• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Julieta - Anne Fortier - Arqueiro

    Sinopse: Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena. Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos – um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando. O diário conta uma história trágica: há mais de 600 anos, dois jovens amantes, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, morreram vítimas do ódio irreconciliável entre os Tolomei e os Salimbeni. Desde então, uma terrível maldição persegue essas duas famílias. E, levando-se em conta a linhagem e o nome de batismo de Julie, ela provavelmente é a próxima vítima. Tentando quebrar a maldição, ela começa a explorar a cidade e a se relacionar com os sienenses. À medida que se aproxima da verdade, sua vida corre cada vez mais perigo. Instigante, repleto de romance, suspense e reviravoltas, Julieta – livro de estreia de Anne Fortier – nos leva a uma deliciosa viagem a duas Sienas: a de 1340 e a de hoje. É a história de uma lenda de mais de 600 anos que atravessou os séculos e foi imortalizada por Shakespeare. Mas é também a história de uma mulher moderna, que descobre suas origens, sua identidade e um sentimento devastador e completamente novo para ela: o amor.

    Meu amor por esse livro foi a primeira vista! Tenho a primeira versão, com a capa antiga que na minha opinião é muito mais bonita e foi a que fez eu me apaixonar de cara pelo livro. Assim que sinopse minha suspeita de que eu amaria o livro só aumentou (tenho uma queda pela história de Romeu e Julieta), e fiquei com expectativas enormes, mas tenho prazer em admitir que nenhuma delas foi decepcionada. Amei o livro, e ele inclusive me surpreendeu algumas vezes.

    Julieta nos traz a história de Julie, ou melhor, Giulietta Tolomei, como descobrimos ser seu verdadeiro nome. Ela se mudou da Itália para os Estados Unidos com 3 anos, junto com sua irmã gêmea, Janice (ou Gianozza), após seus pais morrerem em um acidente de carro. Julie, ou Giulietta, sempre foi muito tímida e introvertida, e devido a essa personalidade sempre viveu à margem da irmâ gêmea, que é extrovertida, divertida e arrogante.

    Quando sua tia morre, Julie fica surpresa ao descobrir que a mansão foi deixada de herança para Janice, e ela, foi deixada de lado com apenas uma carta que dizia seu verdadeiro nome e lhe instruía a ir para Siena, na Itália,  atrás de um tesouro que supostamente sua mãe havia deixado para trás. Sem rumo e sem nada a perder, Julie parte em busca desse tesouro, um tanto valioso: Os olhos de Julieta.

    A narrativa nos leva junto com Julie nessa aventura em busca desse tesouro perdido, onde Julie se envolve em muitos perigos e acaba fazendo descobertas impressionantes quanto à verdadeira história de Romeu e Julieta. No livro, somos apresentados a uma versão totalmente nova a essa história Shakespeariana, e ao mesmo tempo em que Julie vai descobrindo sua história e de sua família Tolomei, vamos redescobrindo a "verdadeira" história de Romeu e Julieta.

    E claro, se há uma Giulietta, deve haver também um Romeo! Como era de se esperar em uma história baseada em Romeu e Julieta, temos um romance de um casal onde suas famílias se odeiam desde os primórdios, porém, as coisas não são mais assim tão primitivas, e a mãe de Alessandro - da família "inimiga" Salimbeni - faz de tudo para conciliar essas duas famílias através de Julie e Alessandro.

    O livro é maravilhoso de se ler, a narrativa é rica em detalhes da história, e por ser baseada em fatos históricos dá uma sensação de realidade a ela. Anne Fortier soube lidar muito bem com a diferença de narrativa entre a história mais "moderna" da nova Giulietta e Romeo, e a original passada em 1340.  Os personagens são muito cativantes e não tem como não se envolver e não amar o romance de Julie e Alessandro.

    Adorei o modo como a autora desenvolveu a história, e amei a escrita dela, é simplesmente perfeita, e me sinto muito chateada de não ter encontrado nenhum outro livro dela, porque amei mesmo. Recomendo muito a história, porque além de ser um ótimo romance e relpleto de aventura e um certo suspense por conta dos mistérios que aos poucos vão sendo desvendados. Ah, e não poderia haver desfecho melhor pra história do que o que teve, fechou com chave de ouro! O livro está recomendadíssimo!

    PS: Essa resenha pode ser encontrada (com algumas alterações) no Clube da meia noite, mas é de minha
    completa autoria.

    Ah! Olhem a capa antiga como é muito mais bonita:


    Beijos,
    Lari Gaigher