• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    O Segredo de Emma Corrigan - Sophie Kinsella - Record




    Comprei esse livro em uma promoção da Submarino e depositei várias expectativas nele, depois que li algumas resenhas na blogosfera. Logo na primeira página, encotrei a lista dos segredos de Emma e me apaixonei pela escrita da Sophie. Acho que era o livro que faltava para eu acrescentar Sophie Kinsella a minha lista top de autoras perfeitas. Aquelas autoras que me deixam concentrada e focada no livro por horas. Faça chuva,sol, sono, fome, qualquer coisa pode acontecer, mas eu não largo os livros da Sophie por nada nesse mundo.
    Sinopse:
    Emma é uma inglesa perto dos 30 anos, mas longe de uma definição na vida. Na memória ela guarda situações ultraconfidenciais: como perdeu a virgindade enquanto os pais assistiam Ben-Hur na sala de TV, o que pensa sobre o namorado, as peças que prega nos colegas de escritório, seu peso real. Emma vai a Glascow participar da reunião de marketing de seu serviço. O que parecia uma grande oportunidade profissional se transforma num pesadelo. Como se não bastasse ter derramado a bebida num superior, seu vôo de volta para casa quase cai.( Cortei a sinopse p deixar um suspense! hahaha)
    Toda história boa, tem uma personagem com características fortes e marcantes por trás. A nossa querida Emma é uma americana como outra qualquer, uma simples garota, porém com uma dose de sinceridade exagerada em situações traumáticas. Em uma viagem de avião de 1ª classe, Emma conta toda a sua intimidade secreta para um desconhecido cavalheiro na hora de uma turbulência horrorosa. Coitada! Ela achou que ia morrer e contou até o tamanho dos seios! O homem na hora não deu muita importância, mas depois...

    O jogo sensual e amoroso entre Jack e  Emma é muito cativante e instigante! Não consegui parar de ler até eles ficarem juntos para valer. Eu queria ver onde isso tudo ia acabar e fiquei muito satisfeita. A autora terminou de uma forma romântica, mas não muito melosa. Arrisco a dizer até um pouco realista, pois não acredito mais nas mocinhas americanas que conseguem tudo fácil. Se bem que Emma ralou um bocado até aprender o que é o amor e a se valorizar.

    Emma tem muitos problemas com a família e isso prejudicou muito sua autoestima, a deixando vulnerável perante sua prima Kerry, que é aquela mulher nojenta e invejosa que todo mundo tem vontade de matar. Achei a construção dessa personagem boa e queria tê-la visto perturbando mais a vida de Emma. Eu gosto de muuuuito sofrimento antes do final feliz hahaha

    A capa é linda, mas a Emma parece uma velha de 40 anos naquela bola de cristal. No livro  ela é uma executiva determinada a ser promovida, mas achei a imagem estranha. Cismei! Recomendo a leitura! O chick lit é maravilhoso e eu gostaria muito de ver o filme desse livro. Pelo que soube compraram os direitos, mas não filmara nada! Uma pena! Jack sem dúvida seria um dos melhores personagens masculinos já feitos.

    Beijinhos,