• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    O Plano Perfeito - Sidney Sheldon

    Editora: Record. 
    Páginas: 306 
    Ano de Lançamento: 1999


    Duas pessoas igualmente obstinadas em rota de colisão. Uma, o governador do Kentucky, Oliver Russell. Um homem com planos de conquistar a Casa Branca. A outra, a bela e ambiciosa Leslie Stewart. Uma mulher determinada a vê-lo perder tudo. Em breve, os dois descobrirão que mesmo os planos mais perfeitos podem dar errado. E com consequências mortais. Nesse livro Sheldon introduz o leitor no universo de duas das mais poderosas instituições: a política e a imprensa.

    Sidney Sheldon se tornou um dos meus autores preferidos por influencia do meu pai, que é fã e me ensinou a gostar. Passei a ficar fascinada por tudo dele, tanto que estou comprando aos poucos dos os livros dele já publicados no Brasil. Todos os livros que li dele receberam cinco estrelinhas, até que então li “O Plano Perfeito” e me decepcionei POR COMPLETO com o final. Aliás, fui me decepcionando gradativamente. O livro começa muito muito bem, e me envolvi na leitura inicialmente. Só que ao longo do livro a história foi se perdendo muito, e a Leslie que era par ser a personagem principal deu seu lugar para outra personagem que não tem muito haver com a história. Confesso que fiquei um tanto confusa e ao final quando me deparei com o desfecho da história não pude evitar tamanha decepção.

    Este livro tinha tudo para ser inesquecível, incrível, perfeito porque tem como cenário principal pessoas influentes e tudo que elas são capazes de fazer para chegar ao poder. O mais interessante de tudo isso é a história demonstra isso com muita realidade, uma característica marcante da escrita de Sheldon. A personagem principal, Leslie Stewart é uma daquelas personagens que eu adoro, demonstra ingenuidade, mas com o tempo solta toda sua fúria e não deixa passar em branco o que o seu ex-noivo, Oliver Russell, a fez, e com toda a força vai atrás de sua vingança. 

    Não sei por que, mas ainda que Sheldon tenha colocado todos os seus principais elementos na história: romance, suspense e mistério, o livro não me agradou, não pretendo algum dia reler e com certeza ficará na minha estante como a lembrança de que até meus autores preferidos são capazes de me decepcionar. Infelizmente. 

    Apenas recomendo este livro aqueles que são fãs de Sheldon e querem ler todos os seus livros. Os demais, não percam seu tempo, Sheldon possui obras melhores para serem apreciadas. 

    “As pessoas que dirigem o país o transformaram numa ação entre amigos. Estão mais preocupadas com elas próprias do que com o povo.”