fundo” PP.116

A capa é muito interessante e o livro é feito com aquelas folhas amareladas mais leves o que torna o livro ainda mais misterioso e prazeroso de ler. Em cada capítulo tem uma figura de algum objeto ou personagem que merece destaque. Podemos ver a bola daquela época, o bonde, a chuteira, uma freira. Enfim, várias coisas curiosas.

Gostei do livro, mas não achei nada excepcional nem extraordinário. Peculiar, digamos assim!

 Nesta resenha avaliei o livro como narrativa e talz, não citei o nome do autor em nenhum momento para não misturar as coisas!

Olá, leitores!!

Fiz uma nova caixinha de correio e me empolguei como sempre!! Para quem gostou da última vez, não deixei de assistir e comentar!!






Livros citados:
 Apátrida- Ana PaulaBergamasco
O arquiteto do esquecimento- Marcos Bulzara
João e Maria- Ana Paula Bergamasco e Marcos Bulzara
Coleção O Guia dos mochileiros das galáxias – Douglas Adams
Persuasão-Jane Austen
TãoOntem- Scot Westerfeld
Acaixa de desejos- Ana Cristina Melo
De volta a caixa de desejos
Comprometida- Elizabeht Gilbert

Espero que gostem!
Beijinhos,



Comprei este livro na bienal porque estava com muitas saudades de resenhar clássicos. Sério, a leitura sobre o século 19 enaltece a alma só pode! Aprendo tantas coisas sobre comportamento e amor que fico maravilhada quando termino de ler. Por isso sou fã dos romances Jane Austen e este é o 3º que leio.

Persuasão foi o último livro da autora e foi publicado postumamente em 1818, por isso, achei o enredo fraco em comparação com “Orgulho e preconceito” e “ Razão e sensibilidade ”, mas me envolvi do mesmo jeito no ambiente da história. 


Anne Eliot é filha de sir. Walter que faz questão de enaltecer seu nome da sociedade e manter relações com a nobreza, e irmã de Elizabeth Eliot, uma moçinha mesquinha e egoísta que herdou todas as características do pai. Anne conta com a ajuda de sua vizinha e madrinha Lady Russel, para se destacar na família visto que seus familiares a desprezam desde que sua mãe faleceu. Há oito anos se apaixonou perdidamente pó um capitão da marinha e foi fortemente persuadida por todos a abandonar seu noivado e encontrar um cara com mais nobreza.


E é isso! A história gira em torno das viagens e mudanças da família para outra cidade.

Achei que li mais sobre o cotidiano de Anne do que sobre suas aventuras amorosas e indagações sobre seu futuro. A personagem é centrada, não tem muitas emoções e nem se questiona muito sobre seu modo de vida. Ela me pareceu um pouco passiva demais, esperei mais atitude, por conta do estilo das “heroínas” de Jane Austen. Mesmo no final não vi nada de extraordinário e contraditório como nos outros livros.


Acho que a autora chegou ao final de sua vida sem força para motivar seus personagens, ou então se conformou com as regras da época para a ala feminina. Uma curiosidade que tenho. Como as pessoas usavam o banheiro naquela época? Imaginem manter a pose querendo fazer xixi? Eu então que sou bexiga solta não conseguiria ficar no sarau na casa dos UpperCross sem pedir para usar o toilet, que deveria ser uma latrina. Que nojo!


O livro não é difícil, por mais que seja considerado clássico. Eu li em poucos dias e gostei bastante. Recomendo a leitura e sugiro que leiam Jane Austen quem ainda não leu para mudar um pouco de estilo literário. Às vezes ficamos tão focados nos lançamentos que nos esquecemos de livros antigos que são muito bons!

Ah, detalhe! A capa deste livro não é uma fofura cor de rosa?

Beijinhos,





Oi pessoal, estou super em falta com vocês.

Motivos:
Saindo muito tarde do trabalho + faculdade.
Defesa da tese chegando e eu estou descontrolada aqui.

Então, prometoooo que voltarei com força total em duas semanas, até lá a Carol quebra meu galho. Hahahaha

Vamos ao resultado no post mais relâmpago do Universo?



Estarei enviando o email para a ganhadora hoje e ela terá 1 semana para responder! 
Beijos

Olá, leitores!!

A vencedora do sorteio de marcadores é Nath Souza!! Parabéns, querida Nath!



Vou explicar como fiz o sorteio. Peguei o número de comentários ( tirei os meus) e coloquei no random.org 36 participantes. Depois peguei o número sorteado e contei os comentários por ordem cronológica ( antigos primeiro). Sendo assim surgiu a nossa vencedora querida!!

Para quem não ganhou tenho uma novidade!! Pretendo fazer mais sorteios como esse na minha próxima caixinha do correio! Então fiquem ligados :)

Beijos,

Ah, Nath, manda um email com seus dados para o email do blog.






Olá, leitores!

Hoje vou mostrar os lançamentos da semana no mercado literário. Sempre escolho os livros que tem mais o perfil do blog e os que atiçam a minha curiosidade. Portanto, eventualmente um lançamento pode ficar de fora, por isso, preciso da ajuda de vocês, ok? Quem souber de algum livro novo legal sendo lançado avise-nos!!

Lançamento Nacional  / João e Maria- Ana Paula Bergamasco e Marcos Bulzara

Sinopse:
O que você escolheria: O Amor ou a Razão? Maria é bonita, estudiosa, avessa à badalação e tradicional. João é lindo, extrovertido, arrogante e vocalista de uma banda de rock. ...Ela jamais se aventurou numa paixão. Ele já singrou pelos mares de um amor fulminante. Eles não têm nada em comum. Mas foram feitos um para o outro.
 Eu li o livro e aprovo! Muito divertido e com uma leitura rápida.




Editora Intrínseca /  Luminoso - Alyson Noël

Sinopse:
Após ter completado sua tarefa com o Garoto Radiante, Riley desfruta férias ao lado de Buttercup e Bodhi. Quando um cão infernal atravessa seu caminho, a menina decide ir atrás dele – apesar da relutância de seu professor. Durante a busca, ela encontra uma jovem fantasma chamada Rebecca. Apesar do jeito doce de Rebecca, Riley logo descobre que nem tudo é o que parece. Filha de um fazendeiro, e furiosa por ter sido assassinada durante uma revolta de escravos em 1773, ela mantém a alma dos que morreram presa em suas piores memórias. Será que Riley conseguirá ajudá-la sem se perder nas próprias lembranças dolorosas?

 Resenha do primeiro livro da série: Radiante


Editora Companhia das letra / A maldição da Pedra - Cornélia Funke

Sinopse:
Durante anos, Jacob Reckless viveu em um mundo de fantasia, deixando para trás o irmão mais novo e a sua vida convencional. Um dia, Will descobre o portal que leva a esse mundo sombrio e segue o irmão mais velho,
mas lá é atingido por uma maldição: a pele de Will vai se transformando em pedra, e o garoto, em uma máquina de matar.
Em uma terra cheia de perigos, Jacob precisa usar toda a sua esperteza, coragem e espírito de aventura
para reverter o feitiço. Primeiro volume da nova trilogia da autora de
Coração de tinta.



Editora Novo Conceito / Qual o seu número- Karin Bosnak

Sinopse:Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento. Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher é de 10,5, fica desesperada e assustada por estar muito acima dessa média. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível a pessoa certa. Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los. Será que um deles estará disposto a esquecer do passado e começar uma linda história de amor?

Selo Galera Record / Tamanho não importa - Meg Cabot


Sinopse:
A ex estrela do pop Heather Wells não tem do que reclamar: seu pai finalmente vai se mudar do apartamento que ela divide com Cooper; ela arrumou um namorado que quer ajudá-la a emagrecer e as coisas no emprego de inspetora de alojamento na Universidade de Nova York vão... Bem, as coisas por lá continuam esquisitas como sempre. O Dr. Owen Broucho, diretor interino do alojamento Fischer Hall e seu terceiro chefe em menos de um ano, acaba de ser assassinado. Mais uma vez, Heather precisará usar seus excepcionais talentos de investigação se quiser livrar Sebastian Blumenthal, líder estudantil e principal suspeito do assassinato, de uma acusação aparentemente falsa

Resenha de Tamanho 42 não é gorda e Tamanho 44 também não é gorda.

Beijinhos,





Olá ,leitores, queridos!!





Como havia falado no facebook, consegui um monte de marcadores do livro Minha Vida fora de série! Por isso resolvi sortear os marcadores do livro junto com outros marcadores sortidos que tenho aqui em casa. Tais como, A guardiã da minha irmã ( Verus), Brilhos e Linhas ( Intrinseca) entre outros. Tenho certeza que vocês vão adorar!

Para participar é só comentar nesta postagem até o dia 05/11 - Sábado.

Vou fazer o sorteio bem rapidinho e divulgar junto com o resultado da promoção do livro Minha vida fora de série! Já pensou ganhar o marcador + o livro junto. Que sonho!! Participem :)

Ah!! Não se esqueçam de contar para todo mundo desta promo. Divulgue no twitter! ^^



Uma proposta diferente com um toque de sociedade distópica que muito me atrai. Escritores que criam mundos diferentes às vezes comentem o pecado de serem repetitivos ou até surreais demais, porém em Jogos Vorazes nos deparamos com um enredo um tanto quanto sádico e mórbido. Quando li a sinopse e soube que se tratava de um jogo da morte descartei logo de cara a leitura, mas umas amigas blogueiras falaram tão bem do livro que resolvi dar uma chance.

Sinopse:
Katniss escuta os tiros de canhão enquanto raspa o sangue do garoto do distrito 9. Na abertura dos Jogos Vorazes, a organização não recolhe os corpos dos combatentes caídos e dá tiros de canhão até o final. Cada tiro, um morto. Onze tiros no primeiro dia. Treze jovens restaram, entre eles, Katniss. Para quem os tiros de canhão serão no dia seguinte?... Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?

Como sempre, me surpreendi e gostei muito da ação e da disposição dos fatos narrados. A história é sobre dois jovens, Katniss e Peeta, que são escolhidos como tributos para representar o distrito 12 nos jogos vorazes, mas como pertencem a um lugar com muita pobreza, poucas  são suas esperanças de voltarem vivos para casa. 

Fiquei tensa e a cada página que virava respirava aliviada por não me sentir chocada com as mortes. Pensei que ao começarem os jogos e ao ver os adolescentes se matando eu iria surtar ou abandonar o livro, mas o modo como os detalhes foram narrados mudou toda a logística da coisa. A autora fez com que o leitor se apaixonasse pelos personagens principais e não pensasse nos outros, logo ficou bem mais fácil observar as mortes como expectador e torcer para a vitória de Katniss e Peeta. Mas, como manda o jogo só um pode vencer. Confesso que foi torturante ver a indecisão de Katniss sobre ajudar ou não seu companheiro a viver, mas no final temos uma grande recompensa.

A linguagem é para adolescentes só que um pouco mais rebuscada, com muita descrição do ambiente e dos personagens, inclusive de algumas mortes. Gostei do jogo e fiquei imaginando depois, como seria uma arena deste tipo nos dias de hoje. A capital que controla tudo no livro me pareceu muito com um filme chamado Gamers, em que ex detentos lutam até morte em uma arena enquanto as pessoas apostam dinheiro em cima de batalhas.


A capa do livro me chamou atenção também. Podemos dizer que grande parte do que iremos ler se reflete na capa. O sombrio e o enigmático predominam no símbolo e a cor preta nos deixa com ar de jogos da morte mesmo. Muito interessante o livro. Gostei e li em poucos dias, apesar de não ser meu gênero preferido. Recomendo a todos a leitura e aproveitem para comprar com promoção no site do submarino. Comprei a série de três livros por 49,90 e não me arrependi. Entrei na sociedade distópica criada pela escritora e considero muito ousada a sua criatividade. O tema é agressivo, mas as palavras suavizaram a narrativa.


Quem quiser visitar o site do livro : www.jogosvorazes.com.br





Série:
Jogos Vorazes
Em chamas
Esperança – Lançamento



Ah, detalhe!  O filme do livro será lançando em Março do ano que vem. Então não dá mesmo para perder a leitura! :)