• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Um pequeno milagre - Carol Marinelli

    "O amor cresce, se você deixar."
    Um pequeno milagre - como a própria capa já sugere - trata de um casal que se encontram no meio de uma torrente de problemas e sofrimentos e sua salvação, embora não saibam logo de cara, está no bebê que vêm para abalar o mundo dos dois e colocar as coisas no lugar.

    Celeste é uma enfermeira, que acabou de sair de um hospital devido às suspeitas que sua gravidez não planejada causaria e se encontra em um novo emprego, longe de sua família, seus amigos e tudo que conhecia. Completamente sozinha e abandonada por todos com quem achava que podia contar, ela enfrenta dificuldades e não está na melhor das situações para uma mulher grávida de 6 meses.

    Ben é um homem desacreditado da vida. Depois de todo sofrimento que passou e tudo que aconteceu com ele, ele está cansado de todo sofrimento e a última coisa que quer é se relacionar/importar com alguém, o que poderia trazer ainda mais sofrimento pra ele. Ele havia acabado de se mudar para sua nova cidade, quando conhece Celeste e tudo muda para ele.

    Apesar de ser um enredo realmente simples, Um pequeno milagre é um livro encantador. Os dois protagonistas são marcados pela vida, com muito sofrimento em seus corações e uma situação nada fácil, mas que cada um reage de uma maneira diferente a essa dor. Enquanto Ben prefere fugir e tentar ao máximo evitar novos sofrimentos, Celeste é ingênua e sempre alimenta uma esperança de algo melhor para ela e a filha, embora seja sempre realista e se vire com o que tem.

    Celeste é uma mulher serena, tranquila, de bom humor e que apesar de tudo que lhe aconteceu leva a vida em frente e aproveita todos os bons momentos que a vida lhe deu. Claro que muitas vezes ela sofre também, principalmente com o "abandono" da família, que a deixou às próprias custas e com o fato de todos estarem sempre dizendo como ela deve fazer as coisas, sempre julgando como ela age u deixou de agir e Ben é totalmente diferente disso. Ele não cobra nada, ele apenas ajuda o máximo que puder e a apoia em tudo.

    Quanto a ele, apesar de amargurado com a vida, e totalmente relutante quanto a possibilidade de um relacionamento com Celeste, Ben não consegue deixar de sentir a ligação - e a atração - que se forjou entre os dois. Ele não consegue deixar de se preocupar, deixar de gostar de sua companhia e de sua serenidade, por mais que tente ao máximo se afastar dela. Apesar de um tanto amargo ele é um cara bom, que se preocupa com os outros, que tem integridade e um bom coração.

    Quando finalmente, Willow vem ao mundo é que tudo muda. Apesar de muita dificuldade nas primeiras semanas depois de seu nascimento, quando tudo se estabelece esse ser minúsculo toca e muda todos a sua volta. Ela é o ponto de partida para os dois, ela que finalmente consegue fazê-los perceber que não há mais nada importante que o amor puro e sem cobranças. 

    Um pequeno milagre é um livro curto e muito fofo. Daqueles que se lê em pouco mais de 2 horas, pra relaxar e se emocionar. A narrativa é simples e fluida, com personagens tão reais quanto possível, e embora tenha uma história clichê e simplesmente irresistível. Para os fãs de um romance fofo e despretensioso, essa é uma ótima pedida.

    Classificação



    Beijos,