• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    O Leitor de Almas - Paul Harper



    Título original
    PACIFIC HEIGHTS
    Tradução: Renata Guerra
    Capa: Alessandra Kalko
    Páginas:232
    Formato:16.00 x 23.00 cm
     Preço: 24,90
    Instigante, misterioso e bem elaborado. Só com essas três palavras, consigo resumir as características do livro. Desde que li o primeiro capítulo, fiquei intrigada com a forma como o autor escreve e também curiosa com o que ia acontecer depois da suposta amante ter descoberto a "identidade" do seu parceiro.
    Sinopse*:
    Na aparentemente tranquila comunidade de Pacific Heights, Lore Cha e Elise Currin - esposas de dois poderosos e influentes empresários de San Francisco - estão tendo casos extraconjugais com o mesmo homem, o atraente ?. As regras dos encontros são sempre as mesmas: nomes verdadeiros e detalhes pessoais ficam fora do quarto.Mas, quando a psicanalista de Lore e Elise percebe que ? está invadindo seus arquivos e usando informações confidenciais, medos e fantasias das mulheres para manipulá-las, ela se dá conta de que o caso não é apenas uma grande coincidência, mas envolve um perigo fatal. A tarefa de capturar ? antes que seja tarde demais cabe a Marten Fane, um detetive conhecido pelo raciocínio perspicaz e pela absoluta discrição. Fane e sua equipe terão de agir rápido para frustrar os jogos psicológicos de ? e evitar que ele cometa o crime perfeito.A cada página virada, O leitor de almas tira uma dose de fôlego do leitor. Prepare-se para ser jogado de cabeça num mundo de viravoltas, decepções e falsas revelações.
    *Tirei o nome do assassino da sinopse, se não estraga a festa! rs 
    Sou apaixonada por livros de suspense desde que comecei a ler e durante muito tempo foi o meu gênero preferido. Aliás, passei minha adolescência lendo sobre assassinatos misteriosos e crimes, portanto, gosto muito quando os livros começam com a visão do assassino na história. É muito interessante saber o que se passa na mente de um criminoso e observar os motivos que o leva a praticar crimes violentos. Sejam eles advindos da piscopatia ou de uma simples desavença.

    O assassino da história não é um serial Killer, mas tem traços de psicopata. Não sou psicóloga, portanto não posso classificá-lo como doente. Entretanto, diante das atitudes mórbidas e sedutoras que tomou no livro com as mulheres, eu o classificaria como um assassino cruel e manipulador.

     Difícil falar sobre ele sem dar muita pista. O livro é bem redondinho e fechado. Se eu falar demais do assassino estrago a leitura de vocês! Nem o nome eu posso dizer, porque ele usa nomes falsos no livro. 
    O livro é escrito em 3ª pessoa, mas em cada capítulo podemos ver a história  se desenrolar atráves das atitudes dos personagens com foco no assassino e no detetive. Existem leituras que só descobrimos o assassino no final e muitas vezes ficamos sem entender o raciocínio do autor. Em O leitor de almas a teia da trama se desenrola de uma maneira bem cativante e inteligente. Só que não é um livro com muito suspense, é um livro mais dramático e com muitos conceitos de psicologia.

    O que achei mais interessante foi ver o “vilão” interpretar os pensamentos das mulheres  e usar isso como uma arma letal. Não posso contar mais, porém achei essa manipulação muito bem feita e bem criada. O trabalho de pesquisa do autor sobre a mente humana foi bem vasto. Muitas vezes cheguei a pensar que estava conversando com um psicólogo.

    Os personagens são interessantes, mas devo destacar Elise e Lore, que para mim foram as melhores. Não entendi muito bem vários de seus sentimentos e atitudes, mas isso se deve ao fato de que nunca fui perseguida por um cara maluco e por não viver na sociedade milionária delas. O detetive é inteligente, mas não é um personagem cativante.

    Gostei muito da história, mas senti falta de um pouco mais se suspense. O livro é mais uma questão psicológica misturada com a espionagem do que aquele suspense irritante, no qual você fica nervoso e angustiado tentando resolver as coisas e no final parece que seu mundo acabou, pois nada daquilo que você imaginou aconteceu.

    Recomendo a leitura! Quero ler outros livros do autor, pelo que vi ele escreveu este livro com o pseudônimo de Paul Happer, mas seu nome verdadeiro é David Lindsey.

    Ah, já ia me esquecendo, este livro foi publicado pelo novo selo da editora Companhia das letras : Paralela. Por enquanto, esse foi o primeiro livro do selo que li e gostei bastante. Espero que continuem na mesma linha de qualidade.


    Beijos,