• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Espero alguém - Fabrício Carpinejar - Bertrand Editora




    Fabrício Carpinejar é um dos autores nacionais que mais gosto. Não só por suas palavras, mas também por sua coragem e estilo. Encontrei ele na Bienal de Sp, vestido de rosa dos pés a cabeça e virei fã. Foi por isso que mergulhei com tudo na leitura de seu novo livro de crônicas: Espero alguém. Ri, gargalhei, concordei, senti vontade de chorar e refleti várias vezes. Esse é um livro para muitos rabiscos e quotes inesquecíveis. Leia com um lápis na mão e com o coração livre.

     O livro é dividido em 7 partes que vão mostrar ao leitor, através das crônicas, como o narrador sobrevive ao amor conjugal, a separação, a situações familiares delicadas, e ao amor em geral. Foi muito interessante ler sobre questões que às vezes passam batidas em nossas vidas e não nos damos conta do que realmente é importante. Tais como, a dolorosa separação. Nós sabemos que terminar um namoro é muito ruim, mas ver o sofrimento do narrador de uma forma tão real é muito diferente. Eu me identifiquei várias vezes e enxerguei coisas já esquecidas.

    As crônicas tem o poder de mostrar para o leitor uma visão mais real e menos fantasiada, por isso gostei muito do livro. Carpinejar é poético, ácido, romântico, certo, errado, diferente, completo, incompleto. Ele é tudo e mais um pouco e às vezes é nada e menos nada. Ele praticamente abre seu coração para o leitor e mostra tudo aquilo que sentiu, tudo que viveu e ainda dá lições de moral. É um professor dos sentimentos.


    “Amar a si próprio é esse movimento: não se resignar, não se conformar com o que foi feito, não mergulhar na repetição desanimada dos dias: olhar cada lembrança de frente e ver se ainda queima. Olhar cada palavra de frente e ver se ainda queima. Olhar cada atitude de frente e ver se ainda queima. E incendiar a nossa vida na vida do outro” PP. 63


    Amar é estar vivo. Que quote maravilhoso! Aliás, rabisquei o livro todo e separei um monte de quotes legais. A crônica que mais gostei foi a “A paixão acontece”. Nesta crônica ele compara o amor com a paixão e chega à conclusão de que a paixão é um pouco azarada. Não falarei mais nada. Compre o livro e se apaixone pela escrita de Carpinejar.

    Outro ponto forte do livro foi o modo como as crônicas foram organizadas e escritas. Elas não são extensas e como isso não cansam o leitor. Elas não falam do mesmo assunto, apesar de terem a mesma temática, então não enjoa. E por fim, o livro é feito com um papel mais simples, o que o faz ficar mais leve e de fácil transporte.

    Recomendo a leitura! Fabrício Carpinejar é sensacional! Para terminar só mais um quote! :)
     

    “A paixão é egoísta, o amor é generoso./ A paixão é renúncia, o amor é recomeço./ A paixão arrebenta, o amor adapta./ A paixão é confinamento, o amor é abrigo.” PP. 71


    Beijinhos,