• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Quotes Cativantes: Abra e Descubra

    Oi gente, essa semana tá sendo a semana do recomeço, recomecei a coluna do Tudo em Família (podem ver o post aqui) e vou recomeçar a fazer o Quotes Cativantes. Vou esclarecer primeiro que vou fazer dois tipos de Quotes Cativantes. Um deles é quando eu ler um livro muito bom, que tenha muitos quotes interessantes vou fazer um post citando alguns deles pra vocês terem uma ideia sobre o livro.

    O segundo tipo vai ser como esse aqui (Abra e Descubra) e acontece da seguinte maneira:

    Escolha um livro que você nunca leu, mas tem vontade de ler e abra em qualquer página. Leia tudo e selecione o quote mais interessante da página. Só tenha cuidado para não abrir em uma página no final e descobrir como a história termina. A intenção é incentivar você a pegar o livro esquecido e deixar com que o quote te conquiste para que você passe o livro na frente de outros na sua fila de espera. 

    Só que como gosto de fazer as coisas diferentes, vou pegar dois livros e fazer isso pra decidir entre eles qual vou ler. Então, vamos começar. 

    Escolhi dois livros que estou enrolando pra ler. Todos dois eu tenho muita curiosidade pra ler, mas muito medo de me decepcionar, e um deles eu tenho há muuuito tempo mas não li até agora por medo. Eles são A culpa é das estrelas e O chamado do Cuco. 


    O primeiro quote vai ser de A culpa é das estrelas da página 74:

    "And he said - Mom?
    - Oh, no. Sorry. No, it's, um, Hazel. Um. Support Group Hazel? Night-of-the-broken-trophies Hazel?
    -Oh - He said. - Yeah, people keep saying my other senses will improve to compensate, but CLEARLY NOT YET. Hi, Support Group Hazel. Come over here so I can examine your face with my hands and see deeper into your soul than a sighted person ever could."

    Gostei bastante do quote, achei bem humorado, diferente do que eu achei que seria o livro, então me sinto mais inclinada a lê-lo, porque detesto drama e amo livros bem humorados haha. Vou colocar abaixo o quote traduzido:
    "E ele disse - Mãe?
    - Ah, não. Desculpe. Não, é, um, Hazel. Um, Hazel do Grupo de Apoio? Noite-dos-troféus-quebrados Hazel?
    - Oh - Ele disse. - Yeah, as pessoas continuam dizendo que meus outros sentidos vão se apurar pra compensar, mas CLARAMENTE AINDA NÃO. Oi, Hazel do Grupo de Apoio. Venha aqui então eu posso examinar seu rosto com minhas mãos e ver mais profundo em sua alma do que uma pessoa com visão jamais poderia."

    Só pra constar fui eu que traduzi esse trecho e bem, eu sou boa em entender mas péssima em traduzir literalmente, mas acho que deu pra entender, e quem já leu tenho certeza que deve estar diferente, mas foi o que eu pude fazer, haha.

    O segundo quote vai ser (obviamente) de O chamado do Cuco, página 66:

    "O que lamentamos é a imagem física que flutua por uma multiplicidade de tabloides e revistas de celebridades; uma imagem que nos vende roupas, bolsas e uma ideia de fama que, em sua morte, provou-se vazia e transitória como uma bolha de sabão. O que realmente nos faz falta, se formos honestas o suficiente para admitir, são as travessuras divertidas dessa garota de boa vida e fina como papel, de cuja existência de quadrinhos marcada por abuso de drogas, vida tumultuada, roupas elegantes e namorado perigoso e errante não podemos mais desfrutar."
    Achei esse quote mais profundo, mais pra reflexão, mas também gostei. Só acho que é um livro pra ler mais devagar, apreciar cada capítulo e refletir sobre a história. A culpa é das Estrelas acho que é mais pra entretenimento e seria uma leitura mais rápida, divertida. Bem, não sei eu não li ainda né, haha. Se alguém leu aí, pode se pronunciar haha.

    Então, é isso. Espero que tenham gostado das quotes, que quem não leu tenha ficado com vontade de ler (assim como eu) e quem já leu, bem, falem aí o que acharam dos livros. Acho que vou ler os dois juntos assim que terminar minhas leituras atuais. Sim, acho que vou ler os dois ao mesmo tempo, fiquei curiosa agora, haaha.

    Beijos,
    Lari Gaigher