• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Verdade ou Consequência? - Com Fabiana Lima

    Olá leitores,
    Estamos de volta com o quadro mais apimentado da blogosfera e hoje convidamos a blogueira Fabiana Lima para responder uma pergunta que não quer calar. Aguardem!

    Quero botar fogo na boca do balão e desafiar os blogueiros e escritores a brincar de Verdade ou conseqüência, quem topa?

    FabyTudo sobre Fabiana...
    Nome: Fabiana Lima, mas prefiro Faby, assim que os meu amigos me chamam (rsrs).
    Blog: Adoro Romances de Aracaju (www.adororomancesdearacaju.blogspot.com)

    Livro preferido: Muito difícil essa, vou citar um de livraria: Amante Desperto *inigualável* e de banca: Lorde do Deserto da Diana Palmer * ela estava inspirada quando escreveu esse livro (srsrs).

    Gênero preferido: Romances, seja de banca ou de livraria.


    casal BLOG


    O desafio será o seguinte: Fabi terá que escolher entre responder uma pergunta cabeluda sobre o meio literário ou escrever uma poesia com três palavras escolhidas por mim.

    Hoje eu estou malvada e resolvi perguntar uma questão que cairá como uma luva para muitos leitores do blog. As palavras estão mais fáceis, mas acho que a Fabi vai responder a pergunta, não vai?!? E ai topa ou não topa? 


    Fabi: Claro que respondo Carol!


    R&L. Observei seu blog durante um tempo e vi que você gosta muito de romances de banca. Este tipo de livro sofre certo preconceito por ter um estilo água com açúcar. Você já recebeu algum tipo de crítica, seja de leitores do blog, ou familiares, por ler romances de banca? O que mais te atrai nestes livros? Como você explica o fanatismo das mulheres acerca desses romances?


    Fabi. Em primeiro lugar quero agradecer a oportunidade de estar aqui no blog, que eu gosto tanto. Fico mega feliz em ver que vocês acompanham o blog e sim, vocês tem toda a razão, eu sou fã de carteirinha dos romances de banca.



    Já sofri diversos tipos de preconceito por conta deles, da família (que acha que desperdiço meu dinheiro com tantos livros), de amigos que não entendem o porquê de eu gostar tanto de ler sobre relacionamentos alheios e até de desconhecidos na rua, por me verem com um livrinho na mão (pois faço questão de que estejam vendo o que estou lendo, não os deixo lá no fundo da bolsa) e já me disseram que eu deveria procurar um homem ''de verdade'' e não um fictício (aguente essa!).


    Por que gosto tanto de livros de banca? Simples, porque as histórias são envolventes, românticas, emocionantes, adoro os desafios que os personagens tem de vencer para estar com aquele (a) que amam, os desencontros, o ciúme, a paixão explosiva, o desejo abrasador (falei como as escritoras) kkkkkk. Quem nunca se imaginou no lugar das mocinhas que atire a primeira pedra!


    Sinceramente para mim, são poucas as diferenças entre um livro de banca e de livraria, o que importa não é o papel onde está sendo impresso ou a editora que está lançando, ou o edição de luxo etc. O que me importa é o conteúdo! Diversas vezes vi romances de banca sendo editados como de livraria e as pessoas amarem e então, como me explicam isso!?? 


    Não critico quem lê somente de livraria, é uma questão de opinião e gosto (e bolso), mas posso adiantar que muitas vezes os livros de banca tem uma qualidade igual ou até superior a muitos livros lançados por certas editoras que mutilam, cortam, detonam sem piedade o livro, que não respeitam e não tem qualquer consideração por aqueles que o vão comprá-lo (ou seja, nós)! 


    Os romances de banca tem histórias ótimas, lindas, fortes que nós fazem suspirar e querer estar ali no livro junto com os personagens, como qualquer tipo de livros temos bons e ruins, nada muito diferente dos de livraria, eu já li cada livro ruim e mesmo assim não desisti nem de um nem de outro, acho que é uma questão de perfil, cada um tem o seu, mas para aqueles que não leem de banca ou nunca leram posso dizer que vocês estão perdendo histórias maravilhosas que nos fazem chorar, ter raiva, sentir pena, querer de alguma forma apaziguar o sofrimento dos personagens. São tantas emoções! Kkkk. 

    Acho que é isso, adorei estar aqui, espero que vocês gostem do que eu escrevi, romances para mim é isso, são situações que poderiam acontecer com qualquer uma de nós, não precisa ser (tá pode ser, nenhuma vai reclamar) com um deus grego, magnata, moreno e sexy de doer, mas com o ''nosso príncipe encantado'' um homem normal, que nos ame pelo que somos e que nós aceite do jeito que queremos, com nossos erros e falhas. 

    Obrigada meninas!

    Faby, nós que agradecemos sua participação e carinho! 

    Cuidado! O próximo pode ser você.

    Beijinhos,