• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Por isso a gente acabou - Daniel Handler




    Ed Slaterton eu quero matar você, porque não consigo parar de pensar em você. Ed, eu te amei com a Min te amou, eu acreditei em você como a Min acreditou, eu admirei todas as lembranças que você deu para ela, eu guardei a caixa azul com carinho. Ed, eu sempre soube que você era um canalha, mas eu acreditei que por um minuto você seria outra pessoa. Mas não, você é Ed Slaterton o cocapitão do time de basquete. Eu te odeio Ed por ter que começar esta resenha falando de você e te odeio mais ainda por ser tão maravilhoso e fofo ao ponto de me deixar com raiva de tudo.

    Comecei a resenha resumindo o meu sentimento pelo personagem mais odiado e amado do livro. Minerva, ou melhor Min é uma adolescente normal que gosta de estudar e ver muitos filmes antigos. Ed Slaterton é o garoto mais popular da escola que arranca suspiros de todas as garotas. Vocês devem estar pensando : Tá, isso aí eu vejo todos os dias na sessão da tarde! Rá, vocês não tem ideia da surpresa que o autor Daniel Handler preparou para os autores neste livro.

    Depois de uma desilusão amorosa com Ed, Min resolve juntar todos as lembranças que guardou durante o namoro dentro de uma caixa azul e devolver para o ex namorado. Entre tampinhas, guardanapos, livros, casacos, caixinha de fósforo, preservativos, ela vai contanto a história desde quando começou até o fim. Só sei que o leitor vai ficando desesperado para que tudo dê certo. Por mais que o título do livro seja “Por isso a gente acabou , você anseia desesperadamente pelo final feliz. Como se o amor perfeito fosse sair da cartola de um mágico, quando na verdade ele já se foi há muito tempo.

     Eu estou dentro de uma angustia sem fim, visto que, passei por isso e escrevi Garota apaixonada em apuros. Preciso confessar que o livro foi a minha caixinha azul para o “Nelson”. Eu tenho um baú de cartinhas! Então, fiquei louca quando a vi fazendo isso e claro, sempre tem a outra,né! Rs Não posso nem separar isso como spoiler, porque vocês sabem, que sempre tem.

    Estou boba até agora com a capacidade do autor de entrar na personagem feminina e descrever o nosso mundo e os nossos sentimentos com uma riqueza de detalhes e uma criatividade sem fim. Segundo uma entrevista, ele inventou o nome de todos os filmes que a Min narra no livro, simplesmente para deixar a história ainda mais particular e única, porque se fossem filmes verdadeiros cada um teria sua opinião sobre o momento relacionado. Sensacional!

    O livro tem uma capa fofa, é todo ilustrado com as imagens das recordações da Min e a companhia das letras enviou para os parceiros uma caixinha azul igual a do livro. Perfeito! A história é ótima, a narrativa bem desenvolvida e cativante, o estilo diferente e o personagem masculino um babaca- amado.

    Livro perfeito! Um dos melhores que já li este ano junto com Equinócio. Com a diferença que em Equinócio eu chorei demais, nesse eu não derramei uma lágrima, porque já chorei demais na adolescência.... Chorei como a Min, chorei de amor e foi por isso que a gente acabou!

    Beijinhos,