• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Poder - Sarah Pinborough

    " - Não seja boba querida. Não são só homens que precisam de aventuras, sabia? Todo mundo precisa encontrar o próprio destino. E se há alguma coisa além daquele muro que esta chamando por você, precisa descobrir o que é. As coisas são assim."
     No terceiro volume da saga encantadas, a autora Sarah Pinborough nos leva por uma trama ainda mais sombria e tenebrosa que as anteriores. Mais uma vez ela faz uma releitura de clássicos contos de fadas que já estamos carecas de conhecer, trazendo um novo ângulo para eles, deixando-os mais adultos, sombrios e sensuais.

    Os personagens da vez são A bela adormecida, A chapeuzinho vermelho e A bela e a fera. Tudo começa quando o rei decide que seu filho, o príncipe precisa de uma aventura para amadurecer, e para protegê-lo, manda junto o caçador - que como sempre é um dos personagens mais enigmáticos e que eu mais adoro no livro.

    O destino dessa aventura é um reino muito antigo e distante, no centro da sombria floresta, onde ninguém costuma ir. Juntos eles embarcam nessa jornada e esbarram pelo caminho com diversos personagens conhecidos que se revelam totalmente diferentes do que nós esperamos, como a Chapeuzinho vermelho e o Lobo mau.

    Como todo conto de fadas que se preze, em Poder temos uma maldição que precisa ser quebrada e para tal todas as histórias acabam se cruzando para resolver o problema. Mas claro que nem tudo é o que parece, e toda a calmaria apenas antecede uma tempestade, que, nesse caso, envolve segredos e ainda mais episódios conturbados.

    Como eu mencionei na minha resenha de Feitiço, a autora mantém uma evolução contínua em seus livros. Do primeiro para o segundo houve uma melhora notável no seu modo de narrar e entrelaçar histórias, e agora, do segundo para o terceiro essa melhora é muito mais perceptível. Posso afirmar sem sombra de dúvidas que esse é o melhor volume da trilogia.

    Outra coisa que me fascina é a habilidade da autora de envolver tantos personagens diferentes que nós já conhecemos (então temos certas expectativas neles) sem se peder, conseguindo ainda criar novas personalidades para eles que são totalmente surpreendentes. Todos os personagens conseguem se encaixar perfeitamente na história e tem seu papel nela.

    Acredito que o grande trunfo dessa trilogia é o fato de a autora conseguir mexer com nossa imaginação, deixando certas coisas em aberto para nossa reflexão. E ainda, acho que para ler esse tipo de contos temos que ter a mente aberta, pois a autora leva essas histórias por um rumo muito mais sombrio do que se espera, deixando tudo um pouco mais real, sem a beleza inalcançável dos contos da Disney.

    O livro é muito mais adulto que seus contos originais, e me agradou de uma forma surpreendente. Os personagens são cativantes e bem construídos, com personalidades marcantes. O rumo da história é, em sua maior parte, imprevisível e cheio de surpresas. E pra completar a narrativa é fluida e envolvente, sempre nos deixando curiosos sobre o destino de nossos personagens preferidos.

    No geral, Poder é um ótimo livro, com um bom desenvolvimento, enredo inovador, personagens marcantes e narrativa bem estruturada. É o melhor livro da trilogia, que me faz agradecer ter tomado a decisão de continuar com a saga e me deliciar com essa (ou essas) história.

    Classificação



    Beijos,