• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    O beijo das sombras - Richelle Mead

    Antes de ler a resenha é necessário saber:
    - Moroi: Sociedade de vampiros, não possuem a imortalidade. 
    Dampiros: meio vampiro, meio humano. São destinados a cuidar da segurança dos Moroi.
    Strigoi: Poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade. 





    "O sedutor romance de estreia de Richelle Mead une intrincados elementos de fantasia a um cenário contemporâneo, repleto dos temas típicos da juventudade e de um rico elenco de personagens." 



    Vi muitas resenhas negativas sobre este livro. E quando comprei fiquei com os dois pés atrás; já tinha lido outros livros e me decepcionado bastante. Detesto ir com toda força para cima de um livro e ele (plaf!) me decepcionar. 

    Quando "O Beijo das Sombras" chegou não resisti e comecei a ler no mesmo dia. Precisava realmente descobrir o que ele tinha de tão ruim para que um monte de gente falasse mal dele. E juro, ele não tem N-A-D-A de ruim. É um dos melhores livros sobrenaturais que já li, tanto que já o favoritei. 

    O começo pode até ser entediante, porque somos apresentados ao mundo completamente novo. É necessário alguns conceitos para não ficar perdido, mas não demora muito pra isso mudar. Logo depois das primeiras 50 páginas já estamos mergulhados no mundo mágico (e diferente) que a Richelle criou.

    O livro é narrado em primeira pessoa pela Rose Hathaway, que no início é meio patética, mas que ao longo do livro se mostra uma grande amiga, de coração enorme e que só deseja proteger a Lissa Dragomir, sua melhor amiga desde o jardim de infância, dos Strigoi. E depois do acidente que matou toda a família de Lissa, a ligação entre as duas ficou muito mais forte devido ao desenvolvimento de um laço especial e desconhecido entre elas.

    As duas amigas estudam na São Vladimir, uma escola especial para Dampiros e Moroi. Rose, por ser uma dampira, estuda para se tornar a guardiã de Lissa, que é a princesa de uma família real muito importante entre os Moroi. Para proteger a princesa e amiga, Rose não mede esforços e faz de tudo para mantê-la segura. É por isso que elas fogem da escola. Depois de 2 anos fugindo elas são resgatadas e levadas de volta para São Vladimir. A volta das duas não é nada fácil, pois estranhos acontecimentos começam a cercar Liss.

    "O Beijo das Sombras" é o primeiro livro da série "Academia de Vampiros" composta por 6 livros ao total. Amei a forma como a Richelle escreve: é simples e dotada de muito humor, tinha horas que eu me via rindo sozinha com as loucuras de Rose. É completamente diferente desses clichês que a gente vê por aí, porque Rose é determinada, é forte, é amiga sem deixar de ser adolescente também. 
    "Eu estava me apaixonando pelo meu instrutor. Estava me apaixonando pelo meu instrutor mais velho. Tinha idade para ser meu... bom, está certo, meu... nada. Mas, mesmo assim, era mais velho do que. Sete anos é muito. Ele já estava aprendendo a escrever quando eu nasci. Quando eu estava aprendendo a ler e a jogar os livros nos meus professores, ele provavelmente já estava beijando meninas. Muitas meninas, provavelmente, se levarmos em conta o quanto ele era bonito. Eu não precisava mesmo de uma complicação dessas naquela altura da minha vida."
    Este é um livro original e delicioso de se ler. Tenho certeza que quando você pegar não querer largar. E, além de tudo isso, possui um mistério unico e encantador, com um final tão surpreendente que nem os detetives mais sagazes poderiam deduzir. Depois que terminei o livro eu fiquei pensando: "Como eu não pensei nisso?"  

    Richelle dá uma nova face à literatura vampiresca com este romance: mais ácida, apimentada e inteligente do que nunca, a saga dos Moroi e seus guardiões surpreende pelas reviravoltas e pela ousadia desses cativantes personagens.