• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    {Resenha} Os doze guardiões da Luz - Luiz Henrique Batista - Novo Século








    Sinopse: Ambientado num mundo de fantasia, "Os Doze Guardiões da Luz" narra as histórias de heróis imortais que encarnam os doze signos do Zodíaco. Séculos após a grande guerra, que expulsou a Escuridão dos reinos do oeste, o povo e os heróis parecem ter se esquecido da ameaça que reside lá fora, além da fronteira das terras da Luz com os países da neblina. Alheios ao alcance dos tentáculos do inimigo, os Guardiões são pegos de surpresa quando a ameaça vem não de fora, mas de dentro do reino, justamente daqueles em quem mais confiavam: eles próprios.

    Fantástico! Não tem palavra melhor pra descrever esse livro. O autor descreve as cenas de uma maneira que nos transporta pra história, e ele conseguiu desenvolver um enredo que nos deixa de queixo caído com todos os detalhes, todas as criaturas, todo o cenário e todo o desenvolvimento dos personagens criados.

    Sobre a história não tem muito mais que eu possa dizer que a sinopse não tenha dito. Narrado em terceira pessoa, Os doze guardiões da luz traz a história dos doze guerreiros do Zodíaco, cada um encarnando um signo. Com suas personalidades e habilidades diferentes esses guerreiros tem como "missão" proteger o mundo de Gaia da escuridão, derrotada por eles mesmo há séculos atrás.

    Tudo está muito bem, até que no meio da celebração do festival da primavera o caos se instala. Uma criatura - um troll - invade o castelo, coisa que não deveria acontecer, e no meio da confusão um das partes de Gêmeos é sequestrada. Isso mesmo, o guardião Gêmeos são dois em um, dois corpos com uma alma. Só pra constar eu gostei muito de Gêmeos (eu sou geminiana e me identifiquei com o pouco que li sobre ele), mas achei uma pena ele não ser tão explorado na história como os outros. Assim como Libra.

    A partir daí a confusão é completa. Áries e Peixes, que são os que mais são explorados nesse livro, vão atrás da outra metade de Gêmeos e pelo caminho encontram Sagitário que a partir daí se junta a eles nessa jornada.

    Durante a jornada que se inicia então nos deparamos com vários obstáculos, e ao mesmo tempo conhecemos outros guardiões e um pouco de suas histórias, e a história do mundo de Gaia. Uma das coisas que me agradou muito nesse livro é o modo como o autor deixa os personagens mais humanos (apesar de tecnicamente eles não serem), com defeitos, medos, amores impossíveis (muito fofos os casais que se formam), ódios, intrigas, mentiras e tudo mais.

    A narrativa do livro também é sensacional, Luiz não poupa a descrição dos detalhes, mas faz isso de uma maneira tão boa que o livro não fica denso de maneira alguma. Apesar de ter uma narrativa, digamos, medieval, toda trabalhada, o livro tem uma leitura simples e rápida. Aliás eu gostei muito dessa pegada medieval que ele deu no livro, adoro essa coisa de castelos, armaduras, espadas e tudo mais. Achei que encaixou muito bem na história,

    Outra coisa muito interessante é a personalidade dos guardiões e a questão de serem ligados aos signos. Não conheço muito sobre signos, mas percebi um pouco deles nas personalidades dos guardiões, e achei isso bem legal. Nos faz identificar com os personagens ainda mais. 

    O livro é completamente sensacional, pra quem gosta desse estilo, de aventuras, batalhas e algumas reviravoltas com certeza vai amar o livro do Luiz, que foi muito bem escrito e pensado, a história é incrível! Super recomendo a leitura!

    Beijos,
    Lari Gaigher