• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    O Divórcio dos meus Sonhos - Clare Dowling


    "Entretenimento em sua melhor e mais divertida forma. Os livros de Clare são excelentes e imperdíveis." - Marian Keyes

    "Clare é original e engraçadíssima. Adoro" - Cathy Kelly


    Jackie Ball é dona da Flower Power, uma floricultura em plena expansão, porém conhecida por entregar coros de flores em restaurantes e buquês de rosas vermelhas em enterros. Talvez fosse pela caligrafia horrível de sua sócia Eamma, ou pelas trapalhadas do Lech, o novo entregador polônes dono de um fusca 1989. 

    Jackie acaba de ser surpreendida pelo pedido de casamento de seu namorado Dan Lewis, um homem extremamente atraente, bem resolvido e lindo de morrer. É claro que ela aceitou na hora, porém, havia um pequeno detalhe que poderia atrapalhar os planos da casal: ela ainda era casada com Henry. 

    Mesmo separada há dois anos de Henry, os papéis do divórcio nunca haviam sido assinados. Na verdade, Jackie sumira na noite de seu aniversário de casamento deixando apenas um bilhete de despedida na mesa da cozinha. Ninguém sabia o motivo daquela separação repentina. Agora, ela teria que passar por cima do orgulho e dos acontecimentos e correr atrás dos papéis do divórcio. O circo está armado.  

    Henry é um crítico gastronômico um tanto depressivo que não se envolveu com mais ninguém após a separação com Jackie. Quando recebeu a petição do divórcio, enlouqueceu com os argumentos citados. Ele não poderia deixar barato e resolveu contestar a petição, fazendo questão que essa 'lista de argumentos' fosse refeita e nela fossem incluídas as falhas da ex mulher também. 

    Estava iniciada uma divertida queda de braço entre as partes envolvidas. Quem teria razão? Quem ganharia aquela briga?

    "É... Dizem que você só conhece realmente uma pessoa quando se divorcia dela."


    O Divórcio dos meus Sonhos é leve e engraçado e segue o estilo dos livros da Marian Keyes, com personagens coadjuvantes que garantem uma boa dose de humor à trama. A mãe extremamente neurótica e possessiva, preocupada com a reputação dos filhos, a irmã caçula Michelle, que em muitos momentos me lembrou a desmiolada Helen (das irmãs Walsh) e uma advogada totalmente cômica. 

    Outros personagens que também roubaram a cena foram Emma e Lech, e todas as roubadas que se metem. A confusão e as risadas estão garantidas com esse Chick-lit de Clare Dowling. Vale à pena conferir! 

    Obs. Adorei a capa e o noivinho com a cabeça enfiada no bolo, rs.