• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Tensão - Gail McHugh


    Quando você quer tanto algo, você não se dá por vencido. Você luta e luta até que não pode lutar mais.

    Eu me surpreendi muito com essa história, pois achei que fosse encontrar mais daqueles livros hots com o mocinho rico e milionário conquistando a mocinha facilmente, mas a história se desenrolou de outra forma e eu adorei os personagens. Todos se destacaram em algum momento e foram importantes para a narrativa. Mas, preciso dar destaque ao Gavi Blake o mocinho de atitude e personalidade que conquistou o meu coração. Ele não é vilão e nem faz besteiras no livro, pelo menos não tantas, mas tem um poder de sedução que transpassa o livro e vai direto para o leitor.

    Emily Cooper acabou de se mudar para NYC depois de passar por momentos difíceis com a doença e morte de sua mãe. Dillon Parker, seu namorado, a ajudou bastante e sempre foi um bom companheiro até a sua mudança. Ela tinha uma dívida de gratidão muito grande com ele, mas mesmo assim resolveu dividir um apartamento com sua melhor amiga da faculdade, Olivia. Dillon, não gostou muito desta decisão, mas estava certo de que em pouco tempo conseguiria se casar com Emily.

    Eu não gostei muito dessa obsessão de Dillon com Emily, até porque ao longo da narrativa descobrimos que ele não é um cara legal e a magoa várias vezes. Fiquei com tanta raiva dele em vários momentos, mas Emily me irritou mais com sua cegueira. Ela sabia que ele a traia, mas não conseguia acreditar e seguir em frente com Gavin, um cara lindo, rico e super afim dela. Não tem como julgá-la porque muitas vezes ficamos cegos nos relacionamentos, mas me irritou bastante.

    Gavin e Emily se conhecem de uma maneira inusitada. Ela fica encarregada de entregar comida para um cliente do restaurante em que trabalha e ele fica fascinado por ela no momento em que a vê no prédio de sua empresa. Emily tenta se livrar do desconhecido e do sentimento forte que surgiu do nada, mas ela tem uma amarga surpresa ao descobrir que Gavin é amigo de Dillon. 

    Emily tenta fugir dele o tempo todo e ele corre atrás, mas não é tão insistente. O que me incomodou foi que ele sabia que Dillon era um babaca e traidor, mas preferiu não fazer nada. Quer dizer, tentou ajudá-la a se sentir mais forte para dar um pé na bunda dele, mas mesmo assim para mim foi pouco. Tudo bem que ela se sentia presa nas armadilhas emocionais que Dillon usava com o discurso de sua mãe quando estava a beira da morte, mas mesmo assim, eu fique angustiada de vê-la se afundar por causa de um babaca. Gavin poderia ter feito mais e eu sou exigente! hahaha

    Gostei muito da narrativa e da forma que a autora contou a história. Ela usou a narrativa em 3º pessoa e expos os sentimentos de Gavin e Emily de uma forma bem interessante. Foi muito bom ver o que se passava pela cabeça dele e sofrer um pouco com as transformações de Emily. Ela teve que sofrer bastante para perceber a realidade a sua volta e cresceu muito com isso. Adoro mocinhas que aprendem algo no final!

    O livro é erótico e tem partes bem picantes, mas a história é composta mais por romance do que sexo. Apesar de que eu não me importaria em ler mais sobre as cenas de sexo entre Gavin e Emily! Quero mais cenas assim no 2º livro! Hahaha Gavin é demais.

    Eu não sei por que gostei tanto do Gavin. Ele é o típico personagem de livros eróticos que eu detesto: rico e protetor. Entretanto, existe alguma coisa nele que me encantou bastante. Acho que a sua gentileza e educação e o seu jeito fofo de ser. Ele sente ciúmes e quer proteger a Emily, mas não é aquele cara obsessivo que vira o dono da mulher, sabe? Detesto os mocinhos controladores.

    Recomendo a leitura e estou aguardando a continuação que será lançada este ano pela Editora Arqueiro.



    Classificação:


    Beijos,