• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Movie Day: Espelho, Espelho meu.

    Segundo colocado da enquete realizada no blog.


    SINOPSE: Após a morte do rei (Sean Bean), sua esposa (Julia Roberts) assume o comando do reino. Extremamente vaidosa, ela passa a cobrar cada vez mais impostos para sustentar uma vida de opulência. Ao mesmo tempo mantém presa em seu quarto a enteada, Branca de Neve (Lily Collins). Ao completar 18 anos, Branca de Neve resolve sair do castelo e conhecer a realidade do reino. Horrorizada com a situação de fome e miséria do povo, ela retorna decidida a derrubar a rainha.

    Esqueçam aquela Branca de Neve que vocês conheceram quando crianças. A Branca de Neve da vez é cômica, decidida e corajosa. Digo, corajosa porque não é todo mundo que tem coragem de ficar morando com aqueles anões, eles são feios e assustadores, eu com certeza acordaria de noite assustada ao percebê-los perto de mim. Além disso, a coragem dela é tanta para enfrentar (a Julia Roberts sempre será para mim uma linda mulher), a rainha que é comicamente má. Eu acho que nunca amei tanto uma vilã como amei nesse filme. Achei a atuação da Julia ótima, ela estava linda (como sempre) e muito muito engraçada! As cenas delas com o príncipe foram as melhores... 


    A interpretação da Lily Collins não foi lá essas coisas, ela possui uma limitação de interpretação. A sua personagem tem suas virtudes: decidida e corajosa, mas a Lily não é uma boa atriz, e isso está claro no filme. 

    O filme é uma gostosa surpresa, dando uma nova vida àquele velho conto de fadas, cheio de efeitos especiais e com um figurino de dar inveja, afinal não foi à toa que foi indicado em 2013 ao Oscar de Melhor de Figurino. É bom lembrar, que apesar de ser uma readaptação do conto de fadas "Branca de Neve e os sete anões", o filme não deixa de lado alguns elementos da história original, ou seja, ele não perde totalmente a sua essência.

    Tenho certeza que esse filme será figurinha garantida na Sessão da Tarde. É um filme gostoso, mas que não devemos esperar MUITA coisa... é apenas aquela comédia para um domingo a tarde, que mostra outra versão da Branca de Neve.