• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Tudo em família: Os Lightwood

    Bom dia queridos leitores! A família escolhida de hoje é de uma série que faz bastante sucesso e que apesar de eu não ter me animado muito no início, ela conseguiu me conquistar: Os instrumentos mortais. Tenho um carinho especial pelos Lightwood e por isso eles foram os escolhidos pra essa coluna.

    Bem, a família é formada por cinco pessoas - considerando os laços consanguíneos: Robert, Maryse, Alec, Isabelle e Max. Eu particularmente - e acredito que todo mundo - considero o Jace parte da família Lightwood, no final de tudo eles que são a família dele, apesar de não terem o mesmo sangue, por isso vou considerá-lo também para esse post. E que fique claro que essas informações são do início da série, algumas coisas mudaram daí pro final mas como não quero dar spoiler coloquei os fatos que nos são apresentados inicialmente.

    Robert Lightwood é quem está a frente do Instituto de Nova York. Após a Acensão, em que ele estava junto ao Ciclo e à Valentim foi exilado de seu país e sentenciado a cuidar do Instituto de Nova York. Pouco aparece nos livros mas pelo que se sabe é um pai muito protetor e eu diria rígido já que Alec morre de medo de se assumir sexualmente pra ele.

    Maryse Lightwood é esposa de Robert e junto com ele comanda o Instituto de Nova York. Ela também esteve envolvida com o Ciclo e com Valentim e por isso foi exilada de Idris. Ela é muito severa com os filhos, principalmente após ter se decepcionado com Valentim. Nos livros é descrita como a cópia de Isabelle, são muito parecidas fisicamente e seria dela que Isabelle puxou o lado mais valente.




    Isabelle Lightwood é a filha do meio dos Lightwood. É uma caçadora de sombras rebelde e valente. Está sempre se metendo com criaturas do submundo, inclusive quando o assunto é interesses amorosos. Ela é muito corajosa e protetora quanto a seus irmãos, não mede esforços para defendê-los. Tem uma personalidade muito forte e é também muito bonita, descrita por Clary como o tipo de garota que todas as mulheres teriam inveja.





    Alec Lightwood é o mais velho dos irmãos. Ele é muito sério e mais "na dele". Ao contrário de Jace tenta sempre ser racional e pensar antes de agir, o que o torna seu perfeito Parabatai. Ele é muito carinhoso com a família e quer sempre protegê-los. Durante a maior parte da série Alec está lutando contra sua sexualidade, não querendo assumir que é gay e por isso está sempre meio tenso.

    Max Lightwood é o mais novo dos irmãos. É bem introspectivo e tem aquele jeito meio nerd. Adora mangás e apesar de não aparecer muito nos livros e por pouco tempo ele é um personagem cativante. 






    Jace Lightwood é o filho adotivo de Robert e Maryse. Coloquei seu sobrenome como Lightwood também porque apesar de tudo no fundo ele não deixa de ser um Lightwood. Foi adotado por eles desde que sei pai foi morto aos 10 anos de idade. Desde pequeno Jace parecia imbatível, forte e habilidoso como ninguém. Cresceu com uma aura de sarcasmo e frieza em volta dele para esconder o que realmente sente no interior. Durante a maior parte dos livros ele está em conflito consigo mesmo e com quem ele realmente é. Por ser muito bonito e charmoso chama a atenção de muitas garotas, inclusive Clary.


    E essa é a família Lightwood. Gosto muito deles e da relação que mantém entre si e com Jace que mesmo não tendo o mesmo sangue que eles, o tratam como seu irmão/filho de verdade. Apesar de eu ter tido uma leve antipatia por Maryse no final de tudo eu até a compreendi. 

    Bem, espero que tenham gostado no post, e se quiserem dar sugestões de família para os próximos posts estou aceitando (:

    Beijos,
    Lari Gaigher