• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Quotes Cativantes: Outlander


    Oi gente! Tudo bem com vocês? Como passaram o Natal, ganharam muitos livros de presente? Minha mãe se recusou a me dar livros por conta de todos que comprei na Black Friday :/ Enfim, hoje vim trazer pra vocês o Quotes Cativantes e eu tentei muito escolher qualquer outro livro mas não deu, teve que ser Outlander porque estou muito apaixonada por esse livro e quero contagiar todo mundo com esse meu amor até todo mundo ler e gostar também, hahahah. Como vocês devem ter lido na resenha (aqui) o livro é perfeito, com todos os ingredientes certos pra romances históricos e um dos livros mais completos que já vi. Então, agora fiquem com os quotes, que tenho certeza que vocês vão amar:
    "-Ah, sim, Sassenach - respondeu ele, um pouco melancolicamente. - Eu sou seu senhor... e você é minha senhora. Parece que não posso possuir sua alma sem perder a minha".
    "Talvez eu seja pretensioso em dizer isso, mas gostaria de pensar que não sou “muitos homens” e que não coloco meu comportamento necessariamente no denominador comum mais baixo."
    "– Você tem livre-arbítrio, assim como todas as outras pessoas neste mundo. E a história, acredito, é a soma de todas essas ações. Alguns indivíduos são escolhidos (...) para afetar os destinos de muitas pessoas. Talvez você seja uma delas. Talvez não. Não sei por que você está aqui. Você não sabe. Provavelmente nenhum de nós jamais saberá."
    "Nós não temos nada entre nós além de, talvez, respeito. E eu acho que respeito tem espaço para segredos. Mas não para mentiras."
    "Eu lhe dei justiça, como eu aprendi. E eu lhe dei misericórdia até onde pude. Como não posso lhe poupar da dor e da humilhação, eu lhe dou minha própria dor e humilhação como um presente, para que a sua seja mais fácil de suportar."
    "- Isso nunca para? O desejo de ter você? - Sua mão acariciou meu seio. - Mesmo quando acabo de sair de você, eu a desejo tanto que sinto um aperto no peito e meus dedos doem querendo tocá-la outra vez.
    Segurou meu rosto no escuro, com as duas mãos, os polegares acariciando os arcos das minhas sobrancelhas.
    - Quando a seguro com as duas mãos e a sinto tremer assim, esperando que eu a possua...Meu Deus, quero lhe dar prazer até você gritar sob mim e abrir-se para mim. E quando tiro de você meu próprio prazer, sinto como se tivesse lhe dado minha alma junto com meu corpo."
    "- Mo duinne? – perguntei, um pouco perturbada pela intensidade de suas palavras. Não queria ser responsável por qualquer derramamento de seu sangue, última ou primeira gota.
    - Significa “minha morena”. – Levou uma mecha dos meus cabelos aos lábios e sorriu, com uma expressão nos olhos que fez com que todas as gotas do meu próprio sangue começassem a perseguir umas às outras em minhas veias. – Mo duinne – repetiu ele docemente. – Há muito queria chamá-la assim."
    "Um leve rubor tomou conta dos lóbulos de suas orelhas enquanto traduzia:
    Permita, então, que beijos apaixonados permaneçam
    Em nossos lábios, comece a contagem
    Até mil e cem
    E mais cem e mais mil."
    Ufa! É tanto quote bom que fica difícil escolher! Ainda queria colocar mais alguns, mas realmente acho que ia ficar um post grande demais, hahaha. Garanto que quem quiser se aventurar nesse livro não vai se arrepender!

    Beijos,