• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Movie Day: Magic Mike




    Lembro que esse filme foi muito aguardado por todas as blogueiras, que não sabiam falar de outra coisa no twittere/ou facebook. Eu aguardava o lançamento por dois motivos: 1. Channing Tatum se tornou um dos meus atores preferidos depois de “Querido John” e “Ela dança, eu danço”. 2. O drama foi inspirado em sua vida antes de se tornar ator. Tive a oportunidade de assistir ao filme esse fim de semana e o resumo em uma única palavra: FRACO. Bom, vou explicar tudo.

    Mike é um daqueles operários que eu adoraria ver todos os dias: bonito, sexy e charmoso. Durante o dia constrói casas e a noite realiza os desejos de muitas mulheres em uma boate de stripper. Um dia ele conhece o jovem e perdido Adam, resolve ajudá-lo, o inserido no grupo de stripper. Muito rapidamente, Adam se torna mais confiante, e aquela menino perdido do começo da história deixa o dinheiro subir a cabeça e passa a consumir drogas e dormir com todo tipo de mulher. No meio disso tudo tem a irmã de Brooke que não tem sentido nenhum na história, mas que Mike passa a se interessar. O que era pra ser um romance, na verdade é a coisa mais superficial que já vi, não tem desenvolvimento nenhum durante o filme e quando a gente pensa que a coisa vai pra frente o filme acaba.

    Magic Mike se resume a isso: enredo fraco, uma história que não tem nada com nada e não acrescenta em nada. Até o romance, que poderia ser algo trabalho na história acabou ficando de escanteio e o que se tornou foco no filme foram os homens bonitos que tiram a roupa. OK. Isso pode conquistar todas as mulheres (de 16 a 90 anos), mas para mim não é assim que se constrói uma história. Esse filme não tem sabor de novidade, não tem gosto de quero mais, na realidade tem sabor de decepção.