• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    {Resenha} Quero Ser Beth Levitt - Samanta Holtz - Novo Século


    Quero ser Beth LevittAmelie Wood perdeu os pais aos doze anos e, desde então, vive em um abrigo de meninas. Com a chegada do seu décimo oitavo aniversário, ela vive agora o temido e esperado momento de deixar o lugar que a acolheu por toda a adolescência para enfrentar o mundo em busca dos seus sonhos. Seu bem mais precioso é o velho exemplar do romance que sua mãe lia para ela, na infância. "Doce Acaso" contava a história de Beth Levitt, uma jovem que, como ela, amava o balé e tinha a vida transformada ao conhecer o príncipe Edward. Amie suspira ao reler incansavelmente aquelas páginas, imaginando quando o príncipe da vida real baterá em sua porta... Por isso, ao soprar as velas, não tem dúvida quanto ao seu pedido: "Quero ser Beth Levitt!". Através de grandes coincidências e uma trajetória que ela jamais imaginaria, Amie se vê, de repente, no fascinante mundo do cinema, cara a cara com o príncipe mais lindo que sonharia encontrar e lutando para se esquivar da maldade de muita gente invejosa, contando, para isso, com sua melhor arma: um coração puro.



    Que leitor nunca desejou poder viver como protagonista de seu livro favorito? Em Quero ser Beth Levitt é justamente isso que acontece.

    Amelie Wood é uma garota que teve a vida marcada por várias tragédias. Morando em um orfanato desde que sua mãe faleceu, ela sempre sonhou em viver uma história como a de Beth Levitt, a protagonista do seu livro favorito, Doce Acaso. E foi através de várias coincidências e muita sorte que Amie conseguiu realizar o sonho de sua vida.

    Com 18 anos recém-completados Amie teve que sair do orfanato e buscar sua independência. Na procura por um emprego eis que ela é abordada por um olheiro que a indica para o teste de uma campanha publicitária. Chegando à agência as coisas não ocorrem conforme o script e Amie acaba participando de um teste para escalação do que seria a adaptação cinematográfica do livro Doce Acaso, com direito a cenas com seu ator favorito, Chris Martin.

    Bom, Amelie, como a própria sinopse informa, é uma garota de coração puro. E quanta pureza, bondade e otimismo essa garota tem! Sempre procurando enxergar o melhor do próximo. Além de toda essa meiguice, Amie é bonita e muito talentosa, o que acaba por atrair as pessoas, tanto as de boa índole quantos as de má.

    O livro trás um romance muito bonito e bem trabalhado. A construção dele acontece aos poucos, através de trocas de olhares, gestos simples e muita conversa, o que, na minha humilde opinião, se encontra em falta nos livros atuais. Outra coisa que me chamou atenção é a leveza que embala todo o livro e faz com que até as situações mais delicadas percam o peso que elas poderiam ter.

    Quero ser Beth Levitt é um livro um tanto grande, mas nem por isso enfadonho. Esse foi o primeiro livro que eu li da Samanta e ela me causou uma ótima primeira impressão.  Através de uma narrativa envolvente e com riqueza de detalhes a autora me fez colocar um óculos cor-de-rosa e sonhar com príncipes e finais felizes junto com a Amelie.


    “Quando você tem um sonho, nenhum medo ou obstáculo pode ser maior que ele - falou com a voz firme. — Vencer depende de você, e de mais ninguém. Então levante a cabeça e lute, em vez de se esconder do mundo!” 


    É isso, pessoal. *suspiros*

    Abraços e até mais!