• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    The Daughters - Joanna Philbin



    Esta semana eu me empolguei na leitura em inglês e li um livro estilo Meg Cabot só que com uma grande pitada de Gossip Girl no quesito luxo! Amei o livro e vou tentar transmitir minha empolgação à vocês, só que pelo que pesquisei o livro ainda não foi lançado no Brasil (não virou Best seller americano), mas vale muito a pena procurar na Amazon.com e ler. 

    The Daughters conta a história de três adolescentes filhas de personalidades da moda, da música e da mídia. As meninas convivem com o assédio da fama dos pais diariamente e tem que conviver com comparações e muitas vezes são forçadas a imitar seus pais para sobreviverem. Hudson é filha de Hola Jones uma cantora muita famosa do ramo do pop, mas seu estilo é voltado para o Jazz. Carina é filha do grande empresário Jurdarsen dono da mídia americana e se vê obrigada a trabalhar nos negócios do pai três vezes por semana apesar de adorar esportes radicais. Já Lizzie é filha de Katia Summers , uma grande top model que apesar de estar acima da idade ainda arranca suspiros da imprensa.

    Já foram lançados três livros e em cada livro lemos sobre a história de uma das meninas. Este primeiro é sobre Lizzie que se sente feia em relação a mãe e por isso foge das sessões de fotos e festas da moda. Até que encontra Andrea uma fotografa diferente que capta a beleza natural das pessoas. Em meio a cliques inocentes no Central Park, Lizzie esbarra com Todd um grande amigo de infância que vai mexer com sua cabeça.

    A história é leve e muito divertida, por isso a comparei com os livros da Meg Cabot só que com um plus a mais porque Joanna não fica repetindo a mesma coisa durante vários capítulos. Isso fez com que a leitura fluísse mais e outros personagens pudessem aparecer de uma forma equilibrada e não monótona.

    A capa do livro é muito interessante, porque por ser toda branca, as três meninas em colorido se destacam dando um ar bem colegial ao livro e ao mesmo tempo sério. Parece que foi toda desenhada no caderno. Adorei esta combinação!

    A melhor parte do livro foi quando Lizzie visita a casa de Todd e descobre que ele tem um biblioteca gigante de livros raros em seu quarto! Quase morri petrificada de tanta inveja da Lizzie! O garoto tinha box de livros novos, antigos e ainda autografados por autores como Fiztgerald! Lizzie e Todd falam muito sobre o livro, O grande Gatsby, que estou lendo também. Esses pequenos grandes detalhes enriqueceram a leitura e me deixaram louca para comprar o resto da série e implorar para alguma editora publicar aqui!

    Enfim, o livro vale a pena. Para quem quer começar a ler em inglês é uma ótima opção, porque não é muito difícil e ainda te proporcionará uma leitura divertida de menininha!