• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Em casa para o natal - Cally Taylor - Bertrand Brasil

    Sinopse: Ela tem a vida quase perfeita. Seu único desgosto é nunca ter ouvido as três palavras mágicas: eu amo você. Assim como em seu primeiro livro, O céu vai ter que esperar!, Cally Taylor, no divertido Em casa para o Natal, une com maestria romance e comédia, mas, desta vez, com uma diferença: na época mais especial do ano, o Natal. Quando lançado na Grã-Bretanha, fez enorme sucesso, figurando nas principais listas de mais vendidos.
    Beth Prince sempre adorou contos de fadas e acredita que está prestes a viver um final feliz: tem o emprego dos sonhos em um charmoso cinema independente e um namorado maravilhoso chamado Aiden. Ela faz parte de um grupo privilegiado de pessoas que trabalha com o que ama, e o entusiasmo pelos filmes intensifica a busca por seu próprio “felizes para sempre”. Só há um problema: nenhum homem jamais declarou seu amor por ela. E, apesar de acreditar que Aiden é o príncipe encantado, a protagonista desconfia de que ele tem medo de dizer “eu amo você”. Desesperada para escutar essas palavras mágicas pela primeira vez, ela resolve assumir as rédeas do destino — e acaba se arrependendo. Com Em Casa Para o Natal, Cally Taylor brinda o leitor com uma deliciosa comédia romântica que tem como pano de fundo o espetacular universo do cinema e os tempos festivos do Natal.





    Ai, ai! Como é bom ler um Chick lit depois um tempo lendo histórias tensas e de vampiros. Me senti no paraíso com a escrita de Cally Taylor. Sou sua fã desde o seu primeiro romance “O céu vai ter que esperar” agora então, estou completamente apaixonada. Muito bom, mesmo!  Isso sem falar na capa do livro que é linda e tem gliter na neve. Maravilhosa! Fiquei com vontade de pendurar no quarto e não tirar mais! A Bertrand está fazendo um trabalho muito bom de capas ultimamente. Parabéns a editora!

    Em casa para o natal é um daqueles livros que você pega para ler só o primeiro capítulo e acaba lendo tudo em apenas algumas horas. Depois fica sentindo falta dos personagens e lembrando-se de cada cena que te fez sorrir ou morrer de raiva. Beth Prince é uma personagem maravilhosa e superinteressante.  Não é mimada, não é virgem santa, não é chata, nem cheia de mimimi. Ela é normal e como toda mulher, sofre por amor, ou melhor, por falar “eu te amo” na hora errada. Dei boas gargalhadas com suas peripécias e torci por ela desde a primeira página.

    Aliás, o livro é narrado em capítulos intercalados de Beth Prince e Matt Jones que não tem uma experiência muito boa com ex-namoradas malucas e ciumentas. Fiquei com vontade de pular no pescoço de sua “ex” várias vezes, mas me controlei. Hahaha 

     Os dois são desajeitados, esquisitos e fofos. Cally pegou uma história clichê e usou toda a sua criatividade para torná-la interessante. É isso que mais gosto na escritora. Essa capacidade de tornar algo comum em envolvente.

    A história não para enquanto os dois narram e nós ficamos ansiosos esperando o momento em que ambos vão perceber que estão apaixonados um pelo outro. A versão de Matt é bem interessante, porque dá para ver que ele não é um “mocinho” perfeito. Ele é chato e tem os seus defeitos por isso é tão especial. Beth e Matt me encantaram desde os primeiros capítulos e eu tenho certeza que vão encantar vocês. Cada um com o seu jeitinho irritante e apaixonante de ser.

    Coloquem Em casa para o natal na lista de prioridades e aproveitem o Natal para pedir de presente para papai Noel. É uma boa leitura para o dia 25/12. Tenho certeza que vocês vão ler enquanto comem as sobras da ceia do Natal e vão se divertir muito!
    Recomendo o livro, agradeço a editora pela prova e pelo livro e gostaria de pedir para que publiquem mais livros da autora. São muito bons! Ela é uma Diva e merece todo destaque do mundo!
     

    Beijinhos,