• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Escolhas - Cristina Valori

    "No sonho, ele me disse algo que ainda não tinha pensado: você nunca vai me esquecer. Sabe como sei? Porque todas as vezes que olhar para a tatuagem, vai lembrar-se de mim. Eu te marquei para o resto da sua vida e da minha."
     Fabiana tem uma vida muito estabilizada, é casada com Fábio que a ama incondicionalmente e tem três filhos já crescidos. Para muitos ela tem a vida perfeita, com estabilidade financeira, sucesso no trabalho e filhos que são a razão de sua vida. Porém tudo muda quando decide fazer uma tatuagem e o tatuador mexe com ela de uma maneira que ela não esperava.

    É basicamente amor a primeira vista, e desde que conhece Gustavo, Fabiana se vê em frente a escolhas que deve fazer mas não sabe se deveria agir conforme o que é certo e esperado ou conforme seu coração manda.

    Seu amor por Gustavo é inegável. Intenso e verdadeiro, porém sua família em casa é tudo que uma mulher poderia desejar na vida. E para complicar ainda mais as coisas seu marido acaba de ficar doente e precisa de seu apoio incondicional.

    Desde o início da história o destino intervém e coloca situações bem complicadas na vida de Fabiana que passa por muitas indas e vindas até escolher o que é certo para ela. A história é no mínimo interessante, nos colocando de frente a uma questão polêmica que nos faz refletir muito. Afinal o que é certo: viver um grande amor e seguir o que te deixará feliz, ou seguir o que é certo para os outros, o que se espera de nós?

    É realmente exasperante ver todas as situações e obstáculos que Fabiana passa, todas as escolhas difíceis que o destino a obriga a tomar. A forma como a protagonista é sensível e nos conta sobre todos seus conflitos é tocante, e nos faz refletir seriamente sobre todas as escolhas que tomamos, afinal a vida é feita de escolhas.

    A narrativa da autora é um tanto singular. Senti como se a protagonista estivesse fazendo um desabafo, contando sobre sua história e interagindo com o leitor. É uma narrativa simples e até fluida, mas que não funciona muito comigo, que não me envolveu tanto quanto eu esperava se levarmos em consideração o enredo. Foi mais como se fosse uma ouvinte, que não participa da história, só a presencia, o que não é exatamente ruim, mas não é o estilo que estou acostumada.

    A história em si é muito boa. Bem original e que mexe muito com o leitor, despertando sentimentos contraditórios, nos fazendo pensar e repensar sobre as escolhas, tanto as da protagonista quanto as nossas. É uma história apaixonante, reflexiva. Simples mas com uma profundidade enorme, com um quinhão de emoções e reviravoltas que nos fazem sentir raiva do destino, mas que senti que não foram tão bem exploradas pela autora.

    Achei que é um livro bem realístico, que trata da vida como ela é, do nosso cotidiano, e exatamente por isso tem o poder de mexer tanto com o leitor. Os personagens foram bem desenvolvidos também, sempre evoluindo com cada obstáculo que tinham que enfrentar, com cada escolha que faziam. A autora só pecou mesmo com a questão da narrativa, que pode ser boa para alguns e ruim para outros, e com a falta de exploração de algumas reviravoltas.

    No geral é um livro com pontos positivos e negativos mas que vale a pena ser lido pela história e pelas lições e reflexões que ela traz. Para a estreia da autora, foi um livro bem satisfatório, e até emocionante. A autora está de parabéns pela linda história que criou!

     A diagramação está muito bem feita, assim como a capa e a revisão, que contém um ou outro erro, mas nada que atrapalha a leitura. A editora me surpreendeu com a qualidade do livro.

    Classificação



    Beijos,