• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    A aliança dos castelos ocultos - Peterson Silva

    "...Magia é atacar, minha querida. Quando dizemos que alguém vai atacar alguém, é como dizer que fará magia nessa pessoa. Magia significa sair de seu castelo... Invadir um castelo de outra pessoa... e realizar uma técnica dentro desse castelo."
    Por ser o primeiro livro da série Controlados, A aliança dos castelos ocultos tem aquela parte introdutória que costuma deixar o livro mais lento e chato, mas que Peterson conseguiu fazer com que fosse interessante e envolvente, mesmo que apresente tantos detalhes de personagens e cenários que eu cheguei a me lembrar de A guerra dos tronos. 

    O livro nos apresenta a história de Heelum, um lugar onde a magia é muito mais profunda e intensa do que a que estamos acostumados a lidar. Lá a magia é capaz de "controlar" outras pessoas e induzí-las a fazer ou pensar coisas. Tudo isso acontece em um outro plano, por assim dizer, um outro lugar a qual só os magos tem acesso, e isso foi muito original da parte de Peterson. 

    De uma maneira ou de outra, todas as histórias narradas no livro estão ligadas a magia, e acredite, são muitas histórias. Mesmo que no iníco demoremos a nos ambientar, o autor consegue ter núcleos diferentes dentro do mesmo livro sem nos confundir. Pelo contrário, ele narra de uma maneira que nos faz ficar envolvidos com todos os personagens, seus conflitos, seus dramas e seus anseios, seja por aventura, conhecimento, amor ou poder. 

    Outro ponto que deve ser frizado é a habilidade do autor em criar um universo tão único e cenários tão bem descritos. Estou numa fase que amo fantasias assim, e achei fascinante o autor criar novos termos, novos costumes, novos idiomas, realmente criar um novo mundo para A aliança dos castelos ocultos. 

    A narativa é em terceira pessoa, mas alternando os pontos de vista entre os personagens dos diferentes núcleos da história, e mesmo sendo uma narrativa bem simples e direta, o autor consegue nos envolver e deixar a leitura fluida, apesar dos detalhes. 

    É uma história de tirar o fôlego, que nos deixa curiosos do início ao fim, e que tem um final de arrasar, nos fazendo ficar mega curiosos pela continuação. É uma história que fala de amor, de poder, de conhecimento e até de uma banda, que nos cativa de maneira surpreendente. O autor criou uma trama tão elaborada que não conseguimos parar de ler sem saber o que vai acontecer com determinado personagem.

    Pra quem curte uma boa fantasia, esse livro é uma ótima pedida, tem cenários bem criados, um universo  original, enredo bem elaborado, personagens cativantes, narrativa envolvente e tudo que uma boa fantasia precisa ter. Super recomendo!

    Classificação



    Beijos,