• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Amante eterno - J.R. Ward - Universo dos livros


     Sinopse: Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade screta, sem igual, formada por seis vampiros defençores de sua raça. Possuído por uma besta letal, Rhage é o membro mais perigoso da Irmandade da Adaga Negra.Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja libertado, convertendo-o num perigo para todos à sua volta. Mary Luce, uma sobrevivente de muitas adversidades, entra de maneira involuntária no universo dos vampiros, contando apenas com a proteção de Rhage. Concentrada em combater sua própria maldição, potencialmente mortal, Mary não está buscando o amor e perdeu sua fé em milagres tempos atrás. Mas quando a intensa atração animal de Rhage se transforma em algo mais emocional, ele sabe que Mary precisa ser sua e de mais ninguém. E enquanto os inimigos fecham o cerco, Mary luta desesperadamente para alcançar a vida eterna com aquele que ama...



    Este é o segundo livro da aclamada série de vampiros, a Irmandade da Adaga Negra. Ele traz a história de Rhage, um guerreiro que luta contra redutores em prol da raça, e Mary, uma humana com problemas de saúde (câncer), que nada sabe sobre esse mundo, embora viva ao lado de uma vampira civil, Bella.
    Rhage é um guerreiro forte e incrivelmente belo, tão belo, que foi apelidado de Hollywood por seus Irmãos. Porém essa beleza não esconde a brutalidade dele, nem sua força descomunal, o que o faz ser incrível no campo de batalha. Isso e sua maldição – a besta – que o torna invencível contra os redutores.

    Devido a essa besta – uma maldição da Virgem escriba (divindade dos vampiros) – Rhage tem sérios problemas de controle, e para conseguir tal feito, ele se empenha muito em estar esgotado, seja por brigas ou sexo, o que não falta na vida dele. Porém isso muda ao conhecer Mary, a humana com a voz que tem o poder de acalmá-lo só de ouvi-la. Ele fica instantaneamente hipnotizado por Mary e não consegue pensar em outra coisa que não seja a voz dela.

    Mary é uma mulher com câncer, que se sente insegura após tantos anos de tratamento e que prefere ficar sozinha nessa fase de sua vida. Tendo visto sua mãe definhar por causa da doença, não quer que Rhage, ou qualquer um, tenha de passar pelo que ela passou tendo que acompanhar sua mãe. Sendo assim, tenta se afastar desse belo guerreiro, mesmo que em seu íntimo, saiba que ele é único na vida dela. Enquanto isso, Rhage tenta protegê-la dele mesmo, pois sabe que qualquer deslize de sua parte pode por Mary em perigo. O problema é que ela já não pode viver sem ela.

    Esse volume nos traz uma história linda e emocionante. Com não menos cenas de ação e guerra, mas com um pouco mais de emoção. Sentimos na pele o desespero de Rhage por Mary, e seu amor, que o faz desistir de tudo por ela. Confesso que me emocionei com o final do livro, e olha que não sou daquelas marias choronas.

    Nesse livro, J.R.Ward nos trouxe uma narrativa mais dinâmica do que no primeiro livro, nos possibilitando conhecer mais dos outros personagens e criando um gancho maior para os próximos livros, já que ficamos cada vez mais curiosos para saber o que acontecerá com os outros personagens que participam da história. Apesar dessa mudança, a escrita continua viciante e envolvente.

    Um desses personagens que é introduzido no livro é John Matthew, um vampiro em pré-transição mudo, responsável por introduzir Mary nesse mundo sombrio dos vampiros, e que encontra sua primeira família nesse mundo. E também Bella, a civil amiga de Mary que não esconde seu fascínio por Zadsist, um guerreiro selvagem e cruel, que não tem medo de mostrar seu lado mau. A interação desses dois últimos me deixou ansiosa pelo próximo volume, que traz a história deles, e foi um dos pontos altos desse livro.

    A série continua maravilhosa, e não decepcionou em nada as minhas expectativas. Pra quem já leu o primeiro livro, eu mais que recomendo continuarem a ler a série.

    Beijos,

    Larissa Gaigher

    0 Comentários :

    Postar um comentário