• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Dois dedos de prosa e um pastel : Lu Piras


    Olá, leitores!

    Hoje, eu tenho a honra de entrevistar uma autora que escreveu um dos livros que mais gostei este ano. Para quem não sabe Lu Piras é autora de Equinócio e de A última nota, livro que será lançado em Dezembro pela Novo Século em parceria com o escritor Felipe Colbert. Eu estou morta de curiosidade para ler este livro, mas enquanto não sai, vamos conhecer a Lu melhor ?





     Quadro: A ideia é entrevistar os autores sobre seus livros e personagens. Pretendemos perguntar tudo sobre a obra, os novos caminhos, como chegou à história. Enfim, divirtam-se com a prosa e escolham um pastelzinho por que esta entrevista vai pegar fogo! 
    Resenha de Equinócio


    Sinopse de A última Nota:
    Quando Alícia Mastropoulos se apresenta pela primeira vez como a principal violinista na Orquestra de sua Universidade, ela não tem ideia dos acontecimentos que este fato desencadeará. Decidida a tocar uma composição inédita deixada por seu falecido avô em vez da música programada, ela se emociona e erra a última nota, mas ninguém parece perceber. No dia seguinte, recebe a notícia que um jovem desconhecido é encontrado no coreto próximo ao local da apresentação e levado para um hospital. Quando acorda, ele não se lembra de nada, apenas chama pelo nome dela. Ele, o belo e misterioso rapaz de olhos azuis, é exatamente o que Alícia precisa evitar. Porém, a aproximação entre os dois se torna inevitável quando ela descobre que sua avó, Cecília, tomando conhecimento do caso, hospedou-o e ainda lhe deu o nome de Sebastian. Preocupada, Alícia pede que sua avó o afaste de casa, antes que a situação traga problemas para sua família e para o seu namoro com Theo. Percebendo a relutância da avó e incomodada com a proximidade cada vez maior de Sebastian, Alícia decide apressar o noivado com Theo, para a satisfação de seus pais, que veem com bons olhos um casamento entre duas famílias tradicionais gregas. Só que, aos poucos, ela começa a descobrir uma intensa atração pelo rapaz desconhecido, que a levará a entender, enfim, o mistério que o envolve, a resgatar histórias do passado e a tomar importantes decisões para o futuro.

    Cardápio da entrevistada

    Nome: Lu Piras
    Site: www.lupiras.com
    Profissão: Advogada
    Hobbies: Ler, ler e ler
    Um livro: A Última Nota
    Um filme: Cidade dos Anjos
    Uma música: Everything I do, I do It For You (Bryan Adams)
    Pastel preferido: Queijo

    1. Equinócio traz questões científicas bem interessantes no enredo. Como foi o processo de pesquisa do livro?
    Antes de começar a escrever Equinócio, fiz uma pesquisa sobre literatura de anjos nas livrarias brasileiras. Infelizmente encontrei pouca coisa que pudesse realmente me auxiliar a embasar alguns fatos de angelologia. Uma das minhas melhores aquisições foi um livro chamado “A Física dos Anjos”. Foi muito útil, pois me ajudou a encontrar na ciência, explicação para os fenômenos relacionados aos anjos e sua manifestação . Na Amazon que encontrei várias enciclopédias sobre o tema que me ajudaram a compor os personagens de Malkuth (o reino dos anjos, em Equinócio).  

    2. Você escreveu o livro em apenas alguns meses. Como foi o processo de escrita e o isolamento para colocar todas as ideias no papel?
    Eu costumo brincar dizendo que fui inspirada pelos anjos, pois não encontro uma explicação para ter me isolado em casa, dia e noite, para escrever e somente escrever essa série. Eu deixei totalmente de lado a minha vida social e me dediquei exclusivamente aos personagens de Equinócio. O que foi muito prazeroso. Eu escrevia a qualquer hora, sempre que uma ideia surgia, todos os dias. Em especial nas madrugadas, quando o silêncio era extremamente inspirador e eu podia ouvir melhor meus pensamentos e os diálogos dos personagens na minha cabeça. Mesmo quando não estava em casa, eu não me separava da história. Até para a faculdade eu levava o notebook para escrever nos intervalos das aulas. 

    3. O que a Clara tem de Lu Piras e o que Lu Piras tem de Clara?
    A Clara e a Lu se parecem, principalmente, no relacionamento com a família e com os amigos. A Lu transmitiu valores à Clara e a Clara transmitiu serenidade à Lu. Elas são o complemento uma da outra, eu diria. 

    4. Se você tivesse que escolher um personagem para dar uns puxões de orelha, qual seria?
    Eu puxaria a orelha do Marcus. O Marcus é muito indeciso sobre o lado que deve ficar. Ele não toma partido, vai na onda do irmão, Rodrigo. 

    5. O que mudou em sua vida depois do lançamento de Equinócio?
    Mudou muita coisa, em especial, o tempo que passei a dedicar à literatura. A divulgação do livro consome muito tempo. Nos eventos, conheci muitas pessoas, fiz muitas amizades. Aprendi a administrar melhor meu tempo para poder dar a atenção que meus leitores merecem. Precisei interromper alguns projetos e hoje estou traçando novos. Enfim, Equinócio mudou o rumo da minha vida.

    Beijinhos,