• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Equinócio - a Primavera - Lu Piras



    Estou numa fase de livros ótimos! Pode parecer que só faço resenhas positivas, mas as leituras que estou escolhendo estão me surpreendendo muito.  Só tenho me divertido e me apaixonado pelos livros e esse que vou falar agora, além de ser bom é especial, por ser nacional.

    Equinócio é o primeiro livro da escritora Lu Piras que batalhou muito para publicá-lo e conseguir um espaço nesse mercado tão disputado. Agradeço muito por ela ter persistido no sonho e nos presenteado com sua obra tão linda. O livro apesar de ser fantástico e ter um tema batido, é muito diferente de tudo que lemos. Não só pela maneira como a autora escreve mais também para as mudanças originais e criativas do enredo.

    O livro é narrado por Clara, um estudante de medicina que vive com o Pai e a irmã em uma casa confortável. Apesar de ter aprendido a conviver com a morte da mãe, Clara sente falta de uma presença feminina, mas vai levando a vida do jeito que pode. Porém, o pai de Clara, o Dr Chevallier não se conforma em ter perdido seu grande amor e a congela a fim de mantê-la em um estado estável para que ele possa terminar suas pesquisas a cerca da Criogênia, que tem o propósito te ressuscitar as pessoas.

    O diferencial do livro está exatamente na parte das pesquisas e da busca desesperada do pai para trazer sua esposa de volta. Só que brincar de Deus tem um preço e os anjos malvados não vão deixar isso barato e farão de tudo para conseguir a fórmula para voltar a vida. Entretanto, dr. Chavallier, tem um anjo da guarda muito atencioso e eficiente, que fará de tudo para salvá-lo.

    Nate é anjo da guarda de Clara e de seu pai. Tudo estava correndo bem até ele se apaixonar perdidamente por sua protegida. É aí que o coração do leitor para e os olhos enchem de água. Nate é o anjo perfeito, delicado, sensível, carinhoso, ou seja, um homem perfeito, mas não pode aceitar o seu lado humano. A cada trecho da história podemos sentir na pele a angústia da personagem de só poder ver seu amor nos sonhos, ou a noite quando ele permite ser visto.

    O amor dos dois é tão bem escrito e descrito que você se sente consumido por tanto sentimento bom, é como se estivesse flutuando entre as nuvens e ouvindo uma linda melodia. Foi deste jeito que me senti a maior parte da leitura. Só me senti assim porque a autora escreve muito bem e nos envolve de uma maneira incrível, seja com os detalhes de tudo que está acontecendo, seja com o lirismo e metáforas da história.

    A autora conseguiu descrever a vida de Clara e os termos de medicina como se fosse médica à anos, isso sem falar nos detalhes do palácio dos anjos que me deixaram abobalhada com tanta poesia. Sem dúvida Lu Piras escreveu uma obra lírica em completa harmonia.

    Não gosto muito de literatura fantástica, mas leio sempre os livros de anjos. O último livro que tinha me deixando neste estado foi Sussurro, mas preciso confessar que Path Cipriano perdeu o posto de melhor anjo do mundo para Nath – Aniel.

    Recomendo a leitura com toda minha força. Aproveitem.

    Fiquei tão boba com a história, que me esqueci de falar da capa que é maravilhosa!



    Durante todo o mês de junho os comentaristas do blog poderão concorrer ao livro PARA SEMPRE. Saiba como clicando aqui, ou em Comentaristas do Mês, que você encontra na área Colunas, no menu principal.