• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Verdade ou consequência? - Com Sabrina Pepe

    Olá, leitores!

    Estamos de volta com o quadro mais apimentado da blogosfera e hoje convidamos a blogueira  Sabrina Pepe para  soltar o verbo aqui no Romances e leituras!

    O tema de hoje é o monstro de sete cabeças de vários blogueiros que fazem parte do grupo obsessivos anônimos por perfeição. Muitos não dormem em paz, enquanto não consertarem a última vírgula do sétimo parágrafo da resenha do blog do seu amigo. Ufa! E, aí, leitor? Você é neurótico por português? Ou Leva na boa quando comente um erro em uma postagem?

    Tudo sobre Sabrina: Meus amigos me chamam de Sa, mas para minha família sou só a Bina. Uma pessoa de criação simples que ainda é muito crédula. Mãe, esposa, filha, irmã, amiga. Não dispenso um bom livro. Escorpiana de ferrão razoavelmente afiado... De sol e de lua.

    Nome: Sabrina Pepe
    Gênero preferido: Romance/Drama


    O desafio será o seguinte: Sabrina terá que escolher entre responder uma pergunta cabeluda sobre o meio literário ou escrever uma poesia com três palavras escolhidas por mim.

    Escolhi três palavras super difíceis para a Sabrina, porque quero que ela responda a pergunta, mas fique a vontade para fazer a poesia. Se algum leitor quiser se arriscar, por favor, não perca tempo e escreva uma bela poesia nos comentários!

    Palavras: Peito/Respeito/Sinal de Trânsito

    R&l: Todo escritor e blogueiro tem obrigação de escrever buscando sempre um português correto, porém na pressa da internet e do dia a dia, às vezes nos esquecemos de pontuar alguma frase ou digitamos errado ou erramos mesmo por falta de atenção. Só que muitas pessoas obsessivas, sim, obsessivas, deixam de “respirar” quando vêem um erro em seu texto e não descansam até te criticarem ao máximo, ou comentam educadamente sobre o erro. O que você pensa a respeito desta situação?
    ... Só por achar que as palavras são muito fáceis e perfeitamente rimáveis entre si (*coff, coff) é que vou deixar para lá a conseqüência (risos).
    VERDADE. Todo blogueiro deve buscar o português correto. Não apenas por obrigação, mas como uma prova da dedicação ao blog, para oferecer uma boa resenha aos leitores e também pelo desejo de sempre melhorar. No entanto, erros sempre acontecerão enquanto existir humanos por detrás das máquinas, é o que eu sempre digo (ainda mais por ser uma provável candidata a também errar). Seja pela correria, pela desatenção, pela dúvida e esquecimento de pesquisar (para ver ‘se é aquilo mesmo’) antes da postagem, ou, no pior caso, pela falta de informação, o “não acerto” é uma sombra para quem escreve diariamente.
    Não sou neurótica com português perfeito, até mesmo porque ter curso intensivo de gramática normativa nunca foi condição para blogar.  Mas, VERDADE, meus erros me preocupam, e não raro os corrijo após a postagem desde que a correção não altere a estrutura da resenha. Peço para que minhas companheiras de blog também confiram a resenha e tenho o mesmo cuidado de ajudá-las com a revisão das suas, mas por vezes algumas coisas realmente escapam. Não me importo por ser alertada dos erros, mas só faço o mesmo favor se me for solicitado, sem leviandade.

    Não há muito que pensar sobre esta situação. Sei que estou fazendo meu melhor, e sentir-me realizada nesta certeza tem sido o suficiente. Imagino que seja da mesma forma com a maioria dos blogs.

    Carol e Gabi, muito obrigada pelo convite. Bjus


    Espero que tenham gostado. Quero sugestão de palavras e de entrevistados!

    Quem quiser participar é só comentar no post que irei preparar umas palavras e perguntas bem cabeludas!

    Os: Só para esclarecer Obsessivos anônimos era uma brincadeira da minha turma de literatura infantil. Nós tínhamos uma pessoa que corrigia tudo com o maior carinho e a chamávamos assim.