• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    #Eu, meu cachorro e meus pais separados - Letícia Sardenberg



     
    Sinopse:
    Fazer quinze anos não é o mesmo que atingir a maioridade – óbvio –, mas, de certa forma, alcancei um pouco mais de autonomia em minha vida. (Traduzindo: minha mãe não consegue mais se meter tanto no que eu faço ou deixo de fazer; ela acabou perdendo um pouco do seu poder sobre mim e isso já é a glória). Eu sei que ainda não conquistei a minha tão sonhada liberdade, mas digamos que subi um degrau em sua direção. É assim que começa a história de Eu, meu cachorro e meus pais separados, um texto bem humorado e sensível, que traduz o pensamento de muitos jovens que se veem na mesma situação de Ariane, que um dia resolve ir morar na casa do pai, com direito a nova esposa esperando um bebê. Ela e Rufus, seu fiel companheiro de quatro patas. Quer saber o que vai acontecer com Ariane e Rufus? Quer descobrir como seus pais fizeram para lidar com essa situação e como é complicado crescer? Embarque nessa deliciosa história e divirta-se!

    Antes de começar a falar do livro eu preciso falar da capa. Que arte mais linda! Eu amei o projeto gráfico do livro e todos os detalhes. A editora fez dois cores de capas, uma verde e outra rosa e cada uma tem um emotion diferente. Ideia espetacular! Dá gosto de ler um livro tão bonito e feito com capricho.

    As ilustrações internas também estão muito bonitas e bem feitas. Elas são todas em azul e branco cercada de emotions que expressam o que a personagem está sentindo no momento. Eu me senti em um diário virtual e gostei muito do efeito do conjunto da obra.

     O livro é infantil- juvenil e a história além de muito fofa tem vários momentos sérios. Achei muito interessante a forma como Letícia abordou as questões familiares que evolvem a nova família do pai e o irmão mais novo. Ela tocou em assuntos bem delicados com sutileza e me fez refletir bastante. Adoro livros que nos fazem pensar sobre assuntos que não são do nosso cotidiano, mas que um dia podem ser.

    “Aquele abraço foi um abraço carregado de emoção, o melhor que recebi de meu pai, desde que me entendo por gente. Vou me lembrar para sempre” pp.88


    Omg! Que quote mais fofo! A Ariane ama muito o pai e vai passar por momentos de estresse com a madrasta, que no inicio irrita um pouco mais depois passamos a compreendê-la e a amá-la. Eu pelo menos gostei de todos os personagens e achei o livro muito bom.

    A Letícia Sardenberg é uma autora nacional e tem outro livro publicado. O Minissaia, futebol e batom também é muito divertido e foi lançado ano passado. Recomendo a leitura mil vezes e vou guardar o livro em um lugar especial, porque ele é realmente muito bonito.
    Beijinhos,