• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    O príncipe das sombras - Sylvain Reynard

    "Como disse uma pessoa sábia, se um homem precisa ser punido, que a punição seja severa o suficiente para que não se precise temer sua vingança."
    Uma exposição de obras de arte inspiradas em A divina comédia que estavam há muito perdidas está acontecendo em Florença e atrai os mais nobres apreciadores de arte, dentre eles o Príncipe de Florença, um homem extremamente misterioso que observa de perto os passos do casal Emerson, donos das obras ali expostas.

    Por décadas o Príncipe vem procurando por essas obras, e agora que as encontrou não pode perder a chance de se vingar dos responsáveis por privá-lo de suas preciosidades. Mesmo que não tenham sido eles que o roubaram diretamente, alguém precisa pagar. Porém, prestes a colcoar seu plano em execução, o Príncipe é interceptado por seus inimigos, que tentam aniquilá-lo e planejam tomar seu território. 

    Decido a proteger seu principado, o Príncipe resolve que sua vingança poderá aguardar um pouco mais, afinal ele é um homem muito paciente, e seu principado está sob iminente ataque e precisa ser protegido. Como um homem extremamente vingativo, o Príncipe elabora um plano a fim de descobrir quem exatamente está por trás do ataque e como contra atacar ao mesmo tempo em que protege seu legado.

    Narrado em terceira pessoa, Sylvain nos transporta mais uma vez para a mágica Florença, dessa vez nos mostrando o sombrio submundo que nos era até então desconhecido, mas que nele reina o Príncipe.  Um homem extremamente misterioso, que não confia em ninguém, e é muito poderoso e letal. É respeitado por seus súditos na mesma medida em que é temido, afinal misericórdia não é uma palavra que consta em seu dicionário. 

    Ele é o tipo de homem impiedoso e que já me fez gostar dele por essa aura de poder e confiança que exala. Fiquei mega curiosa pra descobrir mais sobre ele no próximo livro e essa fascinação dele pela bondade e pureza de Julianne, além da disputa territorial que se inicia em Florença. O autor sabe brincar com nossa curiosidade e é mestre em nos envolver na história e criar personagens complexos e cativantes. 

    Além disso, algo que continua me chamando a atenção em seus livros são as menções a arte, que sempre me encantam e que, por incrível que pareça, não faz o livro ser enfadonho em momento algum. Há também o fato de que o autor envolve os dois protagonistas da trilogia O inferno de Gabriel, matando um pouco nossa saudade dos personagens, mas sem fazer com que seja necessário sua leitura para entender a história que se passa em O príncipe das sombras.

    O livro tem uma narrativa fluida, repleta de mistério e um tom sombrio que combina muito bem com o cenário criado pelo autor. Toda a história está muito bem elaborada e ambientada, isso porque é apenas a introdução, imagino que o primeiro livro da série esteja ainda mais incrível! Estou ansiosa pela elaboração do mistério, pra saber quem é o verdadeiro inimigo do Príncipe e como vai se dar essa disputa entre os principados. 

    É um livro altamente recomendado para os fãs do autor, ou pra qualquer um que goste de uma história sombria, misteriosa e sexy ao mesmo tempo.

    Classificação



    Beijos,