• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    O sangue do Olimpo - Rick Riordan



    Sinopse: No desfecho da série Os heróis do Olimpo, os tripulantes gregos e romanos do Argo II têm feito progresso em suas constantes missões, mas ainda não estão nem perto de vencer a sanguinária Mãe Terra, Gaia. Os gigantes estão de volta mais fortes do que nunca , e os semideuses precisam impedi-los antes da Festa de Spes, momento em que Gaia planeja despertar, derramando o sangue do Olimpo. Para piorar, visões frequentes da terrível batalha no Acampamento Meio-Sangue assombram os sete semideuses. A legião romana do Acampamento Júpiter, comandada por Octavian, está se aproximando das fronteiras do acampamento grego. Por mais que seja tentador usar a Atena Partenos como arma secreta contra os gigantes, eles sabem que a estátua é necessária em Long Island, onde talvez consiga impedir uma guerra entre os acampamentos. A Atena Partenos irá para o oeste, enquanto o Argo II segue para o leste. Os deuses, ainda sofrendo com a dupla personalidade, não podem ajudar. Como os jovens conseguirão vencer sozinhos um exército de gigantes? A viagem para Atenas é perigosa, mas não há outra opção. Eles já sacrificaram muito para chegar onde estão. E se Gaia despertar, será o fim.

    Como esse é o último livro da série Heróis do Olimpo eu estava mais que ansiosa pra ler e saber qual o desfecho que Rick Riordan ia dar pros personagens que eu mais amo e confesso que apesar de ter amado demais eu esperava algo mais pra o final de tudo.

    Após conseguirem fechar as portas da morte e garantir que os monstros que matassem realmente fossem mortos, os sete semideuses da profecia ainda tinham muito a que enfrentar. Faltando cerca de um mês para o despertar de Gaia, a mãe da terra, Percy, Anabeth, Piper, Jason, Leo, Frank e Hazel ainda teriam que arrumar uma maneira de impedir os gigantes de despertá-la, procurando ajuda em muitos lugares dos quais os deuses deram-lhes dicas e orientações de ir, e, caso não conseguissem impedir sua ascensão, arrumar uma maneira para que ela pudesse ser destruída.

    Havia ainda o problema da Atena Partenos (que é uma estátua de 12 m de altura, diga-se de passagem) que teria que ser transportada por meio mundo de volta ao acampamento meio sangue. Nico, Hedge e Reyna ficaram a cargo dessa missão, e ao longo dela enfrentaram muitos problemas com monstros, espíritos, gigantes e etc., como todo semideus em uma missão.

    No geral o livro trás mais do mesmo: os semideuses que tem um caminho a percorrer pra impedir a destruição do mundo e ao longo dele, muitos problemas relacionados a deuses, poções mágicas, monstros e as forças de Gaia tentando impedi-los. As batalhas continuam épicas, com um pouco mais de colaboração de outros semideuses que eram coadjuvantes nos outros livros.

    Assim como em A casa de Hades, houve um maior foco em todos os semideuses, uma participação maior deles nas batalhas, mostrando sua importância para o desfecho final de tudo. Porém, para um final de saga, eu esperava um pouco mais de drama, tragédias e coisas afins. Esperava que alguns deles sofressem pelo menos uma quase morte, e não que as coisas se resolvessem do nada, como aconteceu com o ferimento fatal de Jason. (Que fique claro que isso não aconteceu no livro todo, só em algumas poucas cenas).

    Também vale ressaltar a rixa entre os Romanos e gregos e a guerra que estava para estourar entre eles. Ao longo do livro criou-se uma expectativa enorme quanto a essa guerra e no fim, apesar de ter sido aceitável, não foi uma guerra à altura das expectativas que gerou. Nesse ponto, fiquei um pouco decepcionada com a história.

    Com um todo, o livro foi muito bom. Rick continua com sua narrativa intercalada entre os personagens, dando mais foco a suas tarefas individuais, de maneira que a importância deles pra a derrota de Gaia fosse bem frisada e todos tivessem seu papel na batalha final. O crescimento de alguns personagens como o Nico também foi um ponto positivo do livro, e todos tiveram um desfecho que eu gostei bastante.

    Acredito que tenha sido um final digno da série, com batalhas muito bem elaboradas e desafios a altura dos semideuses que as enfrentavam. As habilidades de cada semideus nesse livro também foi bem ressaltada e até ampliada conforme eles enfrentavam suas dificuldades. Apesar de ter esperado mais drama, achei que o livro foi de acordo com a série, e gostei muito!

    Classificação:



    Beijos,