• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Espelho, Espelho Meu - Filme


    Nunca fui muito de ir ao cinema, prefiro assistir filmes no conforto da minha cama, com meu pijama e minha caneca de chocolate. Sinceramente, não ligo se todas as pessoas do planeta já assistiram o último lançamento, menos eu. Mas desde que fui assistir Jogos Vorazes com a Carol, fiquei na expectativa do lançamento de Espelho, Espelho Meu. 

    Posso citar 3 motivos que contribuíram para essa ansiedade:
    1. Sou fã assumida dos Contos de Fadas;
    2. Sempre tive um carinho especial por branca de neve e minha maior frustração foi não ter tido uma festinha com esse tema (minha filha terá, com certeza);
    3. Amo a Julia Roberts. 

    Enfim... Hoje, no meu dia de ócio, tinha um horário perfeito dando sopa e lá fui eu sozinha ao cinema. Perfeição! Sala vazia, nada de gritos (esse é um dos motivos que me faz preferir assistir em casa), só eu, meu saco de M&M’s e algumas outras coroas sem nada para fazer, rs.

    Espelho, Espelho Meu reconta a famosa história de ‘Branca de neve e os sete anões' de maneira divertida e sarcástica. Julia Roberts assume o papel de madrasta/rainha malvada que deseja a todo custo ser a mais bela de todas as belas (vamos combinar que para ela isso não é difícil, né?). Com toda sua experiência, Julia rouba a cena do filme, deixando a pobre Branca de Neve (Lily Collins) totalmente apagada, pelo menos até a moça decidir se juntar aos anões e aprender a lutar com espadas e assaltar pessoas no meio da estrada. =O

    Por falar em anões, os meus tão queridos companheiros de infância receberam nomes ridículos nesse filme.Tive vontade de gritar no cinema. Tudo bem recriar uma história, mas substituir Mestre, Zangado, Atchin, Dunga por Grim, Açougueiro, Lobo e Rango é demais, né? 

    Algumas cenas também são forçadas e totalmente desnecessárias, o que contribuiu para que o filme caísse muito no meu conceito. Verdade que a obra não é de todo o ruim, mas não chega a ser empolgante. Vamos esperar para ver como Kristen  Stewart (a Bela da saga Crepúsculo) vai defender o papel de Branca de Neve na próxima releitura: A Branca de Neve e o Caçador, que estréia em breve. 

    Uma vez a Nanie (Nanie’s World - Resenha de Julieta Imortal) disse algo que assinei embaixo “...não curto que mexam nos meus clássicos amados e os transformem em baboseiras sobrenaturais sem sentido.Mas já que insistem em fazer, então que façam direito. 









    E se você gostou desse post, não esqueça de dar +1 nos botões de compartilhamento!