• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Na Ilha - Tracey Garvis Graves - Intrínseca


    Sinopse: Anna Emerson é uma professora de inglês de 30 anos desesperada por aventura. Cansada do inverno rigoroso de Chicago e de seu relacionamento que não evolui, ela agarra a oportunidade de passar o verão em uma ilha tropical dando aulas particulares para um adolescente. T.J. Callahan não quer ir a lugar algum. Aos 16 anos e com um câncer em remissão, tudo o que ele quer é uma vida normal de novo. Mas seus pais insistem em que ele passe o verão nas Maldivas colocando em dia as aulas que perdeu na escola. Anna e T.J. embarcam rumo à casa de veraneio dos Callahan e, enquanto sobrevoam as 1.200 ilhas das Maldivas, o impensável acontece. O avião cai nas águas infestadas de tubarão do arquipélago. Eles conseguem chegar a uma praia, mas logo descobrem que estão presos em uma ilha desabitada. De início, tudo o que importa é sobreviver. Mas, à medida que os dias se tornam semanas, e então meses, Anna começa a se perguntar se seu maior desafio não será ter de conviver com um garoto que aos poucos torna-se homem.

    Na Ilha é um daqueles livros que você não espera muita coisa e a sinopse não é daquelas que te faz ficar sedento pelo livro, mas que ao começar a ler nos surpreendemos com o quão envolvente é o livro e não conseguimos parar de ler.

    A história é narrada ora por Anna, ora por T.J. Anna é uma professora de 30 anos que já aproveitou muito da vida e está numa fase que quer estabilidade pra viver a vida tranquilamente. Para dar um tempo em seu relacionamento que não parece ir a lugar algum ela decide passar o verão nas Maldivas dando aula para T.J. Ele é um "menino" de 16 anos que apesar de tão jovem, por ter vivido tanta coisa em tão pouco tempo tem uma maturidade que a maioria dos jovens de sua idade não tem.

    Durante a viagem o piloto sofre um ataque cardíaco e o avião cai em pleno arquipélago das Maldivas. De repente são apenas T.J  e Anna numa ilha completamente desabitada sem possibilidade de contato com qualquer um em terra. Por si só essa já é uma situação um tanto desesperadora, mas ainda começar a ter sentimentos a mais um pelo outro torna tudo mais difícil.

    A autora conseguiu me surpreender muito ao conseguir me passar a sensação de realidade da situação e ao mesmo tempo a de que tudo isso é impossível. Ela mostra todas as dificuldades que eles passaram em todos aqueles anos sozinhos na ilha. Imagine você de repente ter que "caçar" a própria comida, tomar banho no mar e improvisar um lugar pra dormir? Pois é, foi muito difícil para os dois conviver com isso e aprender a sobreviver em meio a "selva".

    E ainda a forma como a autora mostrou o desenvolvimento de T.J, a maneira como ele passa de um adolescente a um homem e como a relação dele com Anna passa de platônia a romântica foi muito bem descrita. Tudo me pareceu muito verossímil, e de início pensei que me causaria repulsão uma relação entre os dois (afinal tem 14 anos de diferença entre eles), mas a autora levou a história de uma forma que tudo se tornou compreensível.

    Porém mesmo o relacionamento deles é difícil, pois por mais que queiram ficar juntos e se amem é complicado por estarem em fases tão diferentes da vida. Enfim, deu pra entender a situação em que eles se encontravam né? (se eu falar mais daqui a pouco dou um spoiler daqueles! rsrs).

    O livro me pegou de jeito, me surpreendi com a história que a autora criou e com seu modo envolvente de narrar que não me deixou largar o livro por um segundo. É uma história leve, mas ao mesmo tempo eletrizante. Os personagens são muito bem construídos! Cada um com sua personalidade me encantou do seu jeito. Só tenho elogios desse livro e recomendo a todos que o leiam, é ótimo!

    Beijos,
    Lari Gaigher