• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Todos nós adorávamos caubóis - Carol Bensimon- Companhia das letras


    Sinopse:
    Cora e Julia não se falam há alguns anos. A intensa relação do tempo da faculdade acabou de uma maneira estranha, com a partida repentina de Julia para Montreal. Cora, pouco depois, matricula-se em um curso de moda em Paris. Em uma noite de inverno do hemisfério norte, as duas retomam contato e decidem se reencontrar em sua terra natal, o extremo sul do Brasil, para enfim realizarem uma viagem de carro há muito planejada. Nas colônias italianas da serra, na paisagem desolada do pampa, em uma cidade-fantasma no coração do Rio Grande do Sul, o convívio das duas garotas vai se enredando a seu passado em comum e seus conflitos particulares: enquanto Cora precisa lidar com o fato de que seu pai, casado com uma mulher muito mais jovem, vai ter um segundo filho, Julia anda às voltas com um ex-namorado americano e um trauma de infância.
    Todos nós adorávamos caubóis é uma road novel de um tipo peculiar; as personagens vagam como forasteiras na própria terra onde nasceram, tentando compreender sua identidade. Narrada pela bela e deslocada Cora, essa viagem ganha contornos de sarcasmo, pós-feminismo e drama. É uma jornada que acontece para frente e para trás, entre lembranças dos anos 1990, fragmentos da vida em Paris e a promessa de liberdade que as vastas paisagens do sul do país trazem. Um western cuja heroína usa botas Doc Martens.












    Livro exótico, intrínseco e único. Escolhi esse livro para ler porque queria conhecer a escrita da Carol Bensimon que é considerada uma das melhores escritoras jovens do país pela Revista Granta. A autora não me decepcionou e me deixou tensa diversas vezes. Não sei o porquê, mas vi semelhanças na escrita do Daniel Galera, outro autor muito bom. Deve ser porque ambos escrevem sobre o Rio Grande do Sul.

    O livro conta a história de duas jovens que decidem viajar juntas pelo interior do Rio Grande do Sul, mas as protagonistas são muito mais do que amigas. É nessa parte que fica interessante, eu fiquei curiosa para saber como é um relacionamento homossexual, principalmente, quando uma das partes é bissexual e tem um namorado. Achei interessante o modo como a autora descreveu o sentimento das duas, principalmente de Cora que é a narradora da história. Podemos ver o seu sofrimento por não ser aceita pela parceira no começo e como ela vai amadurecendo e percebendo detalhes desconhecidos de sua vida.

    Gostei da história, mas é bem regionalista. Achei curioso conhecer um pouco mais sobre o RS, porém não é aquele livro que você lê em um dia. É o tipo de livro reflexão, só que não tanto quanto um clássico. Eu diria que Carol escreve na medida certa. Nem muito monótono, nem muito tedioso. Cora tem algumas sacadas irônicas e Julia é bem misteriosa. Vale a pena ler para conhecer um pouco mais dos autores nacionais premiados e também para refletir sobre esse tipo de literatura mais densa.

    Um fato bem curioso foi o amor das duas personagens. As cenas de sexo e de carinho foram escritas com delicadeza e romantismo. A autora não quis dar destaque ao sexo, mas chega um momento que o leitor fica esperando para ver como é e como a Julia irá reagir já que não aceita muito bem o fato de gostar de outra mulher.


    Assista o booktrailer: http://www.youtube.com/watch?v=FHqGhTVGMqk


    Beijinhos,