• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    O Julgamento de Gabriel - Sylvain Reynard - Arqueiro

    Sinopse: Eles estão vivendo uma paixão arrebatadora. Mas muitas pessoas são contra esse amor. Gabriel Emerson e Julia Mitchell se conheceram há muito tempo, quando ela ainda era adolescente, numa noite mágica e confusa. Mas, apesar de todo o sentimento que nasceu entre eles, no dia seguinte seus caminhos se separaram. Anos depois eles se reencontraram quando Julia começou o mestrado na Universidade de Toronto. Gabriel era um professor enigmático, sedutor e muito arrogante que a atormentava e perseguia. No entanto, o que mais fazia Julia sofrer era ele não se lembrar dela. Mas nem mesmo o insensível Gabriel é capaz de resistir à profunda conexão que existe entre eles e logo os dois embarcam numa tórrida paixão proibida. Com o fim do semestre e do curso ministrado por Gabriel, eles deixam de ser professor e aluna e enfim estão livres para viver seu amor. Ou pelo menos era o que pensavam. Após uma viagem romântica para a Itália, durante a qual Gabriel ensina a Julia todos os mistérios do prazer e, em troca, aprende com ela o significado do amor verdadeiro, os dois veem seus sonhos ameaçados. Duas denúncias junto ao Comitê Disciplinar da Universidade põem em risco o emprego de Gabriel e a carreira brilhante e promissora de Julia. Será que o professor vai ceder às ameaças ou irá lutar até o fim por sua amada? Será que essa paixão conseguirá resistir a um julgamento implacável? Na apaixonante sequência de “O inferno de Gabriel”, Sylvain Reynard constrói uma bela história de amor, da qual os leitores jamais se esquecerão. 


    O livro se inicia exatamente quando o primeiro livro, O inferno de Gabriel, termina: com Gabriel e Julia na Itália, onde ele a introduz na arte do prazer e eles vivem uma espécie de lua de mel romântica, longe de qualquer coisa que pudesse atrapalhar o laço recém formado entre eles.

    Durante essa romântica viajem o casal está mais do que feliz, e vivem em uma atmosfera de amor que parece impossível de quebrar, não desgrudam um do outro. Assim que voltam para sua rotina - Gabriel dando aula e Julia na faculdade - eles tem um baque e tanto: duas denúncias foram feitas contra eles. Duas denúncias que poderiam arruinar seu relacionamento e vida profissional. 

    O casal passa então por diversas dificuldades com a possessividade de Gabriel em relação a Paul, as insegurança de Julia, a interferência de Paulina e Natalie, e ainda a vingança de Christa, entre outras. Não faltaram obstáculos para Julia e Gabriel enfrentarem. As denúncias pesam sobre eles e a vida profissional de ambos corre risco, o que leva Gabriel a tomar certas decisões que afetam os dois de diversas maneiras, nenhuma das quais Julia gostou.

    Essa parte (até o livro em geral) se torna um pouco cansativa por ficar sempre na mesmice, principalmente a questão da baixa auto-estima de Julia que nunca acha que é boa o suficiente para Gabriel. A crise que o casal sofre não me convenceu muito também, ao ponto de me irritar diversas vezes. Mas não achei ruim, a narrativa continua tão boa que você lê o livro avidamente mesmo com esse empecilhos da história. 

    E para uma mudança a narrativa mostra também o ponto de vista de personagens secundários como Paul, Paulina e Christa, o que nos possibilita entendê-los um pouco e gostar ou repudiá-los como no meu caso. (Me julguem, simplesmente não gosto do Paul - ô cara inconveniente e chato!)

    No geral eu gostei muito do livro. Acho que ele cumpriu seu objetivo e o casal conseguiu evoluir de certa maneira. E se eu tive problemas com a história, a narrativa compensou. A escrita é tão boa que não consegui largar o livro. As referências culturais a Dante e Beatrice continuam, e confesso que essa é uma das coisas que mais me atrai nessa trilogia. 

    Acredito que o terceiro e último livro será "ou dá ou desce". Ou a história vai melhorar incrivelmente, e será um final bombástico, ou continuará na mesmice desse livro e será no máximo aceitável. Eu sinceramente espero que o casal amadureça um pouco, principalmente a Julia. 

    Beijos,
    Lari Gaigher