• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Pó de Lua - Clarice Freire

    Geralmente eu prefiro ler livros de poesias aos poucos porque acho que poesia é algo que deve ser "mastigado" lentamente, porém não consegui ir aos poucos com o livro Pó de Lua que, na verdade, não é só um livro de poesias, mas sim uma combinação da poesia com gravuras diversas feitas pela própria autora Clarice Freire.

    Pó de Lua foi pensado para, em cada mínimo detalhe, nos passar um reconhecimento poético despretensioso e artístico. Desde a capa até as lombadas das folhas foi tudo milimetricamente trabalhado então, só de olhar por fora, já percebemos que será recheado de detalhes e muita arte.

    O livro é dividido em quatro parte assim como as fases da lua: A Lua Minguante, A Lua Nova, A Lua Crescente e A Lua Cheia. Me identifiquei com muitas pensamentos e reflexões presentes tanto nas palavras quanto nos desenhos, pois tratam de sentimentos comuns a todos e também temas presentes no cotidiano como, por exemplo, tempo ou distância.

    A autora nos lembra da importância de coisas simples e nos faz refletir sobre nossos sonhos e vontades, levando os pensamentos longe, portanto entende-se perfeitamente o verso no qual uma bela frase faz a vez de sinopse: Para diminuir a gravidade das coisas.

    Sendo um livro de poesias não é estranho dizer que ao lê-lo e admirar seus belos desenhos o leitor é levado à Lua criada pela autora, onde não há gravidade para os pensamentos ou sentimentos que parecem flutuar nas páginas lindamente desenhadas.

    Que eu perca o juízo, / O riso, / O meu Canto / (meu sapato novo) / CONTANTO /  Que eu não perca o enCanto.

    Como é um livro de poesias a resenha é curtinha porque só lendo pra conhecer melhor todo o conteúdo, mas vou deixar uma imagem como uma pequena amostra e também para quem se interessar em conhecer melhor o trabalho da Clarice é só entrar no blog da autora, que tem o mesmo nome do livro, o Pó de Lua.

    Classificação:


    Beijos,