• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Vai sonhando! - Megan Maxwell

    Ela o fazia passar da fúria ao riso em décimos de segundo.
    Vai sonhando!  é um romance envolvente com leves pitadas de pimenta e uma boa dose de humor. Este é o primeiro livro que leio da Megan Maxwell e gostei bastante, apesar de o final ter me entediado um pouco.  Eu me acostumei a ler livros que me deixam tensa até a última linha e quando pego uma história que se resolve do meio para o final fico entediada com os acontecimentos comuns. Mas, isso é uma fase minha. Mesmo assim eu leio tudo para ter uma opinião completa, porém confesso que já pensei em abandonar alguns livros assim. O que não foi o caso de Vai sonhando!, porque os personagens são bem interessantes e divertidos. 

    O humor norteou a história junto o drama pessoal da personagem principal que enfrentou muitos problemas no passado e agora leva a vida de uma forma alegre e leve. Daniela é uma fisioterapeuta bonita, voluptuosa, tem estilo próprio e personalidade forte. Já Rubén é um jogador de futebol italiano famoso, galinha e arrogante que só fica com mulheres magras e perfeitas. Entretanto, o destino faz com que Rubén machuque a perna e fique de cama pro 6 meses. Daniela vai ajuda-lo na recuperação mesmo sendo ofendida pelo jogador na primeira consulta. Rubén a chamou de gorda e brega em espanhol pensando que ela não entenderia a língua, mas Dani é espanhola e tentou levar as ofensas na esportiva.

    Dani é o tipo de mulher que já passou por muitas coisas ruins, mas sempre dá a volta por cima e tenta ver o mundo por uma perspectiva positiva e isso assusta Rubén que leva uma vida fútil e egocêntrica. A união desses dois mundos foi muito interessante no livro, porque a autora destacou as qualidades e defeitos de cada personagem e tentou mostrar aos leitores o amadurecimento de ambos. Dani era forte, mas tinha medo de amar, Rubén queria uma mulher perfeita, mas encontrou o amor em uma mulher com defeitos.

    Mega Maxweel explorou bastante a ideia da mulher solteira e feliz, mas mostrou que no final você pode se abrir para o amor mesmo com tantas feridas do passado. O mais bonito foi ver Dani acordando para o amor e Rubén se redimindo. Claro, isso tudo com um leve toque de sensualidade. Outra questão interessante foi a autora mostrar o amor de Dani por crianças abandonadas de orfanatos. Eu gostei muito dessa parte e achei que a autora destacou bem este universo tão pouco explorado pelos autores contemporâneos. 

    A capa é linda e bem chamativa, a diagramação também ficou muito boa e eu recomendo o livro para ser lido no final de semana para relaxar.  

    Classificação:




    Beijos,