• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Eu sou o Número Quatro - Pittacus Lore

    Nosso planeta foi invadido por aliens.



    "O Número Um foi capturado na Malásia.
    O Número Dois, na Inglaterra.
    E o Número Três, no Quênia. 
    Todos foram Mortos.
    Eu sou o Número Quatro. Eu sou o próximo."


    Sabe quando você tem medo de começar a ler um livro por medo de se decepcionar? Pois bem, eu tive esse medo com "Eu sou o número Quatro", publicado pela editora Intrínseca em 2011. Mas ao final da leitura eu me perguntei: "Por que, Deus, eu não comecei a ler antes?" A história é incrível, possui uma dinâmica perfeita e a leitura flui super rápido. 

    O livro conta a história de John Smith ou o Número Quatro. Ele e mais 8 crianças chegaram na Terra fugidos de seu planeta natal - Lorien - com seus Cêpans (espécie de guardião) quando o mesmo foi atacado pelo Mogadorianos, raça que rouba os recursos naturais de outros planetas. Para sobreviverem e continuarem fugindo dos Mogadorianos foi lançado nas crianças um feitiço no qual só é permitido que as crianças sejam assassinadas em ordem. Os três primeiros já morreram e agora vão atrás do John pra continuar a sequência.

    "No início éramos um grupo de novo.
    Três se foram, morreram.
    Agora restam apenas seis.
    Eles estão nos caçando e não vão parar enquanto não matarem todos."
    (pág. 13)

    Durante 10 anos John e seu cepân vivem em constante fuga para não serem descobertos pelos Mogadorianos. Numa dessas fugas acabam na cidadezinha de Paradise, onde se passa a maior parte do livro. Na nova cidade, John faz novos amigos e se apaixona por Sarah tentando a todo custo ter uma vida normal e tranquila. Porém, é de seu conhecimento que a batalha contra os Mogadorianos está próxima. 

    O cenário literário está tão entupido de vampiros, anjos, bruxas e até sereias que quando aparece algo diferente torcemos o nariz. Pittacus Lore escreveu uma história de ficção cientifica que conquistou inúmeros de fãs, inclusive eu. No começo podemos até estranhar alguns conceitos, mas logo isso some e somos completamente envolvidos no enrendo. Não posso contar muito porque senão solto spoiler, mas digo que vibrei muito no final. Estou louca para ler a sequência e responder algumas das perguntas que ficaram no ar. 

    Recomendo este livro pra você, que assim como eu, está cansado de histórias sobre vampiros, anjos, bruxas e afins. E para você que já leu, deixe nos comentários suas considerações. Sem sombra de dúvidas, "Eu sou o número Quatro" é um livro arrebatador.

    A título de curiosidade o livro ganhou adaptação para o cinema. Confiram o trailer abaixo. 



    "Esperanças? (...) Sempre há esperanças, John. (...) Ela é a última coisa que se vai. Quando você a perde, já perdeu tudo. E quando você pensa que tudo está perdido, quando tudo é sinistro e sombrio, sempre há esperanças."