• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Movie Day: Vingadores - Era de Ultron


                                                   PODE CONTER SLOILER                                                

    Hey, povo lindo! Como estão?

    Já era para ter postado o Movie Day desse filme, pois assisti na pré-estreia. Porém, estávamos com o mês dos nacionais rolando e ele ficou para hoje, já que temos um calendário a seguir. Vamos conferir minhas impressões sobre o filme? Vem!

    Antes de falar sobre o que achei, quero deixar claro que não sou nenhuma especialista em HQs e nem curto tanto assim. Não sou fã de todos os heróis dos quadrinhos, apenas de alguns da Marvel e praticamente de nenhum da DC Comics. Minha opinião é de uma expectadora fã da 7ª arte e apenas isso. Ok?


    Para desembaralhar a cabecinha de vocês, Vingadores – Era de Ultron se passa após o segundo filme do Capitão América, ou seja, O Soldado Invernal. Para quem não assistiu a esse filme, nele são descobertas certas trambicagens da S.H.I.E.L.D e os Vingadores deixam de fazer “parceria” com ela. E, já dando spoilers do filme, o Fury é dado como morto (mas é óbvio que ele não morre). Sendo assim, em Vingadores – Era de Ultron a sede dos Vingadores passou a ser o edifício de Tony Stark, aquele que quase foi destruído em Vingadores 1, que acaba por “liderar” o grupo.


    Ultron nada mais é que uma criação de Stark ao utilizar a Joia da Mente presente no cetro de Loki e que acabou dando “errado”, visto que a Inteligência Artificial seria criada visando a paz mundial. Entretanto, ela acabou ganhando autonomia, vendo o grupo como uma ameaça e concluindo que só haveria paz com a destruição deles (e de toda a raça humana). Resumindo: o feitiço virou contra o feiticeiro. Ultron acaba se tornando um vilão improvável e que vai usar de artifícios nada convencionais para aniquilar nossos heróis. Basicamente, a história gira em torno disso. Parece complexo ao escrever, mas na prática o filme é MUITO fluido e divertido.


    Desta vez o humor não ficou apenas por conta de Stark, abrindo espaço para piadas hilárias e tiradas irônicas e bem humoradas do grupo. AMEI que Thor, Viúva Negra e Gavião Arqueiro tenham tido muito mais enfoque, tendo cenas grandes e cheias de responsabilidade. Digo isso porque achei que em Os Vingadores, várias cenas de ação ficaram isoladas entre Homem de Ferro, Hulk e Capitão América, deixando pouco espaço para os demais. Neste filme também conhecemos novos personagens, como os irmãos gêmeos Mercúrio e Feiticeira Escarlate. Inicialmente eu não entendi como eles ganharam poderes (vendo apenas os trailers), mas no filme é bem explicado. Quero salientar que, apesar da antipatia inicial, adorei vê-los em ação e me surpreender com eles.


    Embora a experiência de Stark não tenha dado certo no início, as coisas saem diferentes na segunda tentativa do gênio da tecnologia. Com uma mãozinha de Banner e de Ultron (quando integra a joia ao corpo do androide), surge o Visão, o herói muito amor que me fez rir nos momentos mais inesperados e que reforça o time com sua "dignidade" (piada interna de quem viu o filme - entendedores entenderão). Hahahha! Quanto ao Hulk, ele continua detonando tudo e, tenho que dizer, a cena dele lutando com a "Verônica" (uma armadura criada também por Stark para deter o Hulk quando estiver descontrolado) é épica. <3 Não engoli o "amor está no ar" com a Natasha, então... Vamos pular essa parte.



    Há muitas cenas divertidas, apesar da tensão que rola em diversos momentos do filme. Principalmente quando a Feiticeira começa a atormentar a mente dos Vingadores. Através do feitiço implantado por ela, conhecemos o passado de uns, o medo e/ou o futuro de outros. Eu fiquei muito intrigada com as “visões”, mais especificamente com do Thor que, inclusive, está ligada ao terceiro filme do herói que será Thor – Ragnarok, previsto para Julho de 2017. Tenho que segurar a ansiedade porque Thor é meu herói favorito porque sim. <3 <3

    Veja mais imagens do filme:




    Vingadores – Era de Ultron é um filme de quase 2 horas e 30 minutos, mas que você nem percebe. É diversão garantida. Você ri, fica ansioso, temeroso, tenso, ri de novo, se entristece, mas você sai do cinema amando. Quero ver novamente, pois comprei o ingresso para legendado para filme 2D e acabei sendo colocada numa sessão 3D. Não curto muito, porque os óculos me dão dor de cabeça e acabo perdendo falas importantes. O que aconteceu algumas vezes. Mas por que não vi dublado? Porque DETESTO filme dublado. Hahahahaha!

    Como todo filme da Marvel, após os primeiros créditos, tem uma cena adicional. Adivinhem quem aparece... Ele: Thanos e a Manopla do Infinito (que eu não sei como ele conseguiu, já que ela estava de boa lá em Asgard), deixando o gancho para o próximo filme dos heróis que será Vingadores - Guerra Infinita (parte 1 - Maio/2018 e parte 2 - Maio/2019) e também para Capitão America - Guerra Civil, com previsão de lançamento para Abril de 2016. Confesso que não terei forças para ver Stark x Rogers. Ai meu coração de fã. :( Mas não vamos sofrer por antecipação, tá? Vou tentar!


    No mais, galera linda, assistam! Quem não foi ainda, vá que vale MUITO à pena. Leva os irmãos, os sobrinhos, os afilhados... TODOS vão se divertir. SUPER RECOMENDO!

    Beijão,