• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    A Mediadora #3, Reunião - Meg Cabot



    Atrás dos óculos de um nerd pode existir um gato!

    A Mediadora #3 - Reunião, Meg Cabot
    Editora Galera Record, 272 páginas, 2005.

    Peguei "A Mediadora" para ler no sábado sem muita expectativa, só queria um livro pra passar meu dia de leve. Dar boas risadas sem esperar muito sabe? Já tinha me frustrado com "A filha da tempestade" - Richelle Mead, então olhei na estante e me deparei com o volume 3 da série "A Mediadora". A pergunta que me fiz antes de iniciar foi: "O que a Suze vai aprontar dessa vez?" É incrível como a Meg conseguiu se superar nesse terceiro volume, acho que é o melhor livro da série até agora. Ok, toda resenha dessa série eu falo a mesma coisa. Eu gostei tanto, tanto, mais tanto que acabei terminando ele no mesmo dia. 

    A aventura da vez não envolve só um fantasma e sim quatro - Josh, Marc, Felícia e Carrie - conhecidos como "Anjos de RLS", os alunos mais populares da tradicional escola Robert Louis Stevenson que morreram em um acidente de carro. Porém, os quatro estão convencidos que não se trata de um acidente qualquer e sim de um assassinato, e agora não irão partir para o outro lado sem levar o responsável por suas mortes com eles: Michael Meduccina, o nerd da escola. 

    "Sobrevivendo" ao acidente, Meducci agora corre risco de vida, já que os "anjos de RLS" procuram vingança. Entra em ação Suze, que a todo custo quer mantê-lo a salvo dos fantasmas rebeldes, e para isso fingirá que está interessada amorosamente no nerd mesmo todo seu coração sendo do fantasma que ocupa seu quarto, Jesse. Para que essa jornada tenha êxito, Suze precisará descobrir tudo sobre a vida de Michael e manter os olhos nele o tempo inteiro. 

    E além disso, a Suze ainda tem que se preocupar com sua melhor amiga Gina de Nova York, que está na cidade. Gina é uma grande amiga, simpatizei muito com ela. Uma personagem forte e sincera. Todos na casa de Suze tentam fazê-la se sentir confortável e ver os esforços de Soneca e Dunga para serem legais (e por  que não conquistá-la?) foi muito engraçado. Quem não gostou muito disso foi a Suze, que ficou muito irritada em perceber que poderia estar acontecendo um envolvimento entre Gina e um dos seus meio-irmão. Ri muito com a convivência entre elas. 
    - Gi - falei com alguma surpresa - O que acha que eu sou? Uma amadora?
    - Não. Uma idiota.
    Ri. Achei realmente que ela estava apenas sendo engraçada. Só muito depois percebi que não havia nada de engraçado naquilo. Porque, por acaso, Gina estava cem por cento certa.
    Mas, como sempre, quem roubou a cena mesmo foi o Jesse e sua gentileza em sempre estar disposto a ajudar a Suze. Nesse livro sua participação na resolução do mistério dos "Anjos de RLS" foi muito maior, assim como o Padre D. Talvez seja por que a Suze amadureceu muito e deixou a teimosia de lado, recorrendo sempre a ajuda. Ela amadureceu muito quanto Mediadora, e esse é um aspecto positivo nos livros da Meg, as personagens sempre amadurecerão. 

    O aspecto negativo desse livro é que o envolvimento entre Jesse e Suzannah não amadurece em nada.  Será que é tão difícil assim acontecer algo entre esses dois? Um beijo? Esse relacionamento tem que sair do plano das ideias. Outro aspecto negativo, é que encontrei alguns erros de edição no livro (o que estranhei, já que os livros da Galera Record quase não vem com erros), mas nada que comprometa a leitura, vale a dica para melhorar na próxima edição. 

    De modo geral, o livro é divertido e mas não esperem uma história revolucionária. É uma história bem simples. RECOMENDO!




    Série "A Mediadora":
    3. Reunião
    4. A hora mais sombria
    5. Assombrado
    6. Crepúsculo