• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Dália Azul - Nora Roberts- Trilogia das flores



    Terminei!Terminei! Nossa nem acredito que finalmente terminei de ler Dália Azul. Esse livro me consumiu de tal forma que eu não pude ler outros livros enquanto o lia. Botei na minha cabeça que queria ler Nora Roberts e só parei quando li a última página. Confesso que foi cansativo e a leitura bem lenta em várias partes. Gostei do livro, mas não foi o que esperava.

    Sinopse:Stella Rothchild tem compulsão por planejar tudo em sua vida, o que, segundo ela própria, a mantém longe de imprevistos. Quando se apaixona perdidamente, o leitor verá a luta dela para evitar ir contra tudo que sempre defendeu. O livro começa com a morte repentina do marido da protagonista e sua mudança, com os dois filhos, de Michigan para Memphis. Ela vai morar na misteriosa Harper House onde trabalhará como responsável pelo famoso e enorme viveiro de plantas. Na mansão centenária, mora a severa Roz Harper e também a assombração da Noiva Harper, que anda pelos corredores cantando canções de ninar. Depois de um período de luto, Stella reencontra a felicidade em sua nova casa e seu trabalho, e descobre em Roz uma ótima amiga. Quem também fará parte de sua vida é o designer Logan Kitridge, que ela odeia no primeiro momento, pois é a sua antítese: vive no caos, é impulsivo e não planeja o futuro. Com o tempo, a tensão torna-se admiração e amor. O único problema: a Noiva Harper não suporta a felicidade alheia. Dália Azul traz um mistério bem-elaborado, aliado a personagens que agradarão demais os leitores. Ao longo da trama, apenas pequenos detalhes da Noiva Harper são divulgados, deixando a história ainda mais instigante.

    Escolhi Dália Azul, porque queria ler um romance bonito e a capa deste livro é maravilhosa! Desde que o vi na livraria da Saraiva fiquei encantada. Comprei em uma liquidação do Walmart e passei Dália Azul na frente de todas as minhas leituras. Só que eu foquei tanto no livro que não consegui entrar no clima da história. Estou acostumada com livros juvenis em que as histórias são rápidas, com emoção, ação, romance perfeito e adrenalina. Dália Azul é para ser degustado lentamente e lido com muita paciência.

    Os personagens do livro são marcantes com personalidades fortes e já passaram por algum tipo de tragédia pessoal na vida. Pude ver o romance por uma outra visão. Um romance mais cruel e maduro. Aprendi muito a lidar com a dor da perda  e da morte de um grande amor. Stella perde o marido logo no inicio do livro e apesar de sofrer muito, mostra ao leitor como superar e ser feliz mesmo com as dificuldades de criar dois filhos viúva. Isso para mim foi a parte mais interessante da história pois, pude observar o comportamento da personagem e me imaginar na mesma situação, só que por ser tão realista a leitura muitas vezes ficou arrastada.

    Só uma ressalva, eu tenho 24 anos e para mim o romance foi um pouco diferente do que estou acostumada a ler e da minha realidade, mas gostei da forma como Nora descreve o ambiente, gostei dos personagens e do conjunto harmônico que eles formavam quando estavam juntos, gostei dos jardins, das cenas picantes e por fim gostei muito da maturidade do livro. As cenas picantes me surpreenderam de uma forma positiva.
    Consegui ler sem espanto e com naturalidade! \o/

    Foi uma experiência diferente que deu muito certo. Tenho vontade de ler outros livros dela, só que da próxima vez vou me preparar antes, pois fui preparada para um ritmo acelerado de leitura e encontrei dificuldade de me envolver emocionalmente com o livro. O enredo é muito lento, pois a história só começa a fazer sentindo nas últimas 50 páginas. Isso é que me decepcionou um pouco, pois acho que o fato de ser uma trilogia deixou o primeiro livro um pouco vazio de ação e cansativo.

    O mais bonito do livro é quando Stella, Roz , Logan e  Harper falam sobre as flores e nos mostram como montar um jardim e como cultivar certas plantas. Eles são tão apaixonados pela natureza que fiquei morrendo de vontade de montar um jardim em casa e viver no meio das flores todos os dias. Eu amo árvores, plantas, flores e fiquei com uma saudade do meu jardim. Que delícia!

    O livro tem o mistério da Noiva Harper como história paralela comum a todos. Em alguns momentos até fiquei com medo por conta do jeito que Stella descrevia a sensação de dormir com um fantasma ao lado de sua cama, mas entendi a situação e achei bem interessante.

    O primeiro livro foi focado na vida de Stella, o segundo terá  Roz como foco principal e o terceiro Harley. As três mulheres tem personalidades diferentes, porém são guerreias e batalhadoras, por isso acredito que cada flor represente uma dessas mulheres. A Stella tem sonhos constantes com Dálias Azuis e acredito que as outras tenham algo relacionado com as flores das capas de seus respectivos livros. Já dá até para ter uma ideia só lendo o primeiro livro.



    Recomendo a leitura e espero comentários! Quero saber o que acharam deste livro e se me recomendam outro livro da autora para eu tirar esse estigma de Rainha tartaruga da minha cabeça hauhaua

    Apesar de tudo vou sentir saudades do ambiente do livro. O clima é tão familiar e simpático! Ai, Ai....

    Beijinhos,