• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Amante Consagrado - J. R. Ward




    Amante Consagrado é o sexto livro da série Irmandade da Adaga Negra, portanto, se você ainda não leu os volumes anteriores aconselho que pare por aqui. Essa resenha com certeza contém informações sobre os outros livros.

    Ao assumir o lugar de Vishous como Primaz, Phury assume também a responsabilidade de dar continuidade à raça. Agora, ele era o macho responsável pelas Escolhidas e teria que deitar-se com as mesmas a fim de gerar filhos provenientes de uma linhagem forte. A consumação, no entanto, nunca ocorreu. Phury viu a Primeira Escolhida, Cormia, amarrada contra sua vontade para que ele a possuísse e não conseguiu levar adiante. 

    Cormia agora está vivendo do outro lado, na mansão da Irmandade, esperando que o amo finalmente cumpra seu dever de Primaz. Mas ele continua distante, envolvido com os problemas da sua mente. Phury está constantemente drogado e preso em seu quarto, fumando seus cigarros de fumaça vermelha para tentar sufocar a voz que acompanha sua mente: a voz do mago. 

    Amante Consagrado (552 páginas,  Universo dos Livros) foi o único livro da Irmandade que enrolei para terminar. Phury sempre me passou a imagem de um cara problemático, drogado e deprimido. Um verdadeiro mártir que vive à sombra do irmão Z, apaixonado não só pela shellan do irmão, mas pela história e força do guerreiro. Fato que se confirmou nesse livro. 

    Em contrapartida, adorei o caminho que a autora escolheu para alguns personagens como John, Quinn e Blay. A sutileza que ela tratou determinados assuntos foi fundamental para conferir mais docilidade à trama. Ward acrescentou ainda uma pitada uma colher cheia de pimenta quando transportou um de nossos personagens mais problemáticos para o lado negro da força. 

    A partir desse momento a história melhora consideravelmente e torna-se irresistível. Temos toda luta do Phury com seu vício e a problemática do futuro das Escolhidas e ainda uma surpresa agradabilíssima, que vai deixar muitos sorrindo de orelha a orelha. A guerra contra os redutores, que resolveram colocar as asinhas de fora, também se intensifica bastante nesse livro (um dos pontos que senti muita falta no livro anterior). 

    Para finalizar, Amante Consagrado foi uma leitura extremamente complicada para mim e mais complicada ainda é a nota que dei. As 3 estrelas foram por todo o #mimimi do Phury, risos.