• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Para Sempre - Kim e Krickitt Carpenter - Novo Conceito






    Sinopse: A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.

    Normalmente eu não teria dado cinco estrelas a esse livro, não é um livro do tipo que eu costumo gostar, e ele nunca tinha me chamado a atenção, mas ganhei e decidi lê-lo. E confesso que me surpreendi e muito com esse livro. O fato de a história ser verdadeira e ser narrada por pessoas que realmente viveram a história me tocou de uma maneira que eu não podia imaginar. Em cada linha que li eu pude perceber como Kim se sentiu nessa situação, senti a angústia dele e me emocionei demais com o livro.

    Entendam, eu não sou muito "mulherzinha", não me emociono com livros ao ponto de chorar. A única exceção foi com o livro Um dia, e O diário de uma paixão, e mesmo assim não foi um rio de lágrimas. Mas com esse livro, parece que fiquei o livro inteiro com lágrima nos olhos e com o coração apertado por esses dois. Não consigo nem descrever o que eu senti/sinto ao terminar o livro.

    A história narra a vida de Kim e Krickitt Carpenter. Eles se conheceram por telefone, e, encantado com a voz de Krickitt, Kim não parou de ligar. Eles passaram muito tempo assim, se conhecendo por telefone e cartas até que decidiram que estava na hora de se conhecerem pessoalmente.

    Desde o início, quando se conheceram, Krickitt deixa claro sua fé em Deus, seu núcleo religioso é muito forte, e sua vida toda é baseada na sua fé. Não tem nada demais no livro sobre a religião em si, apenas mostra a importância que isso tem para os protagonistas.

    Conforme eles se conheceram mais, e após algumas viagens pra se conhecerem melhor pessoalmente os dois decidem que querem começar um relacionamento e após alguns meses, Kim pede a mão de Krickitt em casamento. Essa parte é toda bem rápida, o foco da história se dá depois de tudo isso, quando, após 10 semanas de casados, Kim e Krickitt sofrem um acidente de carro, onde Krickitt é a que sai mais comprometida.

    Logo que sai do coma e começa a recuperar as funções básicas, descobrimos que Krickitt perdeu uma parte de sua memória, e não qualquer parte. Foi justamente todo o período em que conheceu, namorou e casou com Kim que se perde.

    A partir desse ponto acompanhamos a angústia e o desespero de Kim ao saber que sua esposa não se lembra dele e não aparenta ter qualquer sentimento em relação a ele. Acompanhamos todo o seu conflito emocional, porque embora ele fique feliz com todo o avanço na recuperação de Krickitt, fica ao mesmo tempo magoado que ela não se lembre de sua vida de casada e tenha frequentemente ataques de fúria direcionados a ele, e muitas vezes diz coisas que o magoam profundamente.

    O que mais me tocou na história deles dois foi que em momento algum Kim quis se separar dela. Mesmo com toda dificuldade, com todo desespero que estava sentindo, ele sempre esteve lá apoiando ela. E mesmo que o pensamento de ela nunca voltar a se lembrar dele passasse por sua cabeça, ele insistia em ajuda-la e permanecer junto com ela.

    Eu sinceramente não sei se conseguiria aguentar tudo isso, em várias partes pensei "cara, porque ele não simplesmente desiste". É realmente uma história de vida a que esse livro passa. Fiquei impressionada e profundamente emocionada com esse livro. A forma como eles conseguiram reconstruir a vida deles, apesar de tudo me fez pensar em tudo que nós desistimos assim tão fácil, e não são nem sequer metade dos problemas que eles passaram.

    Super recomendo o livro, ele tem uma mensagem linda. Apesar de ser um livro bem rápido (apenas 144 páginas) ele tem muita história e muita coisa que vale a pena ler.

    PS: Desculpem pelo tamanho da resenha, mas eu realmente não consegui não escrever muito sobre esse livro, rs.

    Beijos,

    Larissa Gaigher