• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Movie Day: Eu sou o número quatro

    Bom, sábado é oficialmente o dia do filme, afinal é o dia da semana que podemos dormir tarde assistindo filme sem se preocupar em acordar cedo para trabalhar e/ou estudar. Sendo assim, separei um filme para vocês muito bom. É uma aventura deliciosa de se assistir sabado a noite com um balde de pipoca e muita muita coca-cola. 

    Eu Sou o Número Quatro : poster


    Soltei elogios para os livros que originaram esse filme. Eu amei tanto tanto essa ficção cientifica que assim que terminei de ler o primeiro volume da série eu corri para assistir o filme. Ah, desculpa né gente, eu NUNCA assisto um filme sem ler o livro antes. É aquele tipo de mania chata que as pessoas tem? Pois é, essa é a minha. 

    Baseado no romance de Pittacus Lore, o filme conta a história do Número Quatro - vulgo John Smith - e os alienígenas que fugiram do planeta Lorien e se refugiram na Terra com o objetivo de se esconder dos Mogadorianos - inimigos que desejam eliminá-los. A caça aos nove alienígenas já começou: Um, Dois e Três já estão mortos. Agora eles irão atrás do número Quatro. 

    Quatro vive fugindo com seu guardião Henri e numa dessas fugas acaba na cidadezinha de Paradise, em Ohio. Enquanto tenta descobrir os seus novos poderes e lidar com tantas mudanças, afinal ele é só um adolescente, John faz amizade Sam e conhece a  encantadora Sarah por quem se apaixona. Só que ele acaba colocando em risco a vida de todos ao seu redor quando os Mogadorianos descobrem a sua localização e precisará lutar para manter todos à salvo. A batalha só está começando...

    Não gosto de dizer que é um filme de ação, está mais para aventura. Os atores são incríveis e a trilha sonora está impecável. Até Adele tem, acreditam? Mas, como sempre, por ser uma adaptação faltaram partes da história, afinal não dá pra colocar mais de 300 páginas em pouco mais de 60 min. de filme, não é? 


    O que mais me achou a atenção (e pode até ser uma critica) é que o personagem principal, o número Quatro, interpretado pelo ator Alex Pettyfer (suspiros, suspiros) não é nada aparecido com o personagem do livro. No filme Quatro parece ter mais de 17 anos, enquanto que no livro ele tem apenas 15 anos. E isso não só aconteceu com o Quatro, outros personagens são diferentes tanto no livro quanto no filme. 

    Outra critica ao filme é que cortaram as partes mais importantes do livro, no qual John tenta descobrir seus poderes com o Henri, seu guardião. Acho que o filme focou muito no romance "proibido" de um alienígena com uma humana e esqueceu da essência básica que o livro transmite, que está muito mais para uma aventura do que para um romance propriamente dito. 


    Um ponto positivo para o filme são os efeitos especiais, que se resumi minimamente em: INCRÍVEIS. Deus, fazia tempo que eu não assistia um filme com efeitos tão legais, que conseguiam interligar realidade e ficção. Amei! E além disso (falando novamente...) eu gostei muito muito da trilha sonora. Como todos sabem, sou muito musical, então reparo muito nesse detalhe e achei que a escolha da trilha se encaixou perfeitamente. Teve: Kings Of Leon, Civil Twilight, Adele...

    Apesar das inúmeras comparações que eu sempre faço (e sempre farei, outra das minhas manias) o filme é uma aventura e tanto. Eu gostei muito de assisti-lo e tenho certeza que se tivesse assistindo o filme antes de ler o livro teria amado incondicionalmente, até mais que o livro. Eu ainda não sei se o filme terá uma continuação. Mas, creio que sim. Prometo procurar saber e informar depois à vocês. 

    Bom, por hoje é só. Curtiram a dica de filme? Quem assistiu me diz suas impressões e quem não assistiu ainda, hoje é sábado é uma boa pedida né? 


    MELHOR CENA: 


    Resenha:
    1. Eu sou o número Quatro
    2. O poder dos Seis