• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Adeus à Inocência - Drusilla Campbell - Novo Conceito

    Adeus à Inocência
    Madora tinha 17 anos quando Willis a “;resgatou”;. Distante da família e dos amigos, eles fugiram juntos e, por cinco anos, viveram sozinhos, em quase total isolamento, no meio do deserto da Califórnia. Até que ele sequestrou e aprisionou uma adolescente, não muito diferente do que Madora mesmo era, há alguns anos... Então, quando todas as crenças e esperanças de Madora pareciam sem sentido — e o pavor de estar vivendo ao lado de um maníaco começava a fazê-la acordar —, Django, um garoto solitário, que não tinha mais nada a perder depois da morte trágica de seus pais, entrou em sua vida para trazê-la de volta à realidade. Quem sabe, juntos, Django, Madora e seu cachorro Foo consigam vislumbrar alguma cor por trás do vasto deserto que ajudou a apagar suas vidas?


    Drusilla Campbell
    Editora: Novo Conceito
    ISBN: 9788581632766
    Ano de publicação: 2014
    Número de páginas: 272




    Em um primeiro momento somos apresentados ao passado difícil de Madora e o seu atual relacionamento com Willis. Tudo parece muito bem entre os dois, mas conforme as páginas se passam é possível notar o surgimentos de comportamentos estranhos tanto de Madora, com sua submissão cega e dependência emocional, bem como a agressividade de Willis.

    Em outro núcleo do livro nós conhecemos o Django, um garoto de 12 nos que ficou órfão recentemente e teve que ir morar com a tia Robin em Arroyo. A história de Madora e Django começa a se mesclar quando Willis é entrevistado por Robin para cuidar de sua mãe que irá se operar e Django se revolta ao ver que o homem prendeu um cachorro dentro do carro em meio a um calor de 40º.

    Depois que se conhecem, Madora e Django formam uma estranha amizade. Os dois estão passando por momentos de mudança e incerteza. Madora está começando a enxergar verdadeiramente o homem que um dia considerou anjo e a questionar suas atitudes, enquanto Django tenta aceitar a perda de seus pais e de sua vida em Los Angeles.

    Quando decidi ler Adeus à inocência não esperava um livro tão denso. Algumas partes como os acontecimentos narrados pelo ponto de vista de Willis eram os mais chocantes, principalmente a maneira como ele justificava seus atos horrendos como uma espécie de boa ação. Não sei se a autora fez alguma pesquisa para compor o personagem, mas ela conseguiu me impressionar em algumas passagens.

    Adeus à Inocência é um livro que trata de assuntos como a síndrome de Estolcomo e a sociopatia. Ao mesmo tempo em que é uma história que fala de superação e sobre como sobreviver a traumas que parecem incuráveis de uma maneira bastante realista.



    Abraços,

     Denise Rodrigues