• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Tipo Destino - Susane Colasanti



    Editora: Novo Conceito
    Edição: 1ª / 2013
    ISBN: 9788581632612
    Nº de Pág.: 288

    Sinopse:


    Lani e Erin são melhores amigas, embora não tenham muito a ver uma com a outra. Lani é uma taurina tranquila e Erin é a impetuosa leonina. Uma adora Astrologia (e outras artes adivinhatórias também) e ficar em casa; a outra gosta de pessoas e baladas. Suas preferências — incluindo pizzas e meninos — são bastante diferentes, ou eram, até que Erin começou a namorar Jason. Assim que Lani conheceu o namorado de Erin, sentiu uma enorme conexão com ele. Uma sensação de que já se conheciam a vida toda. E, apesar de acreditar que ele sentia o mesmo, ela sempre soube que Jason estava fora de cogitação, afinal, ele era quem ele era! Ela decidiu ignorar seus sentimentos. Não importava o quanto quisesse ficar perto de Jason, nada a demoveria da ideia de se manter distante dele. Então, Erin viajou durante todo o verão…


    Tipo Destino estava na minha lista já fazia algum tempo, mas confesso que deixei outros livros passarem por ele. Culpada! õ/ Porém, decidi tirar a poeira do pobrezinho e finalmente concluí a leitura. Este é o primeiro livro que leio da Colasanti e me diverti bastante com a história de Lani e suas desventuras. A garota está no segundo ano e tem uma história e tanto com sua melhor amiga. Erin a salvara na infância, após um terrível acidente de carro envolvendo ambas e a mãe de Erin. Deste então, as garotas são inseparáveis e aventuram-se estudando sobre o Destino (Numerologia, Astrologia e afins).

    Como a capa é bem sugestiva, o drama ocorre devido a um triângulo amoroso, mas que é totalmente obra do destino (daí o título), ou seja, iria acontecer de um jeito ou de outro. O problema é que a melhor amiga de Lani está empolgadíssima com seu novo-namorado-quase-ex-que-também-será-cunhado-inimigo-número-um-o-pior-dos-seres-traidor e por aí vai. Alguém entendeu alguma coisa? Hahahahahah Juro que não é nada complicado, tenho certeza que as garotas vão compreender. Mulheres parecem difíceis de desvendar, porém somos mega simples.

    Ouvi um: “Verdade”? Acho que sim. Continuando sobre o livro... A escrita é muito simples, fluida e deveras cativante. Não temos uma super trama, pelo contrário, é um texto super direto e muito comum. Não existe no mundo uma garota que não passe por um drama escolar, ou que já tenha se apaixonado por alguém que (teoricamente) não poderia ter. Então, estamos bem familiarizadas com o tema. O humor da autora também ganha pontos, pois deixa essa parte da carga emocional mais leve.

    AMEI a parte em que ela preocupou-se em abordar um assunto tão importante (pra mim e, felizmente, pra meio mundo) quanto à conservação do planeta: a preocupação com o meio ambiente, o cuidado aos animais, a poluição e etc. Eu, uma quase bióloga (estou me formando, amém), me rendi assim que li  que a personagem era uma “abraçadora de árvores”. Hahahahahaha Ri demais da expressão e já adotei. <3

    Colasanti foi muito feliz com suas escolhas, pois seus livros costumam atingir um público mais jovem-adulto e usar disso como artificio para conscientização é incrível. Não me importo se os outros livros dela não forem tão bons, mas só por isso já sou mega fã da autora e adorei este livro (apesar de já estar chegando na casa dos 30).

    Abraços,
    Sabrina Castro